A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

19/12/2012 08:20

Já ouviu falar em plano de saúde para gatos e cachorros? Campo Grande agora tem

Elverson Cardozo
Caes e gatos, clientes da empresa recebem carteirinha do plano. (Foto: João Garrigó)Caes e gatos, clientes da empresa recebem carteirinha do plano. (Foto: João Garrigó)

O serviço vem sendo oferecido em outros Estados há algum tempo, mas por aqui, como tudo demora a chegar, é novidade. Já ouviu falar em plano de saúde para gato e cachorro? A proposta é simples e parecida com as coberturas oferecidas pelas operadoras que atuam na maioria das cidades brasileiras. A diferença é que os clientes têm quatro patas e não falam.

Veja Mais
De super-herói a câmera analógica, presentes para nerds estão em alta
Oficina oferece de graça curso básico sobre veículos para mulheres

Na Capital, Unidog Med Center, uma das empresas que investe no ramo, está de portas abertas há 1 ano e meio e começa a se consolidar. Supre parte da demanda do mercado especializado - que muitas vezes fica aquém das expectativas dos clientes – e se destaca pelos serviços oferecidos.

O público alvo é a classe A e B, que costuma gastar com os animais, mas assinar um contrato desses, mesmo para quem não pretende colocar a mão no bolso, pode baratear custos em casos de emergência, por exemplo.

Quem tem cachorro ou gato e já passou por apertos quando o bicho ficou doente sabe que o atendimento particular não é nada barato. A consulta, em regime de plantão – ou aos finais de semana e feriados -, geralmente passa dos R$ 100,00, fora exames, medicações, taxas de internação e hospedagem. O valor, dependendo do caso e complexidade, pode triplicar.

De olho nessa demanda e apoiados na justificativa de que prevenir pode sair mais barato, a empresa resolveu investir em planos. São três no total, com contrato de 1 ano e pagamento mensal.

O mais barato, broze, sai por 80,00 e oferece 11 serviços. Na lista, vacinas importadas, rábica, vermifugações, consultas, exame anual de leishmaniose, banhos e tosas mensais, diárias de hospedagem no hotelzinho e dias de internação.

O plano prata, que custa R$ 100,00, oferece duas opções a mais: vacinal gripal e exame citológico (pesquisa de ectoparasitas). O mais caro, o ouro, sair por R$ 130,00 e inclui seis exames de sangue, limpeza de tártaro, raio-x e ultrassonografia.

Em caso de cirurgia, todos os planos cobrem 50% do valor contratado. No primeiro, o valor máximo estabelecido para o procedimento é de R$ 100,00. A empresa, neste caso, paga R$ 50,00.

Robson Maniero, diretor comercial do grupo. (Foto: João Garrigó)Robson Maniero, diretor comercial do grupo. (Foto: João Garrigó)

No prata, o máximo é R$ 300,00. A contrapartida do plano é de R$ 150,00. No ouro, o valor autorizado para cirurgia, com cobertura de 50%, é de R$ 200,00. O cliente só desembolsa R$ 100,00.

Valores superiores aos preços estabelecidos em cada plano ficam a cargo do contratante. Os três incluem consultas, em clínicas, até às 18h. Depois desse horário o atendimento é domiciliar, mas não há taxas. Quatro veterinários estão à disposição para plantões.

Todos os animais que possuem planos são cadastrados no sistema da Unidog. O proprietário recebe uma carteirinha com o nome e foto do bicho, raça e código do contrato. O cartão demora 24 horas para ficar pronto e vem bloqueado.

Funcionamento - O dono, ao procurar atendimento para o animal - seja para tosa, banho, consulta, cirurgia ou qualquer serviço - deve fornecer o documento do cão ou gato para que a prestadora vinculada gere uma guia e o atendimento seja efetivado.

Segundo o diretor comercial do grupo, Robson Maniero, de 44 anos, a rede tem em torno de 40 empresas credenciadas em Campo Grande e 5 no interior do Estado, nas cidades de Naviraí, Coxim, São Gabriel do Oeste e Ponta Porã. A idéia é expandir a cobertura.

Robson estima que a economia, para quem costuma gastar em petshops e clínicas, pode chegar a 70%. “Na verdade, o nosso convênio é de um plano de saúde que agrega outros serviços”, disse.

O diferencial, avaliou, está relacionado à qualidade e a livre escolha que o cliente usufrui. “Os outros planos que existem no mercado são planos internos. O cliente, se ficar insatisfeito, não pode sair. No nosso caso, ele pode mudar”, afirmou.

Cancelamento - De acordo com o diretor, em caso de rescisão não há taxa de cancelamento, mas a partir do momento em que um serviço do plano for utilizado – um banho que seja -, a empresa cobra a totalização integral dos meses restantes.

Por exemplo: Como não há carência, se o cliente fechar o contrato hoje, amanhã, com o cartão em mão, já pode levar o cão para consulta, banho, tosa ou retirar o tártaro, de acordo com o plano contrato.

Mas no mês seguinte, se desejar cancelar, vai ter de pagar os 11 meses restantes. Se usou 7 meses, pagará outras cinco mensalidades para fechar o ano. E por aí vai. Só não é cobrando se nenhum serviço for utilizado. “Mas é negociável”, salientou, acrescentando que, até agora, não houve problemas nesse sentido.

Robson justificou a fidelização fazendo um comparativo com as operadoras de telefonia e citando possíveis clientes que agem de má fé. Situação que, na avaliação dele, compromete os lucros da empresa.

Para o superintendente do Procon, Alexandre Rezende, fidelização é abusiva. (Foto: Minamar Junior)Para o superintendente do Procon, Alexandre Rezende, fidelização é abusiva. (Foto: Minamar Junior)

O que diz o Procon? - Diante da discussão, o Lado B resolveu procurar o Procon para entender a legalidade dessa cobrança e alertar o consumidor.

Antes de iniciar as explicações, o superintendente do órgão, Alexandre Rezende, ressalta que não existe regulamentação específica para plano de saúde animal e nem agência que regulamente a prestação de serviço desse gênero. O que vale, portanto, são as cláusulas contratuais.

“Mas é claro que todo contrato pode ser revisto. Ele não pode ter nenhuma cláusula abusiva”, disse.

Sobre o caso citado nesta reportagem, Alexandre interpretou a fidelização como abusiva e afirmou que o ideal seria estabelecer uma multa rescisória, direito da empresa. Mas há um cálculo para esse valor, explicou.

“Há entendimento e jurisprudências de que a multa não pode ser superior a 10% do restante do período. Se falta R$ 600,00, a multa deve ser de R$ 60,00”, exemplificou.

Mesmo com possíveis abusos por parte dos contratantes, a empresa, na avaliação do superintendente do Procon, não pode cobrar por um serviço não utilizado.

“Pode até ser má fé do cliente, mas é por isso que a empresa tem que fixar uma multa de rescisão. Ela não pode fazer esse tipo de fidelização. O consumidor não teve pagar por um serviço que efetivamente não está sendo prestado”, argumentou.

Serviço - A Unidog Med Center fica na rua Dom Aquino, 494 (duas quadras acima da antiga rodoviária). O telefone para contato é o 3325-1425 ou 0800-647-0025. Outras informações podem ser obtidas no site www.unidogmedcenter.com.br.




Talvez por falta de divulgação muitas pessoas ainda não conhecem o HOSPITAL DO ANIMAL, eles já fazem plano de saúde animal há muitos anos, eu mesmo sou cliente deles há mais de 10 anos. Buscam o cachorro em casa toda semana para banho e prestam um atendimento excepcional de internação. Perdemos uma poodle que tinha 17 anos e teve todo acompanhamento da clínica.
 
Munir Saad Junior em 19/12/2012 12:42:23
Ainda bem que o estado do mato grosso do sul chegou com essa inovação no mercado pet pois hoje em dia é areá que mais cresce, Pois sou cliente da empresa e estou muito satisfeito com o serviço prestado e as redes credenciadas são excelente, tenho um bace e ele fica feliz ao ver o rapaz do pet que vem buscar ele para dar banho si meu animal está feliz eu também estou hoje em dia qual o ser humano que não cuida bem do seu animalzinho obrigado por está oportunidade e espero que vocês venham a crescer a cada dia mais com essa novidade que já adquiri Bom Dia Todos e feliz natal!!!
 
bruno coutiho em 19/12/2012 10:46:59
Bom dia, sou cliente Unidog e estou muito satisfeito com atendimento e economia que Plano de Saúde me trouxe, pois não sou mais pego de surpresa com algum tipo de procedimento que eu tenha que fazer em meu cachorro,. Os Pets são de responsabilidade e fico tranquilo em ser atendido por eles. Indico aos meus amigos pq como comentou a Neyde todo cuidado é pouco em se tratando de nosso animalzinho.
 
Marcos Ceveriano da Silva em 19/12/2012 10:46:04
Olá sou cliente da Unidog há seis meses e não tenho o que reclamar, estou economizando e meu cachorrinho tem atendimento Vip
 
Marcos Ceveriano em 19/12/2012 10:31:12
plano de saude pet
 
stephanie lins em 19/12/2012 10:20:26
concordo c a Neide nao existe veterinaria como a Rosana
cuidou muito bem dos meus bichinhos
 
andreia silva em 19/12/2012 10:11:58
Com esse tipo de mercado em expansão, temos que tomar muito cuidado. Inclusive, com Pet, muita gente não sabe lavar nem o pé e trabalha querendo lavar nossos bichinhos. Também estamos sendo muito explorados por uma determinada Clínica 24 h na área central, não entendo que tipo de protocolo utilizam, até exames simples custam uma fortuna...antes tinhamos a Dra Rosana(Centrovet 24 h de VERDADE), era MARAVILHOSA e não explorava ninguém, cobrava o que era justo.
 
Neyde de Oliveira em 19/12/2012 09:44:41
Ótima idéiaa, tem que se credenciar aqui em Jardim...
O preço é justo e nossos bichanos merecem.
Parabéns pela iniiciativaa
 
Juscy Melo em 19/12/2012 08:50:37
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.