A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

12/04/2014 07:18

Tecido feito com couro de peixe em Coxim vira coleção para Copa do Mundo

Elverson Cardozo
São 15 mulheres na linha de produção. (Fotos: Marlene Barbosa/Arpeixe)São 15 mulheres na linha de produção. (Fotos: Marlene Barbosa/Arpeixe)

As artesãs da Arpeixe (Associação Reciclando Peixe), de Coxim, que se dedicam ao aproveitamento da pele do peixe para confecção de artesanato, estão comemorando o novo trabalho: uma coleção de produtos específicos para a Copa do Mundo.

Veja Mais
Estilistas criam coleção especial para quem tem algum tipo de deficiência física
Referência em Medicina, cursinho abre inscrições para bolsas de até 100%

São bolsas, souvenirs, acessórios femininos, entre outros itens, que têm como tema o mundial. As peças serão expostas em junho, em São Paulo, durante a Natural Tech 2014, feira internacional de alimentação saudável, produtos naturais e saúde.

A coleção é da Arpeixe, mas foi desenvolvida pela consultora de design Paula Mendonça, que integra a equipe Talentos do Brasil, da Secretaria de Agricultura Familiar, ligada ao Governo Federal. Coordenadora técnica da entidade, Marlene Barbosa Mendonça, 51, diz que as peças estão praticamente prontas. No total, são 15 unidades, cada uma de um modelo.

A Associação mantém um bom ritmo de produção e o trabalho tem ganhado destaque. Desde a fundação da Arpeixe, em 2003, empresas e personalidades famosas do mundo da moda tem procurado os responsáveis para estabelecer parcerias e contratos.

Tecido feito com couro de peixe em Coxim vira coleção para Copa do Mundo
Tecido feito com couro de peixe em Coxim vira coleção para Copa do Mundo
Tecido feito com couro de peixe em Coxim vira coleção para Copa do Mundo

“Já tivemos peças que foram para Paris, em uma exposição de moda. Levamos um portfólio de produtos”, relembrou, ao dizer que já desenvolveu coleções para marcas famosas como a Le Lis Blanc.

A Duty Free, que revende produtos importados, chegou a fazer encomendas, mas os entraves burocráticos relacionados à documentação para exportação inviabilizou o negócio. “Eles pediram uma linha de souvenirs, mas não podemos mandar”, relatou.

Por outro lado, longe da burocracia, há vantagens. Estilistas conhecidos também já apostaram as cartas nos trabalhos das artesãs. Na lista, nomes como Ronaldo Fraga, Tereza Santos e Virgínia Borges.

História – A Arpeixe, fundada em 2003, produz acessórios inspirados nas cores e na fauna do Pantanal Sul-Mato-Grossense. É um símbolo de produção, persistência e coragem de várias mulheres, esposas de pescadores, que aprenderam a utilizar o couro de peixes como tilápia, pacu, piauçú e piraputanga, na produção de artesanatos.

O trabalho, amparado pelo Governo Federal, gera renda às famílias e coloca Coxim como um município de potencial produtivo.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.