A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/03/2015 06:23

Com pouco de disciplina é possível evitar desperdício e comer bem mesmo sozinho

Evelise Couto
O ideal é comprar itens frescos. No caso de carne, compre a peça cortada em bifes ou pequenos pedaços.O ideal é comprar itens frescos. No caso de carne, compre a peça cortada em bifes ou pequenos pedaços.

Uma das coisas que aprendi logo depois que comecei a morar sozinha é que uma alimentação mais cuidadosa é fundamental. E como dizem por aí, temos dois jeitos de aprender: por amor ou pela dor. Adivinhem qual foi o meu?

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

Logo no começo, sem nenhum talento culinário e muito menos vontade de fazer minhas próprias refeições, o miojo e o nuggets reinavam aqui em casa. Sem contar das vezes em que era muito melhor pegar algum lanche ou pedir uma pizza pelo telefone. As consequências foram meio rápidas, além da calça jeans dar aquela apertada, o rosto - que há um tempo já não era mais adolescente - encheu de espinhas. Logo no primeiro mês, a imunidade deu aquela baixa e a primeira gripe morando sozinha foi uma experiência muito chata.

Então resolvi tomar uma atitude e começar eu mesma a fazer minhas refeições. A primeira compra no mercado, no entanto, foi um fracasso. Como a ideia de quantidades que eu tinha era a mesma de quando ainda fazia as compras junto com minha mãe, no primeiro mês rolou um baita desperdício. Com o tempo, os grãos e pacotes de farinha juntaram carunchos, frios, iogurtes e molhos iam estragando pela falta de uso e eu fui descobrindo que no final das contas seria muito melhor fazer compras em menores quantidades em espaços de tempo mais curtos. Fazer escolhas inteligentes e mais comedidas podem salvar o seu bolso, sem contar que jogar algum alimento no lixo é uma atitude mais do que irresponsável. Seguem então algumas dicas para quando você for encarar o mercado e montar sua lista de compras:

Para a salada: compre uma vez na semana e estoque-os de maneira correta.Para a salada: compre uma vez na semana e estoque-os de maneira correta.

1. Primeiro de tudo: faça uma lista! Se não der tempo, um truque que funciona bastante é, antes de sair para o mercado, fotografar sua geladeira e o armário. Assim você saberá exatamente o que está faltando e o que está acabando;

2. Substitua pacotes de 5 quilos de arroz, pelos menores de apenas 1 quilo. É até melhor para estocar;

3. Se for comprar carne, peça cortada em bifes ou pequenos pedaços. Ao chegar em casa, separe os bifes em porções e congele-as. Quando for cozinhar, descongele e você já vai ter a porção certinha só para você! Lembre-se que carnes cruas podem ser congeladas de 8 a 12 meses;

4. Para a salada o ideal é comprar itens frescos. Se possível, compre uma vez na semana e estoque-os de maneira correta. Folhas devem ser lavadas e depois bem secas, assim durarão por mais tempo. Use potes e coloque papel-toalha entre as folhas para absorverem a umidade ou as coloque bem sequinhas em saquinhos plásticos. Tome o cuidado de tirar o ar dos saquinhos. Montar porções exatamente na quantidade que você vai consumir ajuda e muito a poupar também o seu tempo;

5. Esqueça as dúzias de ovos, a não ser que você os consuma bastante, o ideal é comprá-los a granel. Em mercados menores em bairros essa prática é bem comum;

6. Frios devem ser comprados em pequenas quantidades. Uma boa dica é comprar o que for para consumo em no máximo 3 dias. Para isso, vale a pena aquela passadinha na padaria depois do trabalho e pedir apenas o que for para o lanche, por exemplo;

7. Anote as datas de consumo dos alimentos. Quando abrir uma caixinha de molho ou pote de requeijão, por exemplo, escreva na embalagem a data em que foi aberto, assim você corre menos riscos de perder o alimento e também de - bate na madeira - acabar comendo alguma coisa estragada;

8. Frutas também devem ser compradas em pequenas quantidades. Quando perceber que elas estão sobrando na geladeira, faça sucos ou ainda monte potinhos de saladas de frutas;

9. Não dispensa tomar leite, mas também acha que um litro é demais para você? Compre leite em pó ou aquelas caixinhas individuais. O leite em pó serve, inclusive, para diversas receitas super práticas;

10. Reutilize sobras. Seja criativo! Frios e temperinhos batidos com ovos podem virar um super omelete, com poucos ingredientes você pode também fazer uma torta de liquidificador bem saborosa. Use e abuse dos sites de receitas na Internet e encare a cozinha. Seu corpo e seu bolso agradecem.

Tem mais alguma dica infalível para evitar o desperdício em casa? Envie no nosso email: casadeum@gmail.com

*Evelise Couto é jornalista, colaboradora do Lado B e criadora do blog Casa de Um.

Reutilize sobras. Seja criativo! Reutilize sobras. Seja criativo!



Ótimas dicas Evelise, bati cabeça por meses até acertar a quantidade certa, isso pq no meu caso já tinha alguma experiência, aonde mais me perdi no começo foram as quantidades pro almoço, perdi muitos temperos como cebolas, alhos, etc. cozinhando poucas porções.
 
Jonatas Bobadilha Moreira em 20/03/2015 07:41:20
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.