A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

01/09/2015 06:54

Com figurino e luz, fotógrafo transforma ensaio de gestante em fábula

Paula Maciulevicius
Praça Itanhangá vira cenário para Chapeuzinho Vermelho. (Foto: Rafael Duarte)Praça Itanhangá vira cenário para Chapeuzinho Vermelho. (Foto: Rafael Duarte)

Na sessão de fotos, a mãe pode ser a personagem que quiser. Dentro de uma linha mais artística, o fotógrafo Rafael Duarte, de 24 anos, transforma um ensaio de gestante em uma história que parece ter saído dos livros infantis. A produção e a edição são capazes de mudar até o cenário a ponto de quem vê não identificar que a maioria das cenas foram clicadas na Praça Itanhangá, em Campo Grande.

Veja Mais
Escola se destaca com educação baseada no carinho com os alunos
Com ar condicionado, banca é realização do carioca que sonhava em ter livraria

O figurino é confeccionado pela avó do fotógrafo, dona Idália Ferreira e é possível, com antecedência, criar um específico para a futura mamãe. 

Chamado pelo fotógrafo de "MomentBaby", o projeto tem pouco mais de 1 ano e engloba os registros desde o chá de fralda, ensaio de gestante, parto, "newborn" e aniversário de 1 ano. Há 8 anos na fotografia, Rafael trabalhou por cinco com shows sertanejos, para depois mudar de foco.

No Balanço, tema permite a entrada do cachorrinho da família de forma 'angelical'. (Foto: Rafael Duarte)No "Balanço", tema permite a entrada do cachorrinho da família de forma 'angelical'. (Foto: Rafael Duarte)
No ensaio pós nascimento, Chapeuzinho Vermelho carrega cesta e o bebê. (Foto: Rafael Duarte)No ensaio pós nascimento, Chapeuzinho Vermelho carrega cesta e o bebê. (Foto: Rafael Duarte)
Na edição, quanto mais luz, mais próximo chega do que o fotógrafo quer passar. A mãe anjo. (Foto: Rafael Duarte)Na edição, quanto mais luz, mais próximo chega do que o fotógrafo quer passar. A mãe anjo. (Foto: Rafael Duarte)

"Fui fazendo esse trabalho desde a saída para a maternidade, o nascimento, a visita dos avós. Era o parto e o making of, mas fui vendo que não era só aquilo, tinham várias outras coisas e dentro disso de gestante, introduzi uma linha mais artística", descreve. 

A fotografia por este aspecto dá a liberdade de se brincar até de conto de fadas. "Dá para fazer o que eu quiser, tanto de estilo, quanto de edição", completa Rafael. Os figurinos são desde Chapeuzinho Vermelho, ao anjo e a mãe no balanço, que também segue uma linha mais angelical.

Fotografado na casa conhecida como "mansão da águia", no Chácara Cachoeira, a cena ganhou mais luz do que o normal. "Podem olhar e falar que a foto está estourada, mas não. É uma coisa imaginária, de muita luz e eu quis passar isso, de anjo mesmo. É a arte de fotografar, você passa o que quiser", descreve Rafael.

No chafariz da praça. (Foto: Rafael Duarte)No chafariz da praça. (Foto: Rafael Duarte)

Na hora de se vestir de Chapeuzinho Vermelho, as cores se sobressaem em meio a um ambiente mais escuro e com um pezinho no "sombrio". "Aí já é pouca luz, para uma coisa mais trabalhada", explica.

No balanço, o fotógrafo conta que pode introduzir o pai, a filha mais velha e até o cachorrinho da família sem perder a essência.

O perfil das mães que buscam as sessões artísticas, segundo Rafael, é daquelas que querem algo realmente diferente. "Elas sempre falam que são fotos de bater recorde de curtidas", brinca. Como hoje em dia a maioria das famílias preferem os arquivos digitais justamente para expor nas redes sociais, a própria foto vira encarte de DVD e quem passa os olhos rapidamente pode pensar que é um filme.

Ensaio permite criar ambiente delicado e até o pai entra no clima. (Foto: Rafael Duarte)Ensaio permite criar ambiente delicado e até o pai entra no clima. (Foto: Rafael Duarte)



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.