A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

20/01/2012 19:54

Com orações e muito trabalho, devotos homenageiam Dia de São Sebastião

Paula Vitorino

Festejos na Paróquia São Sebastião terminam hoje com procissão, missa e quermesse. No domingo, churrasco no Clube de Laço encerra a Festa

Devotas preparam 2 mil pastéis para festa. (Foto: João Garrigó)Devotas preparam 2 mil pastéis para festa. (Foto: João Garrigó)

Hoje é dia de festa, mas também de muito trabalho e orações para os devotos de São Sebastião, que comemoram o Dia do Santo – 20 de janeiro. A Paróquia que leva o nome do santo encerra os festejos nesta sexta-feira com procissão, missa e quermesse.

Os preparativos começaram logo pela manhã para arrumar o palco onde será celebrada a missa, às 19h, após procissão pelas ruas próximas a Igreja. A noite termina com queima de fogos e quermesse.

Com o slogan “tem que comer pastel pra ir para o céu”, um grupo formado por cerca de 20 voluntários da comunidade está preparando pelo menos 2 mil pastéis de carne e queijo para a quermesse. “Pra mim é uma alegria vir ajudar, venho muito feliz”, diz a aposentada Anésia Higa, de 52 anos.

Ela diz que o trabalho voluntário é uma forma de agradecimento, já que “as graças concedidas com intercessão de São Sebastião e Nossa Senhora Aparecida acontecem todo dia”.

Como o que não falta é trabalho, até a Jackelini, de 9 anos, ajudou na cozinha. “Eu adoro fazer pastel”, diz. Mas ela também aproveitou para provar o pastel de queijo e garante que “é uma delícia”.

Devoção de família - Entre as histórias de devoção, a confiança em São Sebastião é passada de geração em geração, como aconteceu com a família de Claudete Nascimento, de 60 anos.

“Aprendi que São Sebastião é o protetor das doenças, das pestes, como diziam, e foi assim que ensinei minha filha também”, diz.

A filha, Marcela Nascimento, de 38 anos, foi fazer as orações a São Sebastião e pedir a proteção especial para sua cabeça, já que seu trabalho exige muito do raciocínio.

Conforme sua mãe lhe ensinou, a fitinha de São Sebastião deve ser medida na imagem do santo, na parte em que o devoto precisa de proteção. “Eu medi a parte da cabeça e a minha mãe pediu a metragem do corpo todo, para ter proteção em tudo”, explica.

Já a devota Helena Maria Barbosa, de 69 anos, conta que crença no santo começou desde o seu nascimento, no mesmo dia de São Sebastião. “Minha mãe não quis me dar o nome de Sebastiana, mas me fez ser devota dele desde pequena”, conta.

Ela foi até a igreja nesta sexta-feira para rezar o terço com o grupo de amigas, todas devotas de São Sebastião.

Churrasco - As homenagens a São Sebastião terminam no domingo (22), com o churrasco dançante promovido pela Paróquia no CLC – saída para Rochedinho, 6 km da UCDB. Os convites estão sendo vendidos por R$ 10.

O almoço será a partir das 12h e os convidados devem levar pratos e talheres.



Muito legal a festa... Só que acordar toda a população dos bairros vizinhos às 6h da manhã com fogos e barulhos que parecem tiros de canhão é algo inadmissível. Deveriam repensar essa tradição barulhenta ou no mínimo mudar o horário da barulheira.
 
Edson Godoy em 20/01/2012 10:48:12
Que São Sebastião, Padroeiro do Rio de Janeiro, de onde estou tendo a oportunidade de fazer este comentário, abençoe todo o povo campograndense.
 
Paulo N. Cunha em 20/01/2012 10:09:59
imagem transparente

Compartilhe



Copyright © 2014 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.