A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

12/02/2012 17:55

Solidariedade: Cães e gatos abandonados encontram lar, amor e carinho

Viviane Oliveira
Paula há duas semanas cedeu a casa para um Yorkshire que está com leishmaniose, mas acabou se apaixonado pelo cachorroPaula há duas semanas cedeu a casa para um Yorkshire que está com leishmaniose, mas acabou se apaixonado pelo cachorro

Para ajudar cerca de 35 cachorros e gatos, o Abrigo do Bichos, realizou neste domingo (12), o Bazar Solidário, no Rodrigo Sanduba na rua Espírito Santo, em Campo Grande.

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

O objetivo é ganhar dinheiro para cobrir os gastos da instituição, por conta do aumento de animais resgatados das ruas e encaminhados para tratamento em clínicas veterinárias.

Na feira foram vendidos, sapatos, bolsas, bijuterias e roupas. Todas as peças são doadas por voluntários da ONG. Também foram comercializadas camisetas e canetas personalizadas do Abrigo dos Bichos.

A voluntária Ana Gabrielle Rosa de Castro, 20 anos, conta que a ideia surgiu após participar de um bazar em outra ONG. “Falei da minha ideia para as outras voluntárias e elas gostaram”, disse.

O projeto saiu do papel e foi parar no Facebook. A partir daí, as pessoas passaram a compartilhar a proposta e cada dia novos simpatizantes aderiam à ideia.

Com os recursos arrecadados no bazar, as organizadoras pretendem quitar débitos já existentes em clínicas parceiras do Abrigo. “Nós precisamos pagar as dívidas para continuar salvando e resgatando animais”, disse.

Segundo Ana Gabrielle, final e começo de ano aumentam o número de cachorros abandonados. “Fim de ano é por causa dos fogos de artifício. Às vezes o cachorro foge desesperado para a rua e acabado atropelado. Já no começo do ano é por causa das férias dos donos, que acabam abandonado os cães”, relata.

Lar temporário - A maioria das voluntárias participa do lar temporário. Elas levam os cachorros para casa até aparecer um dono que queira adotar o cãozinho. “Muitas delas, já tem vários cachorros e no final acabam adotando o animal”, destaca Gabrielle.

É o caso da publicitária Paula Flatin Serrilho, 28 anos, que há duas semanas cedeu a casa para um Yorkshire que está com leishmaniose, mas acabou se apaixonado pelo cachorro.

“Já tinha dois vira-latas que adotei na rua, uma que foi atropelada e a outra que sofria maus-tratos. Agora não resisti e adotei o Bob, que começou a fazer tratamento e nem parece que é doente”, afirma.

Gabriele destaca que o gasto maior da instituição é com clínicas veterinárias. “Nós resgatamos muitos cachorros atropelados que precisam de atendimento médico veterinário”.




Eu e minha irmã somos amigas de gatos.Num apartamneto já mantemos 20 gatos ecinco cahorro de rua,mas sempre aparece mais um e o condomínio já está de olho.
Gostaria da ajuda de voces e contribuiremos com ração pa os mesmos.
 
Wanda Maria Maarcondes de Novaes em 25/04/2012 09:46:21
meu nome é Nayara Souza Tenho 16 anos moro em no Rio de Janeiro,Nova Iguaçu,e eu acolhir uma cachorra na minha na casa,e sabado ela foi atropela so que nao tenho condiçoes de tratar ela aqui na minha casa pois minha mãe ja tem muitos gastos ,como,conta de luz,telfone,enternet,aluguel outros mais.gostaria de saber como é que faço pra doar ela a uma instituição pois nao gostaria de vela na rua
 
Nayara Souza em 12/03/2012 08:33:20
As pessoas antes de criticarem deveriam fazer algo para tornar o mundo um lugar melhor...é muito fácil abrir a boca e criticar...quero ver é o que fazem para melhorar o lugar onde vivemos...
 
Gilmara Brito em 15/02/2012 06:51:14
Querida Adriane reis, se você adotar uma criança, o procedimento será o mesmo! Depois de tudo o que alguns dos animais que o abrigo recebe passam, como maus tratos, abandono, eles ficam abalados! Precisam realmente de muito atenção e cuidados querida!! Se você não estiver disposta a dar o respeito e a atenção que o animal realmente precisa, não adote! O abrigo faz a parte deles! Parabéns abrigo!!!
 
Simone Oliveira em 13/02/2012 12:46:27
A caridade ao próximo (independente da raça, se é humano ou não) é sempre benéfica em todos os sentidos, e à ambas as partes. Não devemos generalizar atitudes incoerentes, e, por este motivo virarmos as costas para Seres que tanto necessitam de nós. A recompensa disso é mágica! Acho que é por isso que esse país não vai prá frente... as pessoas pensam mto no receber, e não no "se doar".
 
Paula Flatin Serrilho em 13/02/2012 12:35:36
Nossa, o clima no Bazar Solidário estava super gostoso. Tinha música, alguns cachorrinhos que as voluntárias levaram e o material de venda qe estava super em conta. Não tive reclamação nenhuma. Eu, pelo menos, quando via as pessoas entrando e comprando, era de todo sorriso! Foi uma delicia.
 
Ana Gabrielle em 13/02/2012 12:29:53
Nós não podemos confundir as coisas e acabar não ajudando os animais que precisam por causa de pessoas grosseiras. Esses bichinhos precisam de carinho, de atenção e de cuidado , de serem tratados com amor independente de qualquer situação, por isso adote sabendo dessas condições e que eles tem sentimento assim como nós.
 
Vivianni D'Amico em 13/02/2012 11:41:18
Gabriele Veron, Lyra Libero, Greissiele Villalba, por gentileza, quando forem retratar esse tipo de comentário, por favor procurem saber o nome de quem as atendeu para que possamos tomar providências e sempre no dia do ocorrido, não esperem passar o evento para reclamar, pois assim saberemos como proceder.
Sou voluntária e espero sempre atende-las da melhor forma possível.
 
graziela soares de carvalho em 13/02/2012 11:37:40
concordo com a gabrielle, pior é depois aguentar eles querendo saber se o cachorro comeu, foi ao banheiro etc,nos sentimos pressionados, imagina se um cachorro adotado deles morre, affffffff, eles vão culpar a gente por isso, minha colega tb ligou no abrigo pr eles buscarem um gato que estava abandonado , e foi super mal tratada no fone pela pessoa que atendeu do abrigo, eu emmmmmm, to foraaaaaaaa
 
adriane reis em 13/02/2012 11:22:11
Discordo de Gabrielle, pode ter havido algum mal entendido, pois os voluntários sempre querem dar um novo lar para os bichinhos, eu tenho em casa uma gata ( cidinha), que já deu varios outros gatinhos e um cachorro ( bob ) que encontrei na rua, e somos muitos felizes, aprovo esta iniciativa honrosa do abrigo dos bichos.
Podemos fazer isso tambem com crianças abandonadas pelas ruas e abrigos..
 
mario roque em 13/02/2012 11:17:39
Realmente Gabrielle, já ouvi muitos comentários sobre o pessoal do Abrigo ser altamente mal educado. Mas nem por isso a gente deixa de ajudar né? Se você quer um cãozinho, vá até o CCZ. Lá tem muitos pra adoção, de muitas cores, tamanhos, temperamentos, e com históricos tristes. Além do que, no CCZ muitos adoecem e morrem, são sacrificados.

Ah, e lar temporário é algo muito, muito importante.
 
Lyra Libero em 13/02/2012 10:51:07
realmente concordo com vc gabrielle realmente ela são grossa pq ja foram comigo tbm
 
greissiele g villaba em 13/02/2012 10:36:38
PARABENS !!! É graças a iniciativa da sociedade civil organizada que o Brasil ainda caminha. Educação, meio ambiente, cultura, ciência, tecnologia, saúde, etc., praticamente tudo que funciona no país vem do fazer de pessoas como esses voluntários do Abrigo. Não temos políticas públicas para NADA, o Governo apenas acompanha, mas fazer não faz. Já abriguei e abrigo vários cães e gatos abandonados.
 
eduardo de paula em 13/02/2012 09:26:36
Parabéns ao Abrigo pela atitude e solidariedade aos animais. Desejo sucesso em todas as ações. Quero aproveitar o momento para comunicar que tenho sob meus cuidados, quatro lindos gatinhos de apenas 47 dias. São uma graça, espertos e brincalhões. Já se alimentam de ração. Todos de olhos azuis. Se alguém tiver interesse em adotar, por favor( cynthia.fl@hotmail.com). Obrigada.
 
Cynthia Flatin em 13/02/2012 05:11:04
Bacana atitude do abrigo, mas não fiquei sabendo do bazar. Foi pouco divulgado, gostaria de receber informações dos próximos eventos. Pode contar comigo.
 
Dayane Campos em 13/02/2012 02:41:55
Criticar é facil, quero ver levantar cedo e tirar a bunda da cama e ir fazrr algo de verdade, essas meninas são vitoriosas e lutadoras, se por vezes pecam em questionar demais os adotantes é por conhecer varios casos de maus tratos e abandonos, pois muita gente adota no impulso e quando se da conta da responsabilidade q é cuidar de um bichinho. os descartam. Ajuda quem não atrapalha
 
Paloma Santos em 13/02/2012 02:01:28
Gostaria de saber o endereço ou telefone deste abrigo......quero adotar um cão.
 
milton gomes salomão em 12/02/2012 11:20:33
Lindo gesto....PARABENS !!!!!
 
Lidnalva Maia em 12/02/2012 10:27:50
Esses dias fui na Av Mato Grosso, onde o Abrigo dos bichos estava realizando uma campanha para adoção de cães e gatos, fiquei chocada com a maneira como fui tratada e como outras pessoas também foram, mal educada, me senti triste pois acho que elas apenas sabem lidar com bicho, parece que só os animais merecem respeito, fui lá adotar um cãozinho, sai de lá morrendo de raiva....Pobre dos animais..
 
gabrielle veron em 12/02/2012 07:26:04
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.