A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

09/07/2012 08:48

Boteco investe em rodas de samba, com saltenha e sanduíche de mortadela

Ângela Kempfer, colaboração de Tawany Marry
Samba rola a noite toda no Biro. (Fotos Tawany Marry)Samba rola a noite toda no Biro. (Fotos Tawany Marry)

Com as noites “Mesas de Sambas e Compositores”, mestre Orlando tenta descobrir novos parceiros e assim faz o “Birô Brasileiro”. Um lugar simples e, talvez por isso, confortável.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

Com a proposta de apresentar novos talentos, o empresário Orlando Fernandes organiza uma típica roda de samba e coloca todo mundo para dançar.

O projeto chamado “Mesas de Sambas e Compositores” já está na 10ª edição. Marcou a reabertura da casa este ano, mas o lugar existe desde 2003. “Já tivemos de tudo aqui, temporada de forró, jazz, reggae, agora decidimos trabalhar com o samba”, lembra Orlando.

Criado dentro do samba, mestre Orlando, como gosta de ser chamado, é mestre de bateria, compositor e professor. “Eu quero que essa nova geração conheça os clássicos e tenha vontade de produzir e compor nesse ritmo tão bonito que é o samba”, justifica.

O desejo é apoiado pela esposa, a dentista Maria Eugênio Machado, responsável por administrar o Birô.

Os músicos principais, conhecidos como bocas de ferro, conduzem a noite tocando clássicos do samba como Nelson Cavaquinho e Adoniran Barbosa.

As surpresas ficam por conta dos novos sambistas, que apresentam composições autorais. Entre os músicos, está Vinil Moraes. Bem conhecido na cena do reggae, ele resolveu se aventurar no samba.

“Eu sentia que algumas das minhas composições estavam mais para o samba do que para o reggae e por isso resolvi adentrar por esse novo caminho”.

Ambiente de boteco.Ambiente de boteco.

Uma casa - Parada em frente ao endereço do Birô Brasileiro você fica em dúvida se o bar fica ali mesmo. Mais parece ser uma casa como todas da região. “Isso é de propósito, sabia? Aqui não é um bar, mas sim um local de mostra e manifestação cultural”, explica o mestre. Por isso o Birô fecha cedo, às 23h30.

De tão intimista a casa não atrai apenas jovens e adultos, mas também crianças. Algumas delas trazidas pela dona de casa Marjorie Saldanha, 33 anos, que sempre vai ao Birô acompanhada dos três filhos.

“Aqui é um lugar sadio e eu sei que não vai acontecer nada com as crianças. Eu quero que eles escutem música de qualidade e sei que posso encontrar isso no Birô”, comenta Marjorie, acompanhada da filha Thabata Saldanha, de 10 anos.

Boteco - Além da entrada baratinha, apenas 5 reais, o cardápio é um convite para quem gosta de uma boa comida de boteco. Vindo de Corumbá, Mestre Orlando trouxe a típica saltenha boliviana para a casa. Mas além do sabor típico de frango, a casa resolveu inovar criando também a de bacalhau.

Também são servidos pastéis, tábuas de carnes e frios, caldos e sanduíche de mortadela com queijo, carne e frango. Outra diferença é que pagamento só é aceito em dinheiro.

Para as próximas semanas, mestre Orlando está preparando uma surpresa. “Pode colocar que vem aí o Suvaco de Cobra”, ele não quis contar o segredo, mas você pode tentar descobrir a partir das 19 horas, na próxima sexta-feira, na Rua Barão do Rio Branco, 173, bairro Amambaí.




finalmente um local de familia onde podemos ir com nossos filhos sem nos preocuparmos com briga,tiros e facadas.Parabens aos organizadores,mantenham assim(muito engraçado esse suvaco de cobra)
 
neide ribeiro em 10/07/2012 07:18:26
Parabéns pele ótima reportagem, conheço Orlando desde os tempos da Taberna Glória em Corumbá. Ele é um talentoso artista. Vida longa ao Birô e as suas manifestações culturais da gema.
 
Paulo Roberto Duarte em 10/07/2012 07:15:08
Ótimoo!! Com certeza irei ai assim que eu chegar em Campo Grande oo Parabééns pela matéria!!
 
Amanda Barbosa em 09/07/2012 12:29:47
Nossa muito boa essa materia, excelente de boa qualidade,os campograndensse estao precisando mais disso, dessas roda de samba , me lembra mt a lapa de antigamente, os bairros boemios do Rio de Janeiro, amei de coraçao, ta dado a dica , que vcs possasm nos interagir mais dessas coisas, para podermos saber onde podemos ouvir muscia de boa qualidade e , com os amigos, um ambienete familiar...
 
edilena arruda em 09/07/2012 12:23:38
Muito interessante, a cidade precisava de uma iniciativa como esta
 
Mariana Fragoso em 09/07/2012 12:21:53
Estive nesse boteco sexta passada, um clima super agradável, ambiente familiar, musica de alto nível. Também tem que registrar, o mestre Orlando é um exímio gaiteiro. Vale a pena conferir!
 
CLAUDIO Duarte em 09/07/2012 12:17:35
Vida longa ao Birô!
 
Ana Luiza Vieira em 09/07/2012 12:14:55
muito bem elaborado a materia, finalmente esta cada dia melhor suas reportagens.
 
Arry Amorin em 09/07/2012 12:14:13
adoro saltenha... ainda mais com uma roda de samba... parabens pela reportagem... nota 10
 
Joel Dutra em 09/07/2012 12:11:57
Ahhhh, tem saltenha! Já to lá HEHEHEHEHE mas olha, curti a vibe do barzinho e nem curto samba :X DESCULPA BRASIL!
 
Matheus dos Santos Cabral em 09/07/2012 12:10:32
É uma alternativa para campograndenses que apreciam esse estilo musical perante ao império do sertanejo tão difundido no Mato Grosso do Sul. Ao meio a tantos bares que reproduzem "baladas" de sertanejo universitário, talvez o Birô Brasileiro seja um resgate que faltava, fora as delícias da casa que fazem jus ao samba.
 
Laura Holsbach em 09/07/2012 11:54:24
Boteco com roda de samba! Muito fixe ;)
 
Fernando Vilela de Melo em 09/07/2012 11:45:42
É bom saber que Campo Grande está ganhando mais opções culturais. Música boa combinada com público diverso é um dos principais fatores para manter esse lugar em destaque na noite campograndense.
 
Vagner Cesar Campos Maciel em 09/07/2012 11:40:39
Que maravilhoso ver a existência de tantos ambientes que disseminam a cultura brasileira. O samba é a arte estampada em nossa cultura.
 
Giselle Quaesner em 09/07/2012 11:40:28
Adorei esse lugar, muito bom. A matéria também está com todas as informações que preciso. Ótimo!
 
Glauber Laender em 09/07/2012 11:38:19
Parece bem interessante o lugar, e confesso que fiquei curioso pra saber o que é o tal do Suvaco de Cobra. Hahahah
 
Valter Luis Ferreira Junior em 09/07/2012 11:26:26
Vagner e Giselle tem razão, fiquei com vontade de chegar logo minha viagem para CG só para dar uma olhada no Birô!
 
Marcos Twaf em 09/07/2012 05:45:42
estive no Birô sexta-feira passada, ambiente muito bom.
 
Amir Ortega em 09/07/2012 03:44:48
Tomara que não incomode os vizinhos com som alto.
 
Carlos Lamarca em 09/07/2012 02:20:56
Parabéns pela matéria, impar de grande potencial... Campo Grande, estava precisando disso... receba minhas sinceras congratulações pela edição bjs fraternos: César
 
César Paiva em 09/07/2012 01:13:16
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.