A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

22/03/2012 18:33

Ainda sem lar, cadela Mel recebe doações em clínica

Viviane Oliveira
A cadelinha se recupera de uma cirurgia na coluna que foi realizada na noite de ontem. A violência que ela sofreu a deixou sem andar e sem firmeza nas patas de trás. (Fotos: Viviane Oliveira)A cadelinha se recupera de uma cirurgia na coluna que foi realizada na noite de ontem. A violência que ela sofreu a deixou sem andar e sem firmeza nas patas de trás. (Fotos: Viviane Oliveira)

Ainda sem lar, a cadela Mel recebeu várias doações na clínica veterinária onde passa por tratamento há mais de 20 dias. A cadela se recupera de uma cirurgia na coluna que foi realizada na noite de ontem. A violência que ela sofreu a deixou sem andar e sem firmeza nas patas de trás.

Veja Mais
Rapaz nega maus-tratos e diz à Polícia que atropelou cadela Mel por acidente
Após ouvir homem que deixou a cadela Mel em clínica, Polícia quer achar agressor

Foram doadas fraldas, ração e um carrinho para ajudar na locomoção. De acordo com a veterinária responsável pelos cuidados à cadelinha, Ana Lúcia Salviatto, dependendo da recuperação da Mel, ela vai passar por outra cirurgia na patinha traseira direita daqui 15 dias. “Apesar de não ter chance nenhuma de andar, estamos tentando melhorar a qualidade de vida dela”, disse.

Depois das cirurgias a cadelinha ainda vai passar por fisioterapia e acupuntura. “Hoje ela está fazendo tratamento de anemia, afirma à veterinária. Segundo ela, a pessoa que for ficar com a Mel precisa ter total dedicação.

“Tem algumas pessoas interessadas, mas só vou doar depois do tratamento e para quem passar confiança, ela já sofreu muito e precisa de um cuidado maior”, afirma a veterinária que já pensou em adotá-la.

Mel deu entrada na clínica no último dia 27. "O homem que a trouxe disse que o irmão foi quem a agrediu com chutes. Ele ainda tentou ficar com ela, mas por não ter condições, desistiu e a deixou para adoção", relata.

Quem quiser doar ou ajudar no tratamento pode se dirigir até a rua Rui Barbosa, 1218, clinica onde Mel está. Conforme a veterinária, por causa da incontinência urinária, uma das consequências da agressão, Mel está precisando de tapete higiênico.

Maus-tratos - Já foi identificado o homem acusado de cometer maus-tratos contra a cadela vira-lata. O rapaz, de 25 anos, prestou depoimento no último dia 20, após ser denunciado pelo irmão.

De acordo com a Polícia Civil, ele negou que tenha ferido a cadela de propósito e diz que tudo não passou de um acidente. “Ele disse que deu marcha-ré no carro e acabou atropelando a cachorrinha”. O nome dele não foi divulgado. O rapaz justificou ainda que seria incapaz de maltratar a cadela, já que tem outros dois cachorros com deficiência.

Essa versão contradiz a apresentada pelo irmão dele. Em depoimento na delegacia, ele relatou que viu o acusado chutando a cadela.

De acordo com a delegada da Decat (Delegacia Especializada de Repressão de Crimes Ambientais e Proteção ao Turista), Suzimar Batistela, responsável por investigar o caso não descarta fazer uma acareação entre os dois irmãos.

Foram doadas fraldas, ração e um carrinho para ajudar na locomoção.Foram doadas fraldas, ração e um carrinho para ajudar na locomoção.



gostaria de saber o resultado do que aconteceu ate agora pois não falarão mais nada.
 
silvana baroni em 05/04/2012 03:14:53
GOSTARIA DE SABER O ENDEREÇO COMPLETO PARA ENVIAR ALGUM TIPO DE AJUDA PARA MEL SERIA POSSÍVEL?
 
HENRIQUE DOURADO em 03/04/2012 09:31:00
Será que podem me informar o nome e telefone da clinica onde a mel está internada
??? ... obrigado!!!
 
Rafael Barros em 03/04/2012 08:45:02
A violência é o refúgio dos covardes. Rezo para que apareça um anjo humano na vida desta cadelinha, para cuidá-la e respeitá-la, com muito carinho.
 
Gleide Fonseca Lima Garcia em 26/03/2012 07:32:27
Negou pq além de ser ele o animal bruto, é um covarde!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Suílla Bergonzi em 22/03/2012 07:09:52
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.