A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

12/06/2012 06:00

Tatá Werneck ensina ao Lado B como superar a sina de ainda vestir numeração infantil

Ângela Kempfer, de São Paulo
Tatá Werneck ensina como superar a numeraçáo baixa. (Fotos: Ângela Kempfer).Tatá Werneck ensina como superar a numeraçáo baixa. (Fotos: Ângela Kempfer).
Tatá e o modelito SPFW.Tatá e o modelito SPFW.

Baixinha, com 1,52 metro, Tatá Werneck sente como tantas outras brasileiras o que é nunca ter saído da numeração infantil. Magrinha, mais do que parece ser na TV, a comediante sabe rir de si mesma quando o assunto é o corpinho. "Menina, tem marca que eu visto o mesmo que criança de 10 anos. Não é fácil".

Veja Mais
As estampas são tudo nas peças da Triton para o Verão 2013
Black power e o coloridíssimo como tendência na coleção de Fause Haten

Experiente, ao longo da vida de mulherzinha, Tatá diz que o pior é quando um imprevisto aparece. "Se tenho algum compromisso de última hora a coisa pega. Não é todo mundo que tem roupa legal, de adulto, para vender do meu tamanho. Nem blusa PP fica boa", comenta antes de entrar para um dos desfiles da São Paulo Fashion Week.

Tatá completa 30 anos em janeiro próximo e diz que já perdeu a esperança de virar mulherão. "As pessoas têm dificuldade até de me ver como adulta", exagera.

Para quem também sofre na hora das compras, risonha, ela ensina: "Dá pra comprar muita coisa básica na sessão infantil das lojas de departamento, mas o melhor é procurar uma loja que venda coisas para adolescentes e virar freguesa para sempre ter a quem recorrer na hora do aperto".

Para o SPFW, Tatá garante que não passou apuro, apesar da maioria ter ficado horas escolhendo a roupa certa para a abertura da semana de moda. "Peguei uma roupa e vim, náo escolhi muito".

Nicole Gutres também tem problemas de numeração. "Chegou uma hora que eu comecei a herdar as coisas da minha Irmãzinha de 12 anos"' conta. Mas a estudante arrumou outra alternativa a usar as roupas da irmã.

Com 21 anos e 1,49 metro, ela diz que se sente uma anã perto das amigas de faculdade, mas não perde o estilo. Estudante de Moda em São Paulo, ela mesma desenha suas roupas. "Meu namorado diz que é até bom, gasta menos pano", brinca a menina de cabelos negros, com cara de Branca de Neve e um óculos modernete no rosto.




Ela é lindinha, ai fica facil. Duro é baixinha magrinha e cara de criança.
 
Julio Cesar em 12/06/2012 10:40:14
Acho a Tatá Werneck uma excelente humorista, tamanho não eh documento pois o carater naum esta na cor, nem na classe social muito menos no tamanho.
Ficamos encanados com coisas poucas diante de nosso talento.
 
Raphaelle Machado em 12/06/2012 03:56:20
O importante é ser simpática, educada e feminina.
 
João Crisóstomo em 12/06/2012 02:11:00
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.