A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

03/07/2012 08:04

Na era do descarte fácil, conserto de panelas dá dinheiro no Vilas Boas

Ângela Kempfer
Mazinho mostra dezenas de panelas esperando o conserto. (Fotos: Minamar Júnior)Mazinho mostra dezenas de panelas esperando o conserto. (Fotos: Minamar Júnior)
Fachada tem a placa com os telefones aos interessados.Fachada tem a placa com os telefones aos interessados.

Há 5 anos um amigo deu a ideia e Mazinho (o único nome pelo qual é reconhecido) não pensou duas vezes: passou a consertar panelas.

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

Já era como um patrimônio do bairro Vilas Boas, em Campo Grande, onde trabalha há mais de 25 anos, e só reforçou a imagem de “faz tudo”.

“Eu sempre arrumava as coisas, mas decidi aproveitar a conveniência para fazer um ponto de consertos”, explica o senhor de 69 anos, que o batismo deu o nome de Omar Xavier da Silva. “Maza é um apelido da infância, nem sei como surgiu”, desconversa.

O comércio de produtos ficou em segundo plano e os serviços tomaram conta do pequeno salão. “Não venço de tanto serviço que aparece”, lembra o proprietário mostrando caixas e mais caixas de panelas e tampas.

Os preços começam em R$ 10 e seguem subindo até valores em casos de panelas industriais. “Esta aqui vou cobrar 80 reais”, diz ao exibir uma panelão enorme.

Apesar de hoje em dia ser muito fácil produzir lixo e substituir uma panela quebrada por aquele último modelo, lindo, há quem não desista da panela velha.

“Elas são melhores, mais resistentes, trouxe duas para consertar, uma de pressão e outra para colocar alça. Não tem porque jogar fora”, conta o cliente Juarez, um dos mais assíduos.

É só Mazinho abrir as portas que os fregueses começam a aparecer. Ao meio-dia de um domingo, pronto para colocar algumas mesas na calçada para explorar o lado mercearia, Silvio aparece com três alicates e uma torneira, mais material para Mazinho dar um jeito. “Ele é pau para toda obra”, justifica.

De alicate de unha à panela de pressão, o homem arruma. E os pedidos não são apenas do bairro, garante. “Tenho clientes da cidade toda e até de Ponta Porã e Corumbá. É gente que me procura sempre para consertos”.




Tenho 66 anos. Também faço um pouco de quase tudo. Gostei da reportagem. Parabéns Sr. Masa. Gostaria de incluir em minha oficina de chaveiro e afiação de ferramentas o conserto de panelas. Pode me ajudar? Preciso saber onde conseguir máquinas e dispositivos para
consertos, também peças como rebites cabos tampas, etc. Conto com sua orientação. Um
abraço! São João da Boa Vista, SP
 
Cláudio Almeida em 23/12/2013 10:27:25
Fiquei muito feliz de ver meu pai participando no Campo Grande News e também de saber o que as pessoas pessam dele, pelo que li, somente coisas boas. Parabéns pai, te amo!
 
Omar Guilherme Xavier da Silva em 04/07/2012 06:59:56
PARABENS CAMPOGRANDENEWS PELA REPORTAGEM, O MAZINHO É MEU
VIZINHO, PESSOA HUMILDE, TRABALHADOR, FOI CAMINHONEIRO POR MUITOS ANOS, AGREGA MUITOS AMIGOS NO SEU BUTECO E VIVE FELIZ. PARABENS
MAZINHO.
 
ramao marcondes em 03/07/2012 12:20:00
Fantástica a reportagem, estimula o trabalho, a reciclagem e fortalece a amizade, conheço os dois (mazinho e o amigo cícero que incentivou e deu a idéia) parabéns.
 
jorge cabral em 03/07/2012 10:08:36
conheço o senhor mazinho e amigo do meu cunhado esta pessoa e uma simpatia e tem varias historias para contar se voce tiver tempo são algumas trites e outras bem divertidas agora as panelas ficam bem arrumadas se precisar ate tira gordura velha muito boa a reportagem , angela voce esta de parabens de falar sobre as pessoas que fazem da vida a sua historia .
 
silvana baroni em 03/07/2012 08:15:05
Aqui não Gerarda, aqui é o MAZA.....
Espetaculo de pessoa, amigo, irmao, ajuda as pessoas, um coracao enorme, e belissimo profissional, sorte a nossa de te-lo no nosso querido Vilas Boas.
Parabens à Reportagem
 
juares amaral em 03/07/2012 06:10:38
Tenho 2 panelas de ferro q eram da minha avó e tenho um alto valor sentimental por elas, preciso mandar arrumar e essa reportagem ajudou a encontrar um lugar confiável.
Mas faltou o endereço do estabelecimento do Sr. Mazinho.
 
LUCIENE CAIRES em 03/07/2012 02:05:31
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.