A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

21/04/2013 15:28

Após reclamações, Acrissul resolve não cobrar ingressos dos bebês

Ângela Kempfer e Nyelder Rodrigues

A chiadeira foi tamanha, que a Acrissul resolveu liberar os bebês do pagamento de ingresso na Expogrande. A Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul divulgou hoje que o show dos palhaços Patati e Patatá só será cobrado para crianças a partir do 7 anos de idade.

Veja Mais
Valor de ingresso para bebês em show da Expogrande gera polêmica
Melodrama por shows deu certo, mas Expogrande não tem nada de festa popular

“Mesmo não havendo previsão legal contra a cobrança de ingresso de criança até esta faixa etária (7 anos de idade), esta é uma forma que a entidade encontrou de contribuir com a promoção do lazer e do entretenimento da criança no Parque de Exposições Laucídio Coelho”, justificou a entidade por meio da assessoria.

Mesmo assim, houve tumulto no início da tarde na bilheteria do Parque de Exposições. Alguns pais confundiram os valores. Achavam que poderiam pagar R$ 20,00 na bilheteria do evento, mas esse era o preço de compra antecipada, nos pontos de venda fora do Parque.

Outra reclamação foi sobre o horário de acesso livre. No local, atendentes e seguranças repassaram informações diferentes sobre o assunto. “Tinha gente falando que era 14h, outros falando que era meio-dia”, reclamou Jussara Marques, que foi à exposição com duas crianças de colo.

Na verdade, durante a semana a entrada gratuita foi liberada até às 14h, mas nos 2 domingos a festa só era gratuita até às 12h. A Polícia Militar foi acionada, mas não houve maior transtorno. Os pais que se sentiram prejudicados acabaram voltando para casa.

A alternativa são os cambistas, que vendem a entrada por R$ 25,00.

O valor do ingresso para que crianças assistam ao show dos palhaços Patati e Patatá provocou denúncia ao Conselho Tutelar de Campo Grande. Uma assistente social relatou que foi obrigada a pagar pelos ingressos para os três filhos: uma menina de 6 e dois bebês de dois anos.




A entrada foi muito cara, e a entrada gratuita foi muito mal explicada. Espero que nos próximos anos eles se organizem melhor e ajustem o preço ao discurso de "festa popular", porque com esse preço de 30 reais não tem nada de popular.
 
Leandro Batista em 22/04/2013 08:17:32
Está faltando fazer uma divulgação melhor das exigências de documentações para a compra desses ingressos a shows. Pois, eu fui comprar a princípio, tive que pagar de uma criança de 3 anos INTEIRA, porque a mesma nao tinha declaração de estudante. Depois, liberaram até 7 anos, e mesmo assim tinha que ter comprovante de estudante para pagar MEIA de 7 a 12 anos. Onde fica a LEI onde informa que a CRIANÇA, o ADOLESCENTE de até 12 anos e o IDOSO acima de 60 anos, pagam MEIA em qualquer evento cultural? Os pais passam RAIVA e CONSTRANGIMENTO mesmo com Certidão de Nascimento da criança e ainda é desrespeitado pela atendentes do GUGU LANCHE. Quem poderá nos defender? Cadê o cumprimento das leis? Quero uma resposta por favor...
 
Estela Marques em 22/04/2013 07:28:21
FESTA POPULAR!!!!! Hein : ( .......com apoio da PREFEITURA.....
 
Andrea Pereira em 21/04/2013 19:35:56
Frequentei bastante as exposiões no Parque Laucidio Coelho, quando não havia esse mercantilismo agressivo. Não vou mais, pois vejo essas cobranças abusivas e sem propósito. Seus administradores perderam o objetivo das exposições. Pergunto: Ainda expõem animais ali ?
 
sebastiao dos reis em 21/04/2013 18:27:27
isso mostra bom senso
 
angela alencar em 21/04/2013 18:04:04
Esse povo nunca ta feliz com nada mesmo,se paga reclama se nao paga reclama nao sabem o que querem mesmo,E o pior nao assistem a televisao para ver os horarios e so entrar na internet que tem todos os horarios de dos shows na expogrande...E povinho viu...
 
luciana rios em 21/04/2013 15:42:22
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.