A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

06/05/2015 06:34

Roupas, acessórios e utilitários terão até 70% de desconto em bazar na livraria

Elverson Cardozo
As idealizadoras do Casa Bazar: Clarissa (à esquerda) e Luana. (Fotos: Divulgação)As idealizadoras do Casa Bazar: Clarissa (à esquerda) e Luana. (Fotos: Divulgação)

Na blusa nova “de marca”, que custa R$ 142,00, você paga apenas R$ 40,00. Ao invés de desembolsar R$ 378,00 no short-saia verde “da moda”, gasta só R$ 152,00. Bacana, né?

Veja Mais
Oficina oferece de graça curso básico sobre veículos para mulheres
Escola para crianças de até 6 anos não vai fechar nem nas férias

Essas peças com descontos podem ainda não ser acessíveis para muita gente, mas, por outro lado, despertam o interesse de quem pode comprar, mas vive garimpando para não gastar o “olho da cara”.

O Casa Bazar Outlet, que começa hoje (6) e vai até o dia 10, no espaço de eventos da Livraria Leparolle, em Campo Grande, tem essa proposta. Quem diz isso é a própria organizadora, a jornalista Clarissa de Faria, 26, que trabalha neste projeto em parceria com a coordenadora de eventos Luana Nunes, 29.

Elas vão colocar à venda, peças, acessórios, móveis, entre outros itens, de cinco marcas parceiras. Na lista, Saga, Closet, Corujices Kids & Coisas, Erica Estela (que trabalha com bolsas, mochilas e necessaires), além de Kenzo Minata, empresário que fabrica linha de móveis utilitários com materiais reaproveitáveis.

As roupas e os produtos são comercializados com descontos que variam entre 60 e 70%. “É ponta de estoque”, explica Clarissa.

Poltronas de tambor criadas por Kenzo Minata. (Foto: Divulgação)Poltronas de tambor criadas por Kenzo Minata. (Foto: Divulgação)

Início - O projeto do bazar nasceu da observação. “Começamos a perceber com amigas que tinham lojas que, nas trocas de coleções, sobrava 'chão de loja'. Elas mandavam para o estoque e não conseguiam dar vazão às peças”, diz.

Colocar “roupa antiga” nas araras é tiro no pé. Os clientes mais antenados percebem. Melhor, então, baixar o preço do que deixar tudo “encalhado”. O Casa Bazar surgiu com a proposta de favorecer tanto o cliente, como o empresário. “A gente ainda pede para os logistas deixaram em uma valor mais atrativo que na loja”, afirma.

Isso significa que os preços podem ser ainda menores. A Saga, por exemplo, fez um bazar de 50% na própria loja, mas, para o evento, colocou alguns itens a 60%. Mesma coisa aconteceu com a Closet, que está trabalhando com 70%, contra 60% da ação feita na empresa.

Esta é a 4ª edição do bazar que, a cada ano, ocorre em um local diferente e com novidades. O primeiro, realizado em 2012, contou com a participação de duas lojas de roupas e uma de artigos, reunindo cerca de 300 itens. Na segunda vez, esse número dobrou e, na terceira, foi ainda maior. 

Nesses cinco dias de evento, o Bazar vai funcionar na quarta, quinta e sexta das 17h às 21h e, no sábado e domingo, das 9h às 20h. A estimativa é reunir 800 pessoas.

Serviço - A Leparolle fica na Rua . Euclídes da Cunha, 1126, no Jardim dos Estados, em Campo Grande. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (67) 9237-8900/9223-0002, no e-mail contato@eventocasabazar.com.br, pelo site ou no Facebook.

Veja algumas peças que estão à venda:




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.