A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

05/09/2012 09:33

Loja montada em contêineres vende roupas produzidas com garrafas pet

Helton Verão
Loja fica na Antônio Maria Coelho. (Foto: Rodrigo Pazinato)Loja fica na Antônio Maria Coelho. (Foto: Rodrigo Pazinato)

As diferenças na loja começam pela estrutura. São três contêineres e todo o resto construído com materiais sustentáveis, o que inclui parte das roupas nas vitrines.

Veja Mais
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%
Buffet que virou grife tem clima de campo em plena Chácara Cachoeira

Na rua Antônio Maria Coelho, no Jardim dos Estados, a Container Ecolgy Store vende um jeito diferente de consumo. Entre os modelos, a marca masculina Biorecicle, por exemplo, tem todas peças confeccionadas a partir de garrafas pets reaproveitadas.

“A ideia da loja surgiu quando eu estava grávida, ficava impaciente sem ter o que fazer, até que entrei em contato com o pessoal da Container e gostei. Não queria fazer mais uma loja igual as outras, queria algo diferente”, explica a empresária Aline Sonatore.

Além da estrutura metálica, o piso da Container Ecolgy Store é feito de material também reaproveitado do porto de onde vieram os contêineres. Os suportes para roupas são de barras de ônibus e as paredes são decoradas com o símbolo da reciclagem.

“Os clientes ainda param na frente da loja e ficam admirando a estrutura, parece até que estão com medo” brinca Aline.

A empresária admite que o foco são pessoas de 20 a 40 anos, mas tem se surpreendido por atrair também os adolescentes das escolas próximas.

O atrativo são peças como bonés, calças jeans, shorts e camisetas das mais variadas marcas, inclusive as bem comerciais como Ralph Lauren, Triton, Coca-Cola, Hollister, Abercrombie & Fitch, Basthiana. A média de preços dos produtos varia de R$ 69 à R$ 400.

Em breve a marca Luis XV, do jogador de futebol Paulo Henrique Ganso, chega às vitrines da Container.

A loja é uma filial da marca nacional, que em 2012 tinha menos de 20 lojas abertas e hoje tem 86.

Nas prateleiras e araras...Nas prateleiras e araras...
também há marcas famosas, como Ralph Lauren, Triton e Coca-Cola.também há marcas famosas, como Ralph Lauren, Triton e Coca-Cola.



ALINE , PARABENS PELA LOJA, SUCESSO, VC TEM BOM GOSTO, LOGO ESTAREI AI FAZENDO UMAS COMPRINHAS RSSRS.
A LOJA ESTÁ REALMENTE LINDA SUCESSO !!!
 
Suzana Sussi em 17/09/2012 11:58:26
Confesso que me surpreendi com a marca da BIORECICLE! Alem de ter toda uma politica sustentável, conseguiu alinhar com um preço ótimo pela qualidade do material!
Para aqueles que pensam que são preços absurdos, vai lá e tira a prova! Uma camisa mais manera que a outra!!
SOU FÃ da marca!
 
Wilson Junior em 13/09/2012 07:36:17
A loja tenta ser o mais sutentável possível, fui lá e não tem nada de preços absurdos, como alguns(que nem foram para se quer conhecer a loja)mensionaram ai.são marcas legais e a preços super bacanas.Acho que antes de falaram de algo, vão conhecer!!adorei a loja,muito bom gosto nas peças e super recomendo!!!
 
Carol Oliva em 12/09/2012 10:45:45
A empresária afirma: "que o foco são pessoas de 20 a 40 anos, mas tem se surpreendido por atrair também os adolescentes das escolas próximas." Pena! Talvez eu nunca possa comprar nesta loja. Não por não ser consumidora, mas por ter mais de 40 anos!
 
Ofélia Marcondes em 09/09/2012 05:24:46
A ideia realmente é ótima. Hoje em dia ainda não vejo possibilidades de ter um negócio totalmente sustentável, mas essa loja com certeza chega o mais próximo possível para que o negócio seja viável. Em relação as marcas, hoje no mercado não existem muitas marcas que possam ser consideradas sustentáveis. E nesta loja tem a BioRecicle que utiliza de um processo totalmente sustentável em sua produção
 
Carlos Alberto em 07/09/2012 07:00:14
Resumindo: É tudo lindo e ''ecologicamente correto''... mas ser sustentável custa muito caro!
 
Karol Assis em 07/09/2012 05:01:08
A idéia em utilizar conteiners em desuso está dentro do que podemos chamar de ecológico, agora o chamado custo de oportunidade, nesta loja, li em outras reportagens sobre a conteiner e achei um absurdo os preços praticados pelos produtos ecológicos.
 
Flávio Márcio em 06/09/2012 11:07:37
Legal a ideia mas, esses preços não são tão acessíveis. Por ser uma loja que se diz "ecológica" nao faz sentido vender: Ralph Lauren, Coca-Cola, Triton, ou eu tô errada? Não é culpa dos franquiados e sim dos criadores desta ideia que nada mais fazem do que utilizar a causa para se promover. Mas .... parabéns e sucesso.
 
Ligia Damasceno em 06/09/2012 08:26:01
A ideia é muito boa sim, além de ter uma apelo visual super bacana, vários componentes dentro destas lojas contêiner são feitos de material reciclado. Estava vendo a hora de chegar aqui em Campo Grande! Mas em certo ponto concordo com a Ligia Damasceno, vender marcas importadas e caras não ajuda no conceito "politicamente correto" da coisa...
 
Mila Rodrigues em 06/09/2012 01:09:31
Fica muito caro uma estrutura dessa de container do que fazer uma loja de alvenaria? Se algém puder responder ficarei agradecido.
 
Saulo Medeiros em 05/09/2012 12:52:41
Acho extremamente válida a inciativa, pois apresenta uma nova visão, um novo pensamento, mesmo que alguns não entendam como ideal. São pioneiros que estão procurando fazer algo inovador, cuidando da presevação do meio ambiente. Criticas são sempre válidas, mas atitude são poucos que tem... Parabéns a Container Ecology Store.
 
Thelma Giatti Sodre em 05/09/2012 12:01:27
Complicado hein, Marcos Antonio. Querer agradar todo mundo! A iniciativa é muito bacana, diferente e merece ser valorizada. Seu discurso parece aquele "por que não pensei nisso antes?" Cuide dos cotovelos...
 
Bruno Perez em 05/09/2012 11:43:45
Parabéns ao casal de empresários Aline e Ivan pelo empreendimento. Desejamos sucesso nesta nova empreitada.... Abraço
 
Rodrigo Gordin em 05/09/2012 11:14:07
Nem tão ecológica assim. A gente sabe que ferro e vidro esquenta muito o ambiente, e o gasto energético com o ar condicionado é alto. Ou seja, acaba ficando elas por elas...
 
Marco Antonio de Souza Filho em 05/09/2012 10:29:40
Muito Legal. Nos Estados Unidos os container inserviveis são utilizados na construção civil para vários fins ( escritório, depósito, etc ) inclusive para uso residencial. O custo de um container Saulo Medeiros, nas zonas portuárias giram em torno de R$ 4.500,00 o de 20 pes ( aprox. 6,00 m de comprimento) e R$ 6.000 o de 40 pés ( aprox. 12,00 m de comprimento.
 
Napoleão Rodrigues Jr. em 05/09/2012 06:27:26
garanto que deve haver um sistema de isolamento térmico nas paredes dos contêineres... para não gastar tanto ar condicionado, senão a conta de energia não sustentaria essa ideia sustentável
 
telson f. martinez jr em 05/09/2012 03:18:37
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.