A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

07/06/2012 18:59

Público aproveita feriado e lota feira de soluções sustentáveis

Nicholas Vasconcelos

Quem foi ao espaço saiu com idéias para serem aproveitadas em casa

Aquecedor de água feito de guarrafas pet chamou a atenção do público. (Foto: Rodrigo Pazinato)Aquecedor de água feito de guarrafas pet chamou a atenção do público. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O frio e o dia livre foram atrativos para quem foi ao espaço Golden Class para conferir o IV Mostra Sustentável nesta quinta-feira (7). Entre os estandes que chamaram a atenção estão os que mostraram plantas e soluções que podem ser adotadas no cotidiano, como o jardim montado em garrafas pet e o aquecedor feito também de garrafas usadas de refrigerante.

A artesã Márcia Souta, de 48 anos, gostou da ideia e já pensa em adotar em sua casa. “Eu tenho um jardim na minha casa e essa solução das garrafas é ótima para aquelas plantas que não podem ficar no chão”, afirmou.

O pedreiro Valdiomar Coelho, de 56 anos, gostou do aquecedor de água feito de garrafas de refrigerante recicladas e tubos de PVC que está exposto no estande da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). “É uma solução boa, principalmente para quem mora em chácara, que tem muito sol e espaço para aquecer a água. Dá pra usar numa construção”, declarou.

Rozimar aproveito para levar duas mudas para casa. (Foto: Rodrio Pazinato)Rozimar aproveito para levar duas mudas para casa. (Foto: Rodrio Pazinato)

Quem também gostou do que viu na mostra e até levou mudas de árvores para casa foi a pedagoga Rozimar Batista, de 44 anos. "Gostei muito do espaço das plantas e gostei bastante dessas ideias simples que a gente pode aproveitar".

A mostra também é espaço para quem vai em busca de conhecimento para trabalhos escolares, como a policial civil Angela Afonso Silva, de 48 anos, que levou o filho e os amigos para a mostra. Eles estudam no Colégio Militar de Campo Grande e têm um trabalho ligado ao meio ambiente para desenvolver. “Você tem idéias aqui que nem imagina que são adotas aqui, que servem de inspiração para a turma dos amigos e para mim também”, completou.

Trabalho de educação ambiental também foi mostrado no espaço dos alunos da Escola Olívia Enciso. Os alunos desenvolveram trabalhos de acordo com a faixa etária, como brinquedos para os mais novos e compassos matemáticos, para os mais velhos. A professora Juliana Poleto, de 27 anos, conta que o projeto envolve toda comunidade escolar. “Nós chamamos os alunos, professores e pais. Todos ficam envolvidos no projeto que usa caixas de leite, garrafas”, resume.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.