A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

06/08/2014 06:34

Dificuldade em achar empregada e carrinho para 2 são dilemas das mães de gêmeos

Paula Maciulevicius
A surpresa da publicitária Karla Maria Roa, foi dupla, tal qual o número de filhos. (Foto: Marcelo Victor)A surpresa da publicitária Karla Maria Roa, foi dupla, tal qual o número de filhos. (Foto: Marcelo Victor)

A confirmação de uma gravidez já muda tudo na vida da futura família. Quem dirá a notícia de que essas mudanças serão em dose dupla. As dificuldades vão desde adaptar a residência e o automóvel para receber dois filhos de uma só vez, esbarram em encontrar empregadas domésticas, entre tantos outros desafios. 

Veja Mais
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%
Buffet que virou grife tem clima de campo em plena Chácara Cachoeira

A surpresa da publicitária Karla Maria Roa, foi dupla, tal qual o número de filhos. Aos 30 anos, a gestação não foi planejada. Nem ela e nem o marido esperavam que da barriga da futura mamãe sairiam dois, ou melhor, duas filhas. "Até então não tínhamos gêmeos na família. Do meu marido tinha, mas muito distante que a gente nem sabia. Fiquei em choque uns dias, depois comecei a curtir", conta.

As meninas têm 7 meses de vida na barriga e mesmo antes de nascerem, exigem muito de Karla. O carrinho foi encomendado na fábrica, porque os disponíveis nas lojas daqui não eram do agrado da mãe.

"A maioria dos que vendem aqui nas lojas é na frente e atrás, não é de lado, um dos nenês não deitaria, então achei muito ruim", descreve. O marido foi quem pesquisou até encontrar um que fosse lado a lado, deitasse e atendesse às exigências da futura mãe e também da casa. 

"A gente pegou um emprestado de uma amiga para ver se passava nas portas. Tem este problema para quem mora em apartamento, as portinhas são minúsculas", exemplifica. Depois de testado e aprovado, é que eles fizeram o pedido. Vencido o primeiro desafio, o segundo ficou para os planos futuros, de trocar de carro. Como no banco traseiro serão dois bebê conforto, o automóvel que atende a família hoje é um hatch, ou seja, o que já era compacto ficou mais reduzido. 

"Ficou bem apertado, o ideal mesmo era trocar. Estamos pensando em comprar um sedan no fim do ano. O carrinho para dois é um trambolho, ocupa todo o porta-malas. No banco traseiro, só cabe uma pessoa sentada e bem apertada", completa. Mas como os gastos com os nenês é alto, a troca de carro vai ter de esperar.

O carrinho foi encomendado na fábrica, depois de muita pesquisa do pai, porque os disponíveis nas lojas daqui não eram do agrado da mãe. (Foto: Marcelo Victor)O carrinho foi encomendado na fábrica, depois de muita pesquisa do pai, porque os disponíveis nas lojas daqui não eram do agrado da mãe. (Foto: Marcelo Victor)

Dar à luz gêmeos têm peculiaridades que começam bem antes de os bebês nascerem. Além de dois berços, dois colos, duas mamadeiras, as roupas para a futura mamãe não atendem bem à demanda em dose dupla. "Eu estava vendo uma coleção de grávida e só tem camisetas assim 'tem um príncipe chegando', não tem nada para gêmeos. Eu comprei uma escrita 'é menina', mas ficam me tirando sarro dizendo que preciso consertar a frase. Às vezes é difícil a numeração pelo tamanho da barriga. Você vê que nem a moda é voltada para mãe de gêmeos", desabafa.

A escolha do quarto tomou por base as revistas de decoração, já que 'ao vivo' não se tem nas lojas na montado para dois. Um jogo foi comprado e um berço virá de presente para uma das meninas. A cômoda é normal, um trocador só, até porque a mãe também só tem duas mãos.

O engraçado é que ultimamente as grávidas têm tido mais gêmeos, talvez resultado de tratamentos de fertilidade, o que não foi o caso de nenhuma das nossas personagens. No consultório da obstetra de Karla, frequentemente aparecem mãe de dois. "Ano passado senão me engano tinham cinco, este ano já são três e você sempre acaba conhecendo alguém que fala que a irmã tem, parece que está mais comum", afirma a publicitária.

O que fica 'comum' entre essas mulheres que esperam dois filhos de uma só vez são as dificuldades. Também publicitária, Elenilda Merlo, de 39 anos, aguarda a chegada de dois meninos. Em casa ela já tem o mais velho, de 3 anos, no fim das contas serão três meninos a utilizarem cadeirinhas no banco traseiro.

"Pedimos um irmãozinho para o Enzo e Deus resolveu mandar dois de uma vez só. Lógico que saber que está gravida, esperando dois, dá um desespero maior nas questões cotidianas, como: levar três filhos para creche", exemplifica.

Para o carrinho, a dificuldade foi a mesma. "É difícil, só tem carrinho pra um. Para gêmeos, a maioria é só por catálogo e mãe quer provar, quer tocar, ver de perto", conta.

Como os bebês, quando nascerem, não terão ajuda efetiva da avó por morar longe, Elenilda já começou a busca por uma empregada doméstica. "Já vai para dois meses de procura e você não encontra. Elas não querem nem ouvir proposta e eu preciso contratar agora enquanto estou gestante para a adaptação", descreve.

Com o nascimento dos gêmeos meninos, serão três filhos na casa de Elenilda. (Foto: Marcos Ermínio) Com o nascimento dos gêmeos meninos, serão três filhos na casa de Elenilda. (Foto: Marcos Ermínio)

Outra preocupação e das grandes é achar um pediatra. Em tempos em que o serviço de saúde vive um caos, Elenilda relata que cada vez mais especialistas se descredenciam dos planos de saúde. "Você não consegue, agora é só particular. A do meu filho mais velho não pega no parto, só depois".

No comércio em geral são poucas as opções, a pronta entrega, de produtos especializados em gêmeos. Os berços são vendidos mesmo separadamente, os carrinhos apresentam opções maiores nos catálogos por encomenda. A vendedora Ellen Buchara, de 20 anos, relata que específico só o carrinho, nos demais itens, tudo é adaptável. "As mães gostam de fazer o mesmo kit, mesmo jogo de lençol, roupinhas e os berços, colocam um do lado do outro, dependendo da disposição do quarto", explica.

Na loja Toca Brasil, os carrinhos à mostra são de uma só marca, mas oferecem os dois lugares um ao lado do outro. À pronta entrega, eles podem sair de R$ 749 a R$ 1.649. Mas há opções mais simples, custando a partir de R$ 650 nas lojas do Centro da cidade.

Na loja Santo Anjo, no momento os carrinhos só por encomenda, as opções à pronta entrega ainda não chegaram, mas estão para chegar. Segundo a proprietária, Dirlene de Marco Pessoa, de 31 anos, é costume deles terem algumas das marcas para se ver com os olhos.

"Temos os mais compactos, de marcas importadas, lado a lado e próprios para passarem nas portas padrão, de um na frente, outro atrás", informa. Os valores vão de R$ 1,4 mil até R$ 3 mil.

Depois de passado o susto da descoberta e também dos investimentos na adaptação da vida, vem a alegria de ser mãe em dose dupla. "Depois que você embarca na história e vê a família inteira nessa fica mais fácil, mais leve, principalmente quando tem uma pessoa do seu lado", resume Karla, a que será mamãe de duas meninas.

Na Toka Brasil, preço médio dos carrinhos para gêmeos é de R$ 2 mil. (Foto: Marcelo Calazans)Na Toka Brasil, preço médio dos carrinhos para gêmeos é de R$ 2 mil. (Foto: Marcelo Calazans)



Existe opções para gêmeos, caso você queira comprar carrinhos avulsos. Comprei na Toca Brasil o acoplador de carrinhos, assim consigo passar pelas portas tranquilamente.
 
NATALIA FERREIRA DE SOUZA em 06/08/2014 11:08:07
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.