A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

20/10/2014 06:34

No Jardim dos Estados, restaurante abre as portas para casamento mais intimista

Paula Maciulevicius
A decoração muitas vezes é só um toque para dar uma cara de casamento. (Foto: André Furquim)A decoração muitas vezes é só um toque para dar uma cara de casamento. (Foto: André Furquim)

Cerimônia com menos convidados, restrita aos mais íntimos. O "sim" dito perante familiares e amigos que de fato conhecem a história do casal. As festas de casamento têm ganhado status mais intimista, mas sem perder a sofisticação que pede o grande dia.

Veja Mais
Para quem só toma Sidra, sommelier apresenta espumante bom e barato
Loja reinaugura com liquidação de jeans por 39,90

Apaixonado por casamentos, o Lado B sempre procura mostrar ideias que podem servir de inspiração, desde locais, cardápios e decoração. No bairro Jardim dos Estados, em Campo Grande, um restaurante aderiu à prática de abrir as portas para os noivos fazerem o primeiro brinde como casal. O resultado é uma cerimônia mais à vontade e também mais em conta.

Sócio-proprietário da Zafferano Tratoria, André Furquim, coleciona várias experiências de casamento no espaço. Desde noivos que utilizaram apenas o jardim como cenário até os que preferiram fechar o restaurante todo. "Existe essa tendência, de hoje em dia diminuir um pouco a questão do número de pessoas", comenta. A tratoria sempre esteve aberta para casamentos, mas intensificou o serviço nos últimos dois anos.

O resultado é uma cerimônia mais à vontade e também mais em conta. (Foto: André Furquim)O resultado é uma cerimônia mais à vontade e também mais em conta. (Foto: André Furquim)
Restaurante trabalha com um número mínimo de 40 até 120 pessoas. (Foto: André Furquim)Restaurante trabalha com um número mínimo de 40 até 120 pessoas. (Foto: André Furquim)

"Os noivos fazem das duas maneiras, levam um juiz de paz ou alguém para abençoar, dependendo da religião ou se casam no cartório e vem aqui só para a benção", descreve Furquim.

Para casamentos, o restaurante trabalha com um número mínimo de 40 até 120 pessoas, que corresponde à capacidade total da tratoria. O espaço se assemelha a de uma casa, com ambiente interno e um belo jardim na parte de fora. "Ele tem umas áreas divididas, então se consegue fazer no jardim e na varanda e fica isolado do restaurante. Tem uma privacidade", explica. A parte externa comporta até 60 pessoas.

E é o número de convidados podem interferir na música, o espaço comporta tanto DJ como banda. "Tudo é adequado. Podemos trabalhar também com música ambiente, do próprio restaurante mesmo, aí só na hora da cerimônia, os noivos colocam um saxofone e um violino", exemplifica Furquim.

O espaço se assemelha a de uma casa, com um belo jardim na parte de fora. (Foto: André Furquim)O espaço se assemelha a de uma casa, com um belo jardim na parte de fora. (Foto: André Furquim)

Com nome conhecido na decoração de festas, André Furquim pode tanto decorar o ambiente para a cerimônia ou deixar os noivos à vontade para outro profissional. "Não é regra e aqui também é super transado, às vezes não tem nem decoração. Já tivemos noivas que fizeram os arranjos. É aberto para quem quiser, só a questão do buffet que é própria", explica o proprietário.

A decoração muitas vezes é só um toque que a noiva insiste para dar uma cara de casamento, como rosas brancas. "Você está num restaurante, não tem condições de por arranjos enormes nas mesas, mas sempre tem algo para dar uma graça, um diferencialzinho", detalha Furquim.

A Zafferano trabalha com risoto, massas e carnes. Quanto ao cardápio são três opções de valores, desde o menor, o intermediário, até o mais completo. No entanto, todos incluem entrada, dois pratos e sobremesas. "Têm noivas que querem o sistema de degustação, com mais pratos e menores. Entrada, duas saladas e três ou quatro pratos, fora a sobremesa".

Os valores correspondem à proposta de festas menores e mais discretas. O buffet, incluindo comida, água e refrigerante, pode sair a partir de R$ 90,00 na versão mais simples e ir até R$ 150,00. "O diferencial é o que vai incrementando. Quero fechar o de R$ 90,00, vai ter massa e risoto, mas pode ter camarão, bacalhau. Isso que vai mudar", explica o dono.

Mais intimista, mas sem perder a sofisticação que pede o grande dia. (Foto: André Furquim)Mais intimista, mas sem perder a sofisticação que pede o grande dia. (Foto: André Furquim)
Cardápio oferece três opções de valores, desde o menor, até o mais completo. (Foto: André Furquim)Cardápio oferece três opções de valores, desde o menor, até o mais completo. (Foto: André Furquim)

As sobremesas são as de praxe do local, mas podem muito bem incluir, da parte do casal, bem-casados e alfajor, por exemplo.

"Acaba que mesmo fazendo um casamento pequenininho, as noivas querem dar toda essa cara de casamento. Tem bem-casado, docinho, elas vão de vestido de noiva", conta.

O restaurante trabalha com casamentos começando às 20h e seguindo de 5h a 6h de duração. A principal vantagem, creio eu, está na flexibilidade de agenda. Semana passada, o restaurante fechou um casamento para 50 pessoas no dia 1º de novembro. "É uma grande facilidade, você não precisa de tanto tempo para resolver. É menor e se consegue tudo mais rapidamente".




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.