A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/07/2012 13:45

"Avenida Costa e Silva", a parodia campo-grandense de "Avenida Brasil"

Elverson Cardozo
As personagens de As personagens de
Tensão no final de mais um capítulo. (Foto: Elverson Cardozo)Tensão no final de mais um capítulo. (Foto: Elverson Cardozo)

Aproveitando o sucesso da novela Avenida Brasil, da Rede Globo, atores da Cia Tetral Adote resolveram criar uma paródia campo-grandense da trama, em mais uma esquete para o espetáculo "Arte de Quinta", que entrou em cartaz há 5 anos.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

"Avenida Costa e Silva" estreou na noite de ontem (14), no Teatro Aracy Balabanian e arrancou boas risadas do público.

Os personagens principais ganharam vida na pele de jovens atores. A vilã Carminha virou "Tá Carminha" e foi interpretada por Natan Oliveira, de 21 anos.

Ao contrário do que sugere o nome, a vigarista de "Avenida Costa e Silva" se mostrou explosiva no palco, principalmente quando contracenava com a filha Rita, que foi chamada de "Mirrita".

Lidi Cavazzana fez a sofrida e vingativa Nina, que na versão teatral ganhou o nome de "Menina". Mãe Lucinda e Ivana também ganharam os palcos. O resto foi improviso. Max, por exemplo, surgiu da platéia.

Empreguete Penha e Carminha. (Foto: Elverson Cardozo)Empreguete Penha e Carminha. (Foto: Elverson Cardozo)
Nina, no lixão. (Foto: Elverson Cardozo)Nina, no lixão. (Foto: Elverson Cardozo)

Mas não ficou só nisso. De repente, mo meio da cena, aparece a empreguete Penha, da novela "Cheias de Charme", dançando, claro, agarrada a uma vassoura. "É uma coisa meio maluca", explica o ator Diogo Adriani, de 21 anos, que deu vida à personagem.

A proposta é divertir e levar ao teatro o que geralmente está na "boca do povo", afirmou, acrescentando que a ideia surgiu logo após assistir - junto com o amigo e companheiro de cena, Natal Oliveira - a um "capítulo tenso" da novela global. "Eu olhei para ele e ele pra mim, daí ele falou vamos por isso no arte de quinta", comenta.

Embora a esquete tenha como nome a avenida Costa e Silva, durante a apresentação os atores não fizeram menção à via. Mas o título, segundo Diogo, foi mais para chamar a atenção.

Entre ideia, colocar no papel, ensaio e montagem, a esquete - que tem aproximadamente 10 minutos - levou cerca de 3 semanas para ficar pronta.

Mãe Lucinda conversa com a menina abandonada no lixão. (Foto: Elverson Cardozo)Mãe Lucinda conversa com a menina abandonada no lixão. (Foto: Elverson Cardozo)

Diretora do grupo, Beth Terras afirmou que sempre busca trazer novos personagens e situações ao espetáculo e está sempre de olho, como o todo o elenco, nos assuntos mais comentados. "Você tem que buscar inspiração nos personagens existentes ou da ficção", disse.

Além da esquete inspirada na novela da Rede Globo o espetáculo traz personagens como Lady Gaga, Britney Spears, Whitney Houston, Amy Winehouse, uma miss, um garçom português, a patricinha e um sequestrador, entre outros. As esquetes são inspiradas no show teatral "Terça Insana".

Reapresentação - "Arte de Quinta - Porque rir é o melhor remédio" será reapresentando neste domingo (15), às 19h30, no teatro Aracy Balabanian. Ingressos antecipados estão sendo vendidos a R$ 10,00. Na hora será R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,50 (meia-entrada).

Mais informações pelos telefones 3349-1715, 9257-1690 ou 9112-9045.




Parabéns ao grupo, vocês têm muito talento!!!
Cuidado com a Carminha Lidi rsrs.
 
José Ferreira em 15/07/2012 07:44:20
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.