A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

22/07/2016 06:20

Botox, laser, redução de bochecha...Quanto custa beleza express em Campo Grande?

Naiane Mesquita
Uma série de procedimentos estéticos sai por cerca de R$ 5.600 mil Uma série de procedimentos estéticos sai por cerca de R$ 5.600 mil

Quanto custa sair de uma clínica de dermatologista 10 anos mais jovem? Para uma paciente branca, com cerca de 40 anos de idade e sem danos excessivos na pele, o valor é de quase de R$ 6 mil em Campo Grande, mas o resultado vem rapidinho.

Veja Mais
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%
Buffet que virou grife tem clima de campo em plena Chácara Cachoeira

Os procedimentos demoram menos de uma hora e incluem a aplicação de botox na testa por R$ 1,2 mil, preenchimento nas olheiras por R$ 1.6 mil, fim do famoso “bigode chinês” por R$ 1.8 mil e o uso de laser no colo para retirar manchas e marcas de expressão, esse em duas sessões, por R$ 500,00 cada.

A indústria da beleza evoluiu tantos nas últimas décadas que, dependendo do local, esses serviços podem ser realizados imediatamente, após uma consulta, sem a necessidade de esperar. Praticamente um “fast food” do rejuvenescimento.

Jennifer Aniston é uma das atrizes que teria feito bichectomia Jennifer Aniston é uma das atrizes que teria feito bichectomia

A lista de procedimentos rápidos é longa, e sempre tem algum virando moda. Ultimamente, por exemplo, reduzir as bochechas está no topo das preferências. A "bichectomia" é realizada há 40 anos nos Estados Unidos, mas faz pouco tempo que a prática começou a se espalhar pelo Brasil.

Tecnicamente simples, o procedimento pode ser feito por um cirurgião dentista ou plástico. Em Campo Grande, há mais adeptos na segunda opção que já oferecem o serviço, mas até um curso na ABO-MS (Associação Brasileira de Odontologia de Mato Grosso do Sul) foi realizado ontem para divulgar a técnica.

O ministrante, o dentista Levy Nunes, cirurgião bucomaxilofacial, é especialista na cirurgia e explica que o procedimento surgiu sem intenção com a beleza. “O principal objetivo é o funcional. A cirurgia começou a ser feita para ajudar quem morde muito a bochecha e com o tempo também assumiu funções estéticas. Há o ganho estético, que foi alimentado pela mídia, porque surgiram várias atrizes que fizeram o procedimento”, afirma Levy.

No Brasil, há cerca de quatro anos a prática tornou-se comum. “Está entre as quatro cirurgias plásticas mais realizadas, atrás da lipoaspiração, da prótese da mama e rinoplastia”, diz.

Segundo o cirurgião ainda não há nenhum problema em se retirara a parte da face chamada "bola de bichat". “Ela é mais importante na infância ao servir de proteção da face quando as crianças caem e também para separar um lado do outro da boca durante o período da amamentação”, descreve.

O médico não fala em custos, mas na internet pacientes falam entre R$ 3 mil e até R$ 6 mil. O pós-operatório é comparado a de retirada de um dente siso. Na linha "fast food" da beleza, o procedimento dura menos de uma hora, com anestesia local e alguns pontinhos depois da retirada da gordura entre o maxilar e a mandíbula.

Está justamente aí o risco que pode acabar sendo um tiro no pé de quem busca a beleza fácil. Quem é contra adverte que a gordura retirada vai fazer falta na sustentação da face quando a flacidez chegar e assim o envelhecimento ficará ainda mais evidente com o passar dos anos. Depois, a pessoa pode precisar de preenchimentos.

São tantos os exemplos, que a conclusão que se chega é que não tem mulher bonita (no que diz respeito aos padrões estabelecidos pelo mercado), o que há é mulher rica.

Até quando os planos são suar a camisa, buscar algo mais demorado, mas que pode ter bons resultados, a diferença é cara. O preço de uma hora de personal treinner, por exemplo, custa entre R$ 300,00 e R$ 1 milem Campo Grande.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.