A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

13/05/2012 12:52

No presídio, mães que, de tanto amor, vão além dos erros dos filhos

Mariana Lopes

Mesmo que seja só do lado de fora, hoje a visita teve um significado diferente para elas

“Se Deus quiser, será o último”, diz Márcia, que passa o primeira Dia das Mães na fila de visita do presídio (Foto: João Garrigó)“Se Deus quiser, será o último”, diz Márcia, que passa o primeira Dia das Mães na fila de visita do presídio (Foto: João Garrigó)

Dia das Mães, domingo de frio e chuva fina em Campo Grande. Combinação perfeita para reunir a família em casa na hora do almoço e curtir o dia oferecido a elas, que se dedicam o resto do ano aos filhos. Mas em frente ao Complexo Penal de Campo Grande, dia de visita mostrou um cenário bem diferente desse.

Em cada rosto, misto de felicidade e tristeza. Sem considerar o motivo pelo qual os filhos foram parar ali, o coração de mãe sempre fala mais alto, e, como todo domingo, elas se fizeram presentes, mesmo que tenha sido só pelo lado de fora.

“Eu não consegui entrar, ainda não tenho a carteirinha, daí meu pai que entrou para ver ele”, conta Márcia da Cruz Pires, 42 anos. O filho dela está preso há um mês, segundo ela, por ser cúmplice de homicídio.

Hoje foi o primeiro Dia das Mães que ela passou na porta de um presídio. “Se Deus quiser, será o último”, desabafa.

Com a expressão triste, sentada sozinha no banco enquanto aguardava a vez de entrar para ver o filho, Otília Nunes Camargo, 68 anos, descobriu que também não poderia entrar, pelo mesmo motivo de Márcia, a carteirinha.

“Mas o amor que tenho por ele é bem maior do que isso”, suspira Otília (Foto: João Garrigó)“Mas o amor que tenho por ele é bem maior do que isso”, suspira Otília (Foto: João Garrigó)

Ela conta que o filho está preso há cinco anos e em janeiro foi transferido de Jardim para o presídio da Capital, e agora precisa de identificação para as visitas. No meio da entrevista ao Campo Grande News, ela solta o desabafo: “Estou muito triste por mais um ano estar aqui, principalmente por ter um filho que não pensa no que faz”.

Mas ao final de tudo, ela suspira e diz: “Mas o amor que tenho por ele é bem maior do que isso”.

No ano que vem vai ser diferente, se Deus quiser”, acredita Jerônima (Foto: João Garrigó)"No ano que vem vai ser diferente, se Deus quiser”, acredita Jerônima (Foto: João Garrigó)

No mesmo banco de Otília, mais uma mãe que deixou tudo em casa e foi lá para visitar o filho. E Jerônima Alves dos Santos, 55 anos, conseguiu entrar e ganhar o presente mais precioso para ela: o abraço do filho.

Neste Dia das Mães, este não é o maior desejo dela. “O que eu mais queria era estar com meus três filhos e meu neto, em casa, almoçando todos juntos”, confessa.

Além do filho preso por acusação de furto, a filha mais velha dela se envolveu com drogas e foi embora para o interior do Estado. Esse ano não foi possível Jerônima comemorar o Dia das Mães como toda mãe merece, rodeada de carinho e amor.

Mas ela não perde a esperança. “Hoje só tenho um filho e meu neto para almoçar comigo, mas no ano que vem vai ser diferente, se Deus quiser”.




essas maes e mae de verdade quanto sofrimento para ver seu filho que não pensa na mae guerreira que tem, mais quem e nem para jugar um ser hj e ela amanha pode ser voce.
 
bruna santos em 14/05/2012 11:32:18
As mães que sofrem pelos filhos por causa do castigo da liberdade, coragem, fé acima de tudo muito amor, somente com muita oração pedindo a Deus, proteção guiar o nossos caminhos conseguiremos ter um melor. Estou solidario, sou pai e tenho mães e sei o quanto a mãe um filho. Filhos vamos colocar a mão conciência e retribuir com mesmo amor.
 
Guilherme Ascurra Filo em 14/05/2012 10:31:39
SER MÃE, É RESPEITAR A DEUS E JESUS, NÃO O FILHO, É CONHECER E PRATICAR A LEI DE DEUS, PORTANTO MÃES, VÃO AS IGREJAS DAS QUAIS PERTENCEM, SEMPRE SE CONFESSEM PARA DEUS E JESUS, ABRANDAR OS VOSSOS CORAÇÕES, DAR INTELIGÊNCIA E SABEDORIA, AO GRANDE PAPEL QUE DEUS DEIXOU, SER PROLIFERADORA DA ESPÉCIE HUMANA, POIS SEM SER FEMININO, É IMPOSSÍVEL A REPRODUÇÃO, MUITA SABEDORIA MÃE, EM DEUS, QUE DEUS ABENÇ
 
pedro braga em 14/05/2012 08:38:15
q vcs tenham uma otima semana isso e um problema q logo vai passar.bjs vcs de uma filha q hoje e mae.....
 
maria cristina em 13/05/2012 09:56:05
maes n ligam pra comentarios q jugam erros de seus filhos e esquecem q por isso tem seu dia comemorado porq sao reconhecidas mudialmente porq tem um coracao imenso onde sabem pedoar dar carinho tem a capacidade de amar sem jugar os outros hje eu so mae endendo q amanha eu posso ta numa fila dessas so mae de um ser humano e n ta vulneravel a cometer erros ou ate mesmo inocente...Entao forca e um bj
 
maria cristina em 13/05/2012 09:53:22
Tenho pena dessas mães, porque acabam sendo penalizadas pelo erro dos filhos . Mas nesta data muitas outras mães choram por conta do erro que esses bandidos cometeram. Essas com certeza tiveram um dia das mães muito mais triste !
 
george conrado em 13/05/2012 09:28:59
Vocês querem ver o que é exclusão??? vão lá conversem com essas pessoas vejam o quanto a Droga já passou de problema de saúde para a nossa sociedade, por que de uma forma ou outra ela está envolvida desde os pequenos furtos ao homicidio ela sufoca nossos jovens, aniquila as famílias, e as mães passam assim excluidas jogadas no frio na chuva no sol, à margem da sociedade e dos nossos politicos.
 
sandra lima em 13/05/2012 08:57:07
Um feliz dia das mães para esses guerreiras, Deus e Nossa Senhora Aparecida as abençoe e lhes dê força para aguentar carregar essa cruz.
 
Julio Martini em 13/05/2012 08:05:40
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.