A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

05/01/2012 17:29

Grafia arcaica do número quatro no Relógio da 14 vira polêmica na internet

Marta Ferreira

Para internautas, Prefeitura cometeu erro, mas forma antiga aparece em relógios até hoje

O relógio com o número quatro grafado IIII, em algarismo romano: vai ficar assim em respeito à história, afirma Prefeitura. (Foto: João Garrigó)O relógio com o número quatro grafado IIII, em algarismo romano: vai ficar assim em respeito à história, afirma Prefeitura. (Foto: João Garrigó)

As redes sociais não estão poupando nada nem ninguém. Reinstalado esta semana, o Relógio da 14, que fica no canteiro da Afonso Pena com a Calógeras, virou motivo de polêmica no Facebook, em razão da grafia do número quatro em algarismos romanos representada por IIII e não por IV, como se aprende na escola.

Rapidamente, a foto do prefeito Nelson Trad Filho ao lado do relógio, com uma seta vermelha apontando para o “erro” tido como grotesco foi parar em perfis do Facebook, seguida de muitos comentários, alguns deles jocosos.

Entre os próprios internautas surgiu a explicação para o uso de IIII e não IV, dada pela Prefeitura. Essa escrita, presente em boa parte dos relógios com algarismos romanos, é arcaica e era utilizada nas máquinas na época em que o da 14 foi instalado, na década de 1930.

História-As quatro máquinas, réplicas do original, ficaram paradas 8 meses para conserto. A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que não vai haver qualquer tipo de alteração e que o aparelho busca, justamente, resgatar a história e por isso vai ser mantido da forma como era.

Instalado pela primeira vez em 1933 na rua 14 de Julho, o Relógio representava o marco zero da cidade. Depois de demolido na década de 1970, uma réplica foi erguida novamente em 1999, dessa vez na Calógeras, em comemoração aos 100 anos de emancipação política da cidade.




Tem gente que se preocupa somente com saúde, etc., o mundo não se resume apenas a estes temas e todo acontecimento que possa levar a debates são válidos, a cultura é muito mais do que alguns acham.
 
Marco Stuani de Campo Grande - MS em 06/01/2012 07:35:10
Conforme os colegas mencionaram nos comentários anteriores, é correto sim utilizar o IIII para representar o número 4 nos relógios! Quem deu risada do fato do relógio da capital estar assim é uma pessoa que não conhece nada da história, vamos nos informar antes de criticar.
 
Antonio Carlos Azuaga em 06/01/2012 07:25:04
Toda notícia é válida. Esta pode parecer fútil, mas tem seu lado cultural que é de grande importância. Somente lendo, as crianças que hoje usam somente a internet para se comunicar, saberão, dentre outras coisas, a diferença entre "mais"e "mas" tão erroneamente usado hoje na escrita.
 
Bruno Pierotti em 05/01/2012 10:41:05
Tenho certeza que essa "discussão foi "plantada" por alguém interessado em polemizar. Nada mais!
 
Hilda França em 05/01/2012 09:46:35
ficam dando importancia a estas bobagem, enquanto passa despercebido o descaso na na saúde,na habitação, e isto que êles querem, seus bobo, aumento no IPTU ninguem da importancia à isso. ferro no povo!!!!
 
daniel mendes em 05/01/2012 08:38:03
Christian da Costa, parabéns, sintetizou em poucas palavras o que seria uma discussão realmente importante e de relevância. Ponto Final.
 
Zuza Ratier. em 05/01/2012 08:08:43
O sistema numérico romano é de fácil e claro entendimento, variações como esta implicam em erro.
Resumindo, não sejam idiotas em discutir o que é exato, dando motivos religiosos ou como "todo relógio de pulso é assim". Então se todo mundo comer esterco, comerás também.
 
Willian Eger Pazzinato em 05/01/2012 07:27:07
Simples, deixa o antigo como lembrança e coloca um digital em cima!.
 
walter luiz em 05/01/2012 06:27:11
Não se percam nesta bobagem e deixem coisas maiores acontecer sem que vc possa interferir,como esse aumento de salário e no futuro pessoas não grata se candidatando e nos governando cuidado o face pode saparar o joio do trigo então vamos utiliza-lo para isso.Não esqueçam o aumento das mensalidades escolares,boa tarde.
 
luiz carlos em 05/01/2012 06:16:02
Christian falou tudo agora, poderíamos ver aqui no CGN reportagens aborbando os problemas da saúde, onde vamos em postos lotados e não conseguimos o atendimento que merecemos, isso sim é importante, sem criticas a matéria!
 
Oswldo Benites em 05/01/2012 05:47:38
o numero é assim ultilizado mesmo nos relogios de pulso pois ocorreu no passado um acidente em que a pessoa condundiu o 6 com o 4 por causa da inversao dos numeros e por isso a convenção e colocar o IIII aos inves de IV por causa da confusao do VI invertido. favor ver nos relogios de pulso com numero romano que assim fazem IIII tbem . portanto parabens a prefeitura de Campo grande !
 
henrique ferreira em 05/01/2012 05:15:42
..Ha 100 anos atras, o grafismo 4 era IIII em relógios, e, o relógio descrito acima na reportagem deve manter esta configuração pela sua antiguidade...
 
Sergio Correa em 05/01/2012 05:15:40
No dia em que a Cultura e História fizerem parte de uma "discussão inútil" o ser humano não será mais humano.
É válido observar o nosso patrimônio histórico e reparar nesses detalhes, no entanto, é digna a colocação da jornalista Marta Ferreira, que escreveu nesta matéria: "As redes sociais não estão poupando nada nem ninguém."
Mas, agora todos nós sabemos que existe "IIII" também.
 
Ana Maria Assis em 05/01/2012 05:14:35
concordo tbm como vc chistian da costa
 
Thaynara Cássia em 05/01/2012 05:10:01
Busco me informar antes de comentar
Justificativas pela qual se utiliza IIII e não IV:
No caso do número 4 (IV no modo comum), existe uma forma mais arcaica, grafada como IIII. Seu uso é relativamente normal em relógios que exibem as horas em romanos cujo uso em relógios podem ter diversas causas desde estética até religiosa evitando o uso das letras que iniciam o nome do deus Júpiter, IVPITER.
 
Roberto Manvailer Munhoz em 05/01/2012 04:48:19
Nossa... que discussão mais inútil!
Pq não se discute na internet alguma solução para a saúde e educação no Brasil?

Isso sim seria de grande valia para nossa cidade e para nosso pais.
A falta de assunto chegou ao extremo...
 
christian da costa em 05/01/2012 04:43:09
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.