A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

07/10/2014 06:46

Aparelho pode ser a chance de fazer clareamento dental a laser sem sentir dor

Elverson Cardozo
Aparelho é multifuncional. Serve para clarear os dentes e tem função de laserterapia. (Foto: Marcelo Victor)Aparelho é multifuncional. Serve para clarear os dentes e tem função de laserterapia. (Foto: Marcelo Victor)

Difícil acreditar que uma sessão de clareamento dental, a laser, seja completamente indolor. Quem já passou por uma, sabe que as fisgadas doem na alma, ainda mais quando se tem dentes sensíveis. Mas um novo aparelho, mais moderno, tem provado que, sim, é possível passar pelo mesmo procedimento sem sentir dor e, ao mesmo tempo, tratar a sensibilidade.

Veja Mais
Oficina oferece de graça curso básico sobre veículos para mulheres
Escola para crianças de até 6 anos não vai fechar nem nas férias

Em aproximadamente um mês de uso do "Brite Laser Max", o cirurgião-dentista, especialista em prótese dentária e endodontia, Maurício Castello, diz já ter relatos de pacientes que, antes, passavam longe do clareamento e, agora, saem recomendando o procedimento porque, de fato, não sentiram nada ou quase nada.

Maurício deixou de fazer clareamento com luz de LED e o caseiro para trabalhar com o novo aparelho. (Foto: Marcelo Victor)Maurício deixou de fazer clareamento com luz de LED e o caseiro para trabalhar com o novo aparelho. (Foto: Marcelo Victor)

Para escrever esta matéria, virei um desses pacientes. Me submeti a uma sessão e, para não dizer que foi completamente indolor, senti duas leves fisgadas, no meio e ao final do clareamento, mas nada comparado às dores que já suportei e as vezes em que me retorci na cadeira só para sair com os dentes mais brancos.

O aparelho cumpre o que promete e a explicação é simples: Anunciado pela empresa desenvolvedora, a Clean Line, como o preferido das celebridades, o Brite Laser Max é o único equipamento de clareamento a laser de verdade, garante Maurício.

A principal diferença está nos emissores luminosos, de cor vermelha. Muita gente, quando resolve fazer um clareamento, acaba comprando “gato por lebre”, alerta o especialista. Algumas empresas anunciam o procedimento a laser, mas, na verdade, utilizam um aparelho que emite luz azul, de LED.

Essa luz (azul), prossegue, esquenta os dentes, coisa que o verdadeiro laser não faz e, por isso, não provoca a tão temida dor. “Se o paciente já tem sensibilidade diminui 80%. Se nunca teve diminui em 100%”, ressalta o dentista, ao comentar que o tempo de clareamento, utilizando o dispositivo, é menor: 30 minutos. “Clareia mais em menos tempo”, constata.

Luz vermelha não esquenta os dentes como a azul, de LED. (Foto: Marcelo Victor)Luz vermelha não esquenta os dentes como a azul, de LED. (Foto: Marcelo Victor)

Vale destacar, ainda, que o aparelho é multifuncional. Serve para clarear os dentes e tem função de laserterapia, por isso vem com outras duas ponteiras. O recurso permite acelerar reparações teciduais e tratar de dor de cabeça a doenças como afta, gengivite (inflamação na gengiva), herpes, entre outras.

Mas, se falando em clareamento, o dispositivo combate a sensibilidade durante o procedimento, diminuindo e eliminando as fisgadas. Em uma única sessão é possível obter resultados satisfatórios, mas o cirurgião trabalha com, no mínimo, duas, que correspondem a 4 feitas com a luz de LED. O consultório fica na Rua Espírito Santo, 32, no Jardim dos Estados. (3306-1999)




MAURICIO CASTELLO um profissional sério e competente eu recomendo.
 
meire em 07/10/2014 10:14:48
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.