A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

17/05/2012 13:26

Depois de uma carona desastrosa, israelense busca desesperadamente dona do carro

Ângela Kempfer e Marta Ferreira
Bea viaja pela América. (Foto: Facebook)Bea viaja pela América. (Foto: Facebook)

A história é simples, mas o desfecho desastroso. A israelense Bea Baharier pegou uma carona em Mato Grosso do Sul rumo ao Paraguai, a viagem ocorreu sem problemas, mas a jovem esqueceu a bolsa com documentos no carro e a partir daí a vida da gringa ficou complicada a milhares de quilômetros de casa.

Veja Mais
Guardiã de João, por uma semana repórter cuidou do Fusca sem freios de Júlia
Na novena que atrai milhares, até padre vai em busca de graça

Desde abril, ela está “presa” em Assunção, sem documentos para deixar o País e procura desesperadamente a mulher que deu carona a ela, na tentativa de reaver a bolsa.

Já postou mensagens em todas as mídias sociais, pediu apoio a emissoras de rádio de Campo Grande e também contou o tormento ao Lado B, graças à ajuda do tradutor do Google.

Bea vivia uma aventura pela América do Sul, apenas com uma barraca e poucas mudas de roupa na mochila. No dia 30 de abril, conseguiu mais uma carona para cruzar a divisa de Mato Grosso do Sul com o Paraná e depois chegar ao Paraguai .

Teve a colaboração de uma família que mora em Campo Grande. A mulher, em uma Toyota Fun Cargo vermelha, com placas do Paraguai, ia para Ciudad Del Leste e resolveu ajudar.

“Ela ia visitar a mãe no Paraguai e viajava com sua filha de 14 anos de nome Alicia Riquelme”, detalha. A israelense esqueceu o nome da dona do veículo, só se lembra que é uma fisioterapeuta.

“Eu esqueci minha bolsa com todos meus documentos: passaporte, cartões de crédito e dinheiro. Ficou no assento traseiro do um carro”, explica.

Quando percebeu a distração, a jovem já não tinha como localizar o veículo. “Ela foi embora e eu nem me preocupei em anotar qualquer informação sobre elas”, conta.

A israelense nas viagens pelo mundo. Ela ainda quer chegar à Guatemala.A israelense nas viagens pelo mundo. Ela ainda quer chegar à Guatemala.
Depois de uma carona desastrosa, israelense busca desesperadamente dona do carro

Sem passaporte ou dinheiro, ela recorreu à polícia paraguaia, mas não conseguiu resolver o problema. Agora Bea vive de favores em Assunção e ainda terá de esperar 15 dias para que a embaixada envie novos documentos.

Apesar da confusão, a moça não pretende voltar para casa tão cedo. Quando começou a viagem ela tinha um objetivo, que pretende cumprir. “Quero estar na Guatemala até o final do calendário Maia, no dia 20 de dezembro de 2012”.

Qualquer informação sobre o tal carro pode ser comunicada ao Campo Grande News – 3316 7200.




Espero que um brasileiro receba o mesmo sentimento de preoculpação, caso um dia aconteça com um de nós. Bea..Vai dar tudo certo....
 
Luciano Siqueira em 18/05/2012 09:06:01
Se fosse um brasileiro que estivesse em tal situaçao em outro pais estaria preso e Seria expulso.
 
adir jorge diniz em 17/05/2012 10:40:36
coitada,mas tomara que de tudo certo ...se deus quiser ela vai ter seus documentos de volta ....
 
viviane oliveira em 17/05/2012 05:22:16
Ahhh, eu dava uma carona facinho pra ela!!!rsrsrs
 
João Silva em 17/05/2012 04:04:25
coitadinha se nao tiver onde ficar pode ficar aki em casa. eu cuido dela.
 
luiz fernandes em 17/05/2012 03:01:28
imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.