A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

20/04/2012 12:21

Jovens de 19 e 20 anos vencem concurso de Miss e Mister da comunidade indígena

Ângela Kempfer
Os vencedores. (Fotos: Divulgação)Os vencedores. (Fotos: Divulgação)

A comunidade indígena de Dourados parou ontem à noite em festa com 14 jovens considerados os mais bonitos das aldeias de Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Pela segunda vez, a comunidade escolheu a Miss Indígena, mas este ano os meninos também tiveram vez na competição, com o Mister 2012.

No salão de eventos da Unigran (Universidade da Grande Dourados), Bárbara Marques Rodrigues, de 19 anos, venceu a competição ao lado de Cleiton Rodrigues de Lima, 20 anos.

Os dois são representantes da etnia guarani, a maior comunidade de Dourados e ganharam um ensaio fotográfico como prêmio.

No ano passado, o título ficou com a terena Suzeth Freitas.

O desfile teve roupa social e traje tradicional. Os jurados tiveram de respeitar os quesitos beleza, estética intercultural, beleza corporal, simpatia, atuação na passarela e cultura/costume/tradição.

As concorrentes.As concorrentes.
Os concorrentes.Os concorrentes.



Não somos culpados por ter tanta interfernecia em nossa cultura, e hoje vivermos numa minuscula aldeia onde, tres etnias dividem espaço, além dos brancos. Bem que queriamos viver isolados sem intreferencia nehuma.Mais é muitto dificil para a sociedade perceber isso.Só querem nos ver como miseraveis pedidores de pão velho.Não se conformam em ver indigenas os indigenas adaptados a sua cultura...
 
Micheli kaiowá em 24/04/2012 07:57:33
Não somos culpados por ter tanta interfernecia em nossa cultura, e hoje vivermos numa minuscula aldeia onde, tres etnias dividem espaço, além dos brancos. Bem que queriamos viver isolados sem intreferencia nehuma.Mais é muitto dificil para a sociedade perceber isso.Só querem nos ver como miseraveis pedidores de pão velho.Não se conformam em ver indigenas os indigenas adaptados a sua cultura...
 
Micheli kaiowá em 24/04/2012 07:57:06
É impressionante como as pessoas criticam sem ao menos conhecer a realidade,vocês estão convidados a conhecer a Aldeia indígina de Dourados, e verão como é la, e entao Moreira junior nasci e cresci na aldeia e nao tenho vergonha de ser india e nao é voce quem vai me dizer se eu sou ou nao.
 
Barbara Marques Rodrigues em 24/04/2012 06:14:55
todos os participantes deram o seu melhor pra nada,nao se acha semente no lixo,perderam tempo fazendo seus trajes pra ganhar um vestido baratinho do liquida dourados,?e os meninos?mereciam coisa melhor do que um bone!so porque somos indios merecemos qualquer coisa?
 
cleodiane reginado morales em 22/04/2012 09:36:20
(e ganharam um ensaio fotográfico como prêmio.) isto é prestigiar os indígenas como querem fazer crêr alguns aqui? cadê a prefeitura comércio e empresários desta cidade que não contribuiram para que estes jóvens indigenas tivessem uma premiação digna do esforço que fizeram para realizar este evento que chamou a atenção da midia prá esta cidade? acorda DOURADOS. (e sou fotógrafo profissional)
 
antonio mazeica em 21/04/2012 10:07:11
Genteeeeee quero saber onde fica essas aldeias com essas INDIAS maravilhosas, vou virar indio kkkkkkkkkkkk, sou a favor de eventos culturais e não essa papagaiada ai os indios então nem se fala, estão parecendo indios alemães kkkkkkkk, nem sei se tem indio na alemanhã.
 
gilmar marques em 21/04/2012 09:52:33
Indígenas?????? Cadê???????? Onde???????? Terenas?? Boróros?? Kaiwoa??
Kadiwéu?? Guaraní??, só vi Portuguêses e europeus neste concurso.
 
vilmar attenney em 20/04/2012 09:12:34
ouu fabiano hj pensa
aldeia de indio hj nao tem oca, flecha, e niguem usa mais aqueles trajes usados no passado....ouve uma interferencia cultural assim como em outras etnias!!!!!!
o problema é que sempre quando se fala em indio pensa-se..oca..arco e flecha;
mas nunca em: indio advogado, enfermeiro, policial, mulher india professora, enfermeira e etc..pare e pense!
não julgue avalie o contexto!!!
 
yuri faustino neres em 20/04/2012 08:31:43
Parabéns, douradenses, esse concurso e essa iniciativa,demostra o respeito que todos nós devemos ter pelos povos indigenas,nossos irmãos,mostrar essa beleza numa passarela então,nos leva a acreditar que todos nós devemos nos unir mais e mais em busca de uma sociedade justa e democratica.
Parabens a todos os participantes, principalmente aos ganhadores, Cleiton e Barbara, premio merecido, parabéns
 
edinaldo nogueira em 20/04/2012 05:52:58
Porque não fazem um concurso ligado a cultura indígena ao invés de promover um evento apelativo e fútil como este?
Não consigo entender onde a cultura indígena é promovida nesse evento. Índio em atuação na passarela...
Seria mais bonito índio no bodoque, índio na flecha...
É tão bizarro quanto miss mirim.
Acho que cada um no seu lugar. Se for fazer concurso, cada um dentro do seu universo.
 
Fabiano Silva em 20/04/2012 05:02:17
Como é o Brasil, a vencedora é a mais branquinha a que menos tem a ver com a mulher índigena, as outras candidatas tem mais traços de índias. Já que o objetivo é valorizar os índios que valorizem aqueles que tem mais a ver com índios.
 
moreira junior em 20/04/2012 03:25:35
a cidade de Dourados esta de parabens por produzir um evento tão bonito com um povo que anda tão sofrido e esquecido como o indigina ,as meninas estão de parabens muito bonitas e os meninos com os seus cocares estão lindos parabens a todos do evento
 
silvana baroni em 20/04/2012 03:14:21
Sou de Curitiba e a comunidade Sul-mato-grossense está de parabéns por este evento mostrando a beleza indígina.
 
Josias ALves de Oliveira em 20/04/2012 02:25:28
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.