A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

10/02/2016 06:45

Faixa-preta, fora dos tatames Thaís é especialista em cabelos coloridos

Adriano Fernandes
Thais Mais concilia duas paixões: a luta e o trabalho como especialista em cabelos coloridos.(Foto: AlessandherPiva)Thais Mais concilia duas paixões: a luta e o trabalho como especialista em cabelos coloridos.(Foto: AlessandherPiva)

O contraste entre o vermelhão no cabelo e kimono fazem de Thaís Maia um ponto em evidencia no tatame. O fascínio pelas lutas surgiu ainda criança, mesma época em que ela percebeu o quanto é divertido a arte da coloração de fios. O tempo não a fez largar nenhuma das paixões e aos 20 anos ganha dinheiro colorindo cabelos para bancar os custos nos campeonatos de Taekwondo e Jiu Jitsu, ela investiu na profissão de cabeleireira.

Veja Mais
De super-herói a câmera analógica, presentes para nerds estão em alta
Oficina oferece de graça curso básico sobre veículos para mulheres

Além de competidora e cabeleireira, Thais também é modelo.(Foto: Arquivo Pessoal)Além de competidora e cabeleireira, Thais também é modelo.(Foto: Arquivo Pessoal)

As primeiras aulas de luta ela teve aos treze anos, mas desde os cinco também já arriscava as primeiras tentativas. "Surgiu porque eu sempre gostei de brigas”, brinca. No último ano, ela conquistou o segundo lugar no Pan-Americano de Jiu Jitsu, é faixa-preta em Taekwondo e ainda coleciona os títulos como treinadora.

Atualmente ela não só concilia os dois sonhos, como também mostra que quando o assunto é cabelo, nem sempre o “pretinho básico” ou o "loiro fatal" estão em alta.

A vontade de se dedicar à beleza das outras apareceu só nos último cinco anos. “Eu sempre gostei de trabalhar com colorações em cabelos e percebi que eu poderia ganhar o dinheiro que eu precisava para bancar as viagens pelas competições”, comenta.

O ruivo também ganha tons mais escuros ou em vermelho.(Foto: Arquivo Pessoal)O ruivo também ganha tons mais escuros ou em vermelho.(Foto: Arquivo Pessoal)
Do loiro ao roxo, a variação depende do gosto de cada cliente. (Foto: Arquivo Pessoal)Do loiro ao roxo, a variação depende do gosto de cada cliente. (Foto: Arquivo Pessoal)

Cores - Hoje ela é especialista em cabelos coloridos, apesar de se dedicar às competições do esporte, dar aulas de Taekwondo e ainda ser modelo fotográfica.

Ela garante que quase todo tipo de cabelo pode receber uma coloração mais chamativa, mas os pretos são os que mais dão trabalho na hora de atingir um tom diferente do convencional. Em cabelos que foram feitos muitos tratamentos químicos, como a progressiva, por exemplo, a pintura colorida também não é indicada.

O passo a passo Thais explica que é demorado e exige cuidados. Antes de tudo, é feita uma avaliação para verificar se o cabelo suporta ou não o processo de tonalização, que dura em média de 3h até 4h, com algumas observações.

“Todo cabelo antes de ser tingido precisa ser descolorido e esse processo de descoloração deve durar no máximo 40 minutos, antes de ser aplicada a tinta. O cabelo preto geralmente é muito difícil descolorir mas é possível, geralmente com mais de um sessão”, ela diz. Cabelos sem nenhum tipo de tratamento ou coloração, também são fáceis de diversificar as cores. Quanto aos crespos, o processo também é o mesmo.

Depois de descolorido, o cabelo é lavado apenas com shampoo, para abrir a cutícula dos fios e em seguida tem de ser seco. Por último é aplicada a cor, na preferência da cliente e por último é feita uma hidratação. O resultado é uma variedade de opções e cores que vão do roxo ao laranja. Mas é preciso paciência para atingir a cor desejada. Depois, é só se divertir.

“Tenho uma cliente que quando veio até mim tinha o cabelo preto. Deixei ele ruivo, depois vermelho e ruivo. Depois de um tempo eu tonalizei de amarelo e do nada, ela me pediu para mudar para o azul com verde, e por último ela me pediu para pintar de preto e azul”, conta.

O preço de cada tonalização custa no mínimo R$ 250,00 mas varia de acordo com o tamanho do cabelo e também da quantidade de variações de cores que a cliente preferir. “Já tive uma cliente que todo o processo durou pelo menos 5h30, por exemplo. Em cabelos muito grande, em que são usados mais de uma cor, chego a gastar R$ 400,00 só com a tintura”, explica.

O alto custo no processo de coloração ainda é resultado da baixa oferta das tintas em Campo Grande, já que boa parte das colorações que ela usa é trazida de São Paulo, justifica

Maiores informações podem ser adquiridas pelo link ou pelo telefone (67) 9331-7227.

Curta a página do Lado B no Facebook. 

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.