A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

28/03/2014 06:54

No casamento, atenção é para noiva, mas ele também precisa estar impecável

Elverson Cardozo
Traje da Vis a Vis. (Foto: Marcos Ermínio)Traje da Vis a Vis. (Foto: Marcos Ermínio)

O vestido, para a noiva, é uma das maiores preocupações. Supersticiosas ou não, a maioria delas só mostra o modelito no dia da cerimônia. No salão ou na igreja, é a figura mais aguardada pelos convidados, ao contrário do noivo, que sempre aparece antes. Mas o Lado B resolveu falar deles e conversou com especialistas que deram dicas importantes para não errar no look.

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

Quem quer economizar procura, geralmente, as empresas que trabalham com locação. Nesses locais, é possível encontrar pessoas que orientam, sugerem o melhor traje, customizam a peça e, se necessário, realizam os ajustes. O problema é que a originalidade pode acabar ficando de lado, já que os modelos seguem um padrão e não podem ser completamente alterados. O trabalho, aliás, não compensaria.

Na Mr. Spencer, uma locação completa, que inclui até os sapatos, sai por R$ 450,00. É a casaca, um tipo de terno mais comprido, com camisa, gravata plastron (sem nó tradicional), e o colete.

Tem, ainda, o Summer, traje típico do verão, em tons claros, com paletó mais aberto e lapelas trabalhadas. Na Mr. Spencer, o cliente sai com a gravata (plastron) e o colete. O custo é de R$ 300,00.

O smoking, ou black tie, como também é conhecido, é outra opção e, na lista dos pedidos, fica em último lugar, segundo a gerente da loja, Carla Passos, de 24 anos. Sai por R$ 250,00.

Gravata Slim no look da Dolce Gabbana. (Foto: Reprodução/Internet)Gravata Slim no look da Dolce Gabbana. (Foto: Reprodução/Internet)

A Vis a Vis é outra empresa que trabalha com locação, mas tem preços diferenciados.  Se o empréstimo for pela primeira vez, a casaca (com colete, gravata, camisa e calça) sai por R$ 1,2 mil. No segundo aluguel, o valor cai para R$ 750,00, mesmo assim, sem os sapatos.

O meio fraque, com paletó mais fosco, colete cinza e calça grafite com risca de giz, custa bem menos, 380,00, mas o fraquete, mais estilizado e com corte slim, é locado a R$ 800,00. Vem o paletó, que é mais comprido atrás, colete, calça, grava plastron.

Tendência - O consultor masculino da loja, Yure Soares Lopes Marquesan, de 33 anos, explica que a tendência, para noivos mais despojados, são os trajes mais justos, com paletós de um só botão e coletes no mesmo tom.

Os mais tradicionais podem usar o terno, mas, de preferência, obedecendo algumas regras básicas. Se o casamento for de dia, as cores claras caem melhor, ao contrário da noite, onde os tons escuros devem ser priorizados.

O estilista Márcio Massad orienta a mesma coisa e comenta que isso é praticamente uma regra de alfaitaria, que oferece, inclusive, outras possibilidades.

Com sol à vista, que tal investir em outros tecidos, como o linho? Tudo depende do estilo e, mais ainda, do vestido da noiva. Se a mulher estiver com pedrarias, por exemplo, cabe um traje mais sofisticado ao homem.

Casamento gay - No caso dos casais homossexuais, a orientação é a mesma. Se o casal for mais antenado, vale investir no slim, que tem o corte mais estruturado, no blazer moderninho, em uma calça mais curta e até em uma meia diferente.

Alan e Tony. Um dos casamentos em destaque no site Mister e Mister. Alan e Tony. Um dos casamentos em destaque no site Mister e Mister.
Detalhe das meias no casamento de Callum e Clinton, outro exemplo do site. Detalhe das meias no casamento de Callum e Clinton, outro exemplo do site.

Os dois podem estar, por exemplo, de branco ou preto. Não há regra quanto a isso, mas é preciso tomar cuidado com os detalhes que garantem, ao menos, uma sutil diferença. O que não pode é ficar igualzinho.

“Geralmente são pessoas mais ligadas à moda e, por isso, tem facilidade para brincar com o look”, disse. Como o casamento gay ainda não é algo tão comum, o estilista sugere algo mais arrojado. “Porque não partir para um look diferenciado?”, questionou.

Pesquisa - Sem muita referência por aqui, quem quer fugir do padrão procura na internet. Há uma infinidade de blogs e sites especializados que tratam do assunto e mostram vários exemplos, não só dos trajes, mas de cerimônias reais. O Mister e Mister é um deles. Tem, ainda, o Noivos e Trajes, Manual do Noivo, entre outros.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.