A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

15/02/2015 10:55

Berço do Carnaval na região, Ladário não tem desfiles e investe em blocos

Paula Maciulevicius
Estrutura do palco que vai receber shows de atrações regionais. (Foto: Marcos Ermínio)Estrutura do palco que vai receber shows de atrações regionais. (Foto: Marcos Ermínio)

Pelas Avenida 14 de Março, onde vão passar os blocos de rua, uma exposição fotográfica conta a história dos antigos carnavais. Em Ladário, as escolas de samba acabaram extintas e há 12 anos quem comanda o Carnaval são 18 blocos.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

Na tentativa de resgatar os tempos de glória, a prefeitura quer também lançar uma publicação retratando a trajetória do município nos carnavais.

Desde sábado na folia, a programação do Carnaval encerra na terça-feira a expectativa é de reunir 4 mil pessoas por noite mesclando passado e presente. "Começou aqui, por conta da Marinha, a criação das escolas de samba da região", explica a diretora-presidente da Fundação Municipal de Cultura de Ladário, Wanessa Rodrigues.

Há 12 anos quem comanda as ruas no Carnaval são 18 blocos. (Foto: Marcos Ermínio)Há 12 anos quem comanda as ruas no Carnaval são 18 blocos. (Foto: Marcos Ermínio)

Uma das primeiras escolas da região nasceu em Ladário na década de 1970, a "Deixa Falar". Em seguida surgiram outras que encerraram as atividades nos meados de 1990. Aos poucos, o Carnaval foi migrando de Ladário para Corumbá, onde a tradição de desfiles de escolas de samba é fortíssima.

"Ladário foi o berço das escolas de samba que surgiram na região, para isso estamos fazendo um levantamento histórico, por enquanto são relatos pela oralidade mesmo", completa Wanessa.

Os blocos acabam recebendo toda atenção e até um CD é distribuído para a população com sete samba enredos compostos por artistas locais dos blocos Catumbi, As poderosas de Ladári, As sinceras, Kacique da Fuzarca, Sapo da madrugada, Boa esperança e ainda o cordão Carnavalesco Chuva de Prata.

"Nosso Carnaval aqui é mais tranquilo, com marchinhas e bailes populares e muitos nem saem daqui, aproveitam em Ladário", comenta a diretora.

(Foto: Arquivo/Nelson Urt)(Foto: Arquivo/Nelson Urt)
(Foto: Arquivo/Nelson Urt)(Foto: Arquivo/Nelson Urt)
(Foto: Arquivo/Nelson Urt)(Foto: Arquivo/Nelson Urt)

Programação

Domingo (15)

20h - Desfile do Bloco Anjinhos Folia
21h - Exposição Fotográfica Carnaval dos Velhos Tempos, no antigo Cine Ladário
21h - Atração cultural com banda de marchinhas e Corte de Momo
Desfile dos blocos:
As Sinceras
Os Peladeiros
Cultural da Feliz Idade
Sapo da Madrugada
É o Bicho
00h30 - Show com cantores locais

Segunda (16)

18h - Baile infantil no antigo Cine Ladário
21h - Exposição Fotográfica Carnaval dos Velhos Tempos, no antigo Cine Ladário
21h - Atração cultural com banda de marchinhas e Corte de Momo
Desfile dos blocos:
Boa Esperança
Cordão Chuva de Prata
Bloco Folia Pantaneira
Bloco Para que tá Chato
00h30 - Show com cantores locais

Terça (17)

16h - Desfile do bloco das Piranhas
21h - Exposição Fotográfica Carnaval dos Velhos Tempos, no antigo Cine Ladário
21h - Atração cultural com banda de marchinhas e Corte de Momo
Desfile dos blocos:
Catumbi
Kacique da Fuzarca
Fúria Folia
00h30 - Show com cantores locais

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.