A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

12/08/2015 11:15

Atraso em show de Munhoz e Mariano termina com cantor agredido

Paula Maciulevicius
A apresentação agendada para meia-noite, começou com 2h de atraso. (Foto: Arnaldo Muniz)A apresentação agendada para meia-noite, começou com 2h de atraso. (Foto: Arnaldo Muniz)

A dupla Munhoz e Mariano passou apuros no último sábado, no show da Expo Tupi Paulista, em São Paulo. Sobrou chutes e socos em Munhoz e a van foi detonada. A apresentação agendada para meia-noite, começou com 2h de atraso e no palco os sertanejos pediram desculpas à plateia e para a organização, pediram que isso nunca mais acontecesse.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

"Queria agradecer a compreensão de vocês que ficaram esperando até agora. A dupla está no camarim desde às 22h30. A gente respeita muito o rodeio e os organizadores. Só que, quando marcam um horário com a gente, é triste ter que ficar esperando quatro horas (sic) para começar o show. Em respeito a todas as crianças que estão na plateia, gostaria de pedir aos organizadores que não aconteça mais isso quando a gente tocar aqui, tá bom?" disseram os sertanejos. 

A declaração não foi bem recebida pelos organizadores e segunda colunista do R7 Fabíola Reipert, na saída, Munhoz e Mariano foram ofendidos por membros da comissão organizadora do evento quando já estavam dentro da van, a caminho do hotel. O carro foi detonado, teve o vidro quebrado, chutes na porta e até um soco foi dado em Munhoz. Tentaram também bater em Mariano, mas ele entrou correndo no carro.

Conforme a assessoria de imprensa da dupla, o atraso não foi culpa dos músicos. Eles estavam no local do show, Estádio Belmar Ramos, desde às 22h30, mas a organização demorou para liberar o palco e obrigou o público a esperar por duas horas.

Ainda de acordo com o R7, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Tupi Paulista, responsável pelo evento, admitiu que ânimos se exaltaram, mas negou ter havido agressão. 




..e ainda tem gente que diz que o povo do MS que é bruto...sem comentários!
 
DAI em 12/08/2015 14:25:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.