A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

16/06/2015 06:22

Com a ajuda de amigos e R$ 6 mil, casal mostra que festa pode ser barata

Naiane Mesquita
João e Simone durante a cerimônia que contou com a ajuda de amigos para acontecer (foto: Diogo Nassar)João e Simone durante a cerimônia que contou com a ajuda de amigos para acontecer (foto: Diogo Nassar)

Algumas histórias de amor não ficam restritas apenas ao casal. Elas transcendem o círculo dos enamorados e contagiam todo mundo, da família aos amigos. A assistente social, Simone Arruda Rondon, 52 anos, e o microempresário João Zorrilha, 48 anos, compreendem muito bem essa corrente de amor.

Veja Mais
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%
Buffet que virou grife tem clima de campo em plena Chácara Cachoeira

Foi com a ajuda dos companheiros de jornada da vida que o casal conseguiu realizar o sonho de ter uma festa de casamento. No dia 6 de junho, os dois subiram ao altar com pouco mais de R$ 6 mil, em uma cerimônia totalmente colaborativa, em que cada um fez um pouquinho para tornar o momento a cara dos noivos.

Noiva foi levada até o altar pelos dois filhos mais velhosNoiva foi levada até o altar pelos dois filhos mais velhos

"Oito casais nos ajudaram e foi uma festa para 100 pessoas. Resolvemos que seria durante o dia, achamos um lugar bacana, que combinasse com a gente. Fomos alinhavando e se tornou um planejamento em conjunto", explica a noiva.
Simone e João são casados há 12 anos. Entre badalações ao lado dos amigos, viagens a dois e o convívio amoroso com os três filhos dela, o casal construiu uma história de amor firmada no respeito e no cuidado mútuo.

Todo esse sentimento de carinho e entrega sensibilizou os amigos, principalmente de João, que era quem desejava a cerimônia. "Eu sou divorciada e o meu marido era solteiro. Ele tinha esse desejo de oficializar a união para os amigos, ter uma benção", diz.

A decoração simples foi feita com bandeirinhas e outros temas de Festa Junina, em alusão ao mês de junho. Até o convite era de chita. Os padrinhos se dividiram em diversas funções, um foi o churrasqueiro, outro assumiu os docinhos e até o pastor era amigo do casal.

"A cerimônia foi na Chácara Espaço Terrenos, no bairro Mata do Jacinto, era um lugar bem bonitinho, com várias plantas, um estilo meio rústico. Não precisamos fazer muita coisa para deixar lindo o lugar", explica Simone.

O vestido de noiva foi bem moderno e como o noivo é conhecido por andar todos os dias de chapéu, os padrinhos o imitaram no grande dia. "Eles entraram com um chapeuzinho na cabeça, igual ao dele. Foi tudo muito emocionante, mas também alegre. Meus filhos entraram comigo, o mais velho e do meio me acompanharam, enquanto o caçula levou a palavra de Deus. Toda a minha família estava ali", ainda se emociona Simone.

Festeiros, o casal escolheu o tradicional churrasco como prato principal da festa (Foto: Diogo Nassar)Festeiros, o casal escolheu o tradicional churrasco como prato principal da festa (Foto: Diogo Nassar)

Para quem acha que apesar do baixo custo, Simone não aproveitou as alegrias de ser noiva está enganado. Teve dia da noiva e até alianças novas.

"Conseguimos tudo mais em conta pelos conhecidos. Cada um indicava alguém. As alianças como o ouro estava caro, juntamos o que tinha de ouro em casa, derretemos e fizemos uma nova para a festa. Ficou linda e não gastamos nada", relembra.

Orgulhosa em casar sem grana, Simone diz que o importante é fazer uma cerimônia que se pareça com o casal. “O mais importante de tudo é a valorização das amizades, o amor que une as pessoas, o desafio de ser feliz. Gastamos com tudo R$ 6.470, incluindo o almoço, a decoração, o aluguel do espaço e as roupas".

No final, os convidados ainda depositaram no próprio envelope do convite de casamento, o presente do casal. "Para ajudar nas despesas que ainda faltavam ser pagas, cada amigo depositou o que podia em uma urna que ficava na entrada do espaço. Nosso gasto ficou em R$ 6.470 mil, sendo que os padrinhos contribuíram com R$ 2.400 mil e os convidados com R$ 2.350 mil, ficando para nós a diferença".

Simone ainda relembra que o menu teve churrasco de carnes nobres, carneiro, arroz, salada, creme de milho e mandioca, além de doces e bolo de casamento. A cerveja foi uma mais em conta, com a opção de refrigerante, água e drinques. As louças, travessas, mesas e toalhas foram locadas.

"Meu marido além de grande parceiro, é amigo e companheiro de todas as horas,a pessoa certa que entrou na minha vida na hora certa e ama e cuida de mim. Somos muito felizes, adoramos a casa cheia, festas, não poderia ter sido mais perfeito", acredita.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.