A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

14/05/2013 06:22

Dono da Move diz que já pensa em desistir de shows em Campo Grande

Ângela Kempfer
Jóquei já recebeu shows como de David GuettaJóquei já recebeu shows como de David Guetta

Quando não havia espaço para grandes shows em Campo Grande, eles inventaram um. Descobriram no Jóquei Clube da cidade um ponto “perfeito”, lembra o empresário Thiago Cance, um dos sócios do Move Clube. Antes, tinham pensado no autódromo, mas o perigo do acesso pela BR fez do "hipódromo" a melhor decisão. “Foi logo que impediram as apresentações na Expogrande”, comenta.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

Tudo parecia resolvido para o bem do entretenimento, até que a prefeitura resolveu proibir os shows também no Jóquei. A notícia publicada ontem no Diário Oficial do Município atrapalha planos que poderiam ser “grandes”, diz Thiago.

“A gente ia fechar contrato com uma atração internacional, que viria só para o Rock in Rio. Conseguimos uma data para Campo Grande em setembro, mas desistimos. Não dá para dar murro em ponta de faca”, lamenta sobre a interdição.

Ele não diz o nome do artista, mas na sexta-feira passada, na página do Move no Facebook, o grupo anunciava que “ainda este ano David Guetta estará de volta a Campo Grande”.

O empresário garante que não há qualquer outro espaço na cidade que comporte eventos como shows de Fatboy Slim, de Guetta ou Tiësto, astros da música eletrônica que foram trazidos pelo Move nos últimos anos. Antes de decidirem pelo Jóquei, pensaram, inclusive, no autódromo da Capital, mas o tráfego da BR significa perigo desnecessário.

“É frustrante. Não sei o que vai acontecer com a cidade. Tentamos fazer o melhor, mas não tem mais saída”, reclama.

Em fevereiro, o grupo já havia enfrentado problemas com a prefeitura que tentou impedir evento no Jóquei com Tiësto. Na época, o município alegou que, por conta da epidemia de dengue, os postos de saúde não teriam condição de atendimento de emergência, caso ocorresse algum incidente no local.

Chateados com a nova decisão da prefeitura, os sócios da Move já pensam em investir em outras cidades ou “mudar de ramo”, comenta Thiago.

Segundo a determinação da Semadur, todas as atividades de música ao vivo e/ou eletrônica estão suspensas no Jóquei “por prazo indeterminado ou até expressa autorização da autoridade competente”. As corridas de cavalo ficam mantidas.




FORA BERNAL !!
 
Tommy Lee em 21/06/2013 18:54:35
Campo grande é uma capital que não tem porte de capital e jamais será considerada uma cidade TURISTICA. Quem quer conhecer um lugar onde tem meia duzia de bares decentes? Uma vida noturna falida de boates e estabelecimentos? E ainda por cima não possui lugares para shows? Isso é um absurdo.... A menor cidade dos outros estados possui tudo isso... é VERGONHOSO............ Existe lei pra tudo neste faroeste aqui... mas as fiscalizações essenciais não possui.... Triste né!!!
 
Jenifer Carvalho em 14/05/2013 23:11:46
repudio ao prefeito alcides bernal, se vc bernal não quer eventos no parque então construa algo pois pagamos impostos para isso
 
samuel vosni em 14/05/2013 20:56:10
Isso que dá votar em quem não possui experiência administrativa. Após uma sucessão de erros nesta gestão, até perdoáveis, não podemos nos calar. Com esta inexperiência eles atingem a saúde, a educação e agora o entretenimento. Não possuem competência nem pra ordenar a alimentação de escolas e ceinfs, quem dirá para dar aval de funcionamento de locais para realizarem shows na capital. Infelizmente, pela ignorância dos eleitores, agora todas "pagaremos o pato.

BERNAL INCOMPETENTE!
 
Alan Ocampos em 14/05/2013 19:22:54
Em uma capital onde todos os dias vc encontra aqueles motoqueiros ,carro de som fazendo propaganda na rua,é pra morrer de raiva.Campo Grande ainda é tratada como interior...Brincadeira viu!!!
 
norma Gomes Chita em 14/05/2013 18:52:57
nossa,
minha vida nao vai mais ser a mesma se o dono da move nao fizer mais shows em campo grande...........
ah, faça-me o favor!!!!!!!!!!!!! vão caçar o que fazer!!!!!!!!!!!
 
JEANE FERREIRA CESPEDES em 14/05/2013 18:06:19
Olha eu sou Campo Grandense e tenho vergonha algumas horas dessa cidade, só tem velho de idade e mentalidade, o povo só sabe ir no supermercado, comer e dormir. Os politicos só sabem meter o nariz aonde não precisa, na saude mesmo que é o caos não vejo ninguem se mexer pra interditar posto, melhorar o atendimento, acabar com as falcatruas. O povo aqui só sabe reclamar, se faz reclamam se não faz reclamam. Campo Grandense é chato, mal educado, ninguem nem fala bom dia pra vc, mas pra reclamar tem um monte. Depois o que a gente ve é um monte de gente em frente a conveniência, porque não tem nem lugar pra ir mais.
 
Elaine Alves em 14/05/2013 17:28:59
kkkkkkkkkkkkkkkkk evento de segunda a segunda??? Nossa, Campo Grande é quase São Paulo capital então e não fomos avisados? Campo Grande não é capital, mas sim cidade do interior metida à capital! Se tudo que fizer muito barulho, incomodar então a cidade não terá evento algum! Proibiram no Laucídio por esse tipo de reclamação, o mesmo aconteceu com o Morenão e a história se repete com o Jóquei! Aqui deveria ser apresentada aos turistas como: "CAMPO GRANDE A CIDADE MAIS LIXO DO BRASIL "CAPITAL" DO MATO GROSSO DO SUL" nunca pode ter nada aqui.
 
Larissa Oliveira em 14/05/2013 17:16:41
Isso mesmo! Campo Grande já não tem shows grandes, quando uma vez na vida e outra na morte resolve ter.. tem problema.. agora querem acabar de vez. (y)
Continue assim! Bate no peito dizendo que é Capital, mas não tem o básico que uma Capital tem. Como por exemplo: Um hospital municipal, um teatro municipal, uma arena DECENTE para shows, estrutura para receber atrações internacionais, etc...
(y)
 
Beatriz Cruz em 14/05/2013 16:56:55
Eu tenho uma sugestão, façam esses shows de dia, na hora que o povo que curte a night está dormindo. Quero ver se eles vão achar bom suas portas e janelas, de segunda a segunda, o dia inteiro, vibrando, enquanto tentam dormir.

Tem gente que ataca quem quer dormir a noite, dizendo que o mundo não gira em torno de seus umbigos, pois bem, a verdade é recíproca. Seu direito de diversão não é mais importante do que o direito de descanso de quem trabalha ou já trabalhou a vida inteira. Tem comentários que só faltam sugerir campos de concentração para idosos.

Se a cidade não tem espaço para shows, não quer dizer que pode fazer em qualquer lugar. Se acham ruim, cobrem de seus políticos a construção de um local adequado ou façam uma vaquinha como no "cloud funding".
 
Guilherme Arakaki em 14/05/2013 16:35:29
Vinicius Trad, vai estudar rapaz pq o Texas é um estado norte-americano, não uma cidade.
 
DANILLO MENDONÇA em 14/05/2013 15:38:41
Concordo com o comentário do (HENRIQUE OLIVEIRA) a cidade está cada vez mais sem eventos, a Prefeitura e o Ministério Público não tem coisa melhor pra fazer? Estão sem serviço? Porque ao invés de Proiberem os show's não vão fiscalizar os postos de saúde, deixa a cidade ser explorada pelos eventos, pelos túristas. A cidade tem muito pra evoluir com estes eventos, querendo ou não é a mais pura verdade. Olha o privilégio que temos em receber grandes SHOWS como David Guetta, Tiesto. A vida não é somente ficar dentro de casa reclamando do barulho. Daqui a pouco a cidade vira mais um TEXAS no mundo, uma cidade faroeste. De capital vamos ser uma cidade do anterior.
 
Vinicius Trad em 14/05/2013 15:17:26
Lamentável uma Capital de Estado sem um local sequer para shows. Simplesmente vergonhoso.
 
Rosangela Mello em 14/05/2013 15:16:32
Atenção,Atenção , CAMPO GRANDE capital do mato grosso do sul á desculpe errei em dizer capital , CAMPO GRANDE cidadezinha do interior sul mato grossense melhor dizendo , não tem eventos grandiosos á porque será ? É perigoso acordar as boiadas dos coroneis que aqui residem , CORUMBÁ essa sim poderiamos chamar de CAPITAL.
 
thiago rocha em 14/05/2013 15:16:23
Buenas, Porque não fazem mais Shows no Morenão como as Grandes Cidades, São Paulo no Pacaembú por que não no Morenão, ou no Guanandizão tai minha Opinião.
 
Roberto Boller em 14/05/2013 14:55:10
Campo Grande neste momento questiona o BARULHO que estes EVENTOS fazem, mais quando tudo for realmente PROÍBIDO, iram questionar a falta de SHOWS e atividades na cidade. Logo iremos parecer uma cidade do anterior. Campograndenses vamos entrar em um acordo, póis vejamos bem, da mesma maneira que um senhor de idade gosta de ouvir sertanejo um jovem gosta de ouvir um funk, rock ou eletrônica. Estes eventos de grande porte, pode ajudar muito a cidade a se destacar no MAPA de shows INTERNACIONAIS, não é atoa que a COPA do mundo não foi estabelicida na CAPITAL. Com a falta de eventos os túristas que vierem pro ESTADO na COPA DO MUNDO nas OLÍMPIADAS, sairam falando mal. Ai os JECÁ, vão começar a questionar na imprensa a falta de educação dos GRINGOS, mais eles estaram dizendo APENAS A VERDADE.
 
Henrique Oliveira em 14/05/2013 14:29:29
Isso é uma vergonha...não tem nada para fazer nessa Campo Grande...aqui qualquer lugar é proibido...........afffffffffffffffffff
 
Jociane Gonçalves em 14/05/2013 11:30:19
Olha a solução ecologicamente correta. E que os produtores não utilizam, fazer uma parceria com a concessionaria de ônibus e casa a ida ao autódromo para o show com uma passagem de ida e volta de ônibus. Garanto que umas linhas especiais com ônibus articulados deixando as pessoas no shopping campo grande resolveria o problema.
Não precisa ir de carro paquitinho, vão de ônibus. E faz o show no autódromo.
 
Luis Castro em 14/05/2013 11:25:12
A cidade já não tem tantos shows como nas cidades do interior do Estado.
Não adianta fazer uma arena com uma boa estrutura e isolamento acústico que sempre vai ter alguém reclamando.
O Clube Libanês, onde realizavam bailes onde a maioria dos frequentadores são pessoas da MELHOR IDADE. Agora, proibiram porque alguém reclamou de barulho e tals.
Será que o Suriam, Clube da Amizade, Bolero, entre outros, correm risco também de proibirem os balies?

Se isso acontecer mesmo, logo logo chegaremos no ponto de ter toque de recolher. Nem bares/botecos, pizzarias e fast-foods investiram numa cidade onde NADA pode.
 
Marcelo Matos em 14/05/2013 11:24:17
É isso que dá escolher Bernal pra comandar nossa cidade! Campo Grande merece grandes eventos como qualquer outra capital... como já disseram, essa cidade só serve pra ter lojas de colchão e farmácia. Cidade para pessoas mais VELHAS viverem bem! Porque os jovens... RIDÍCULO isso! Campanha FORA BERNAL! CG está afundando com vc!
 
Daniela Rodrigues em 14/05/2013 10:46:25
A possibilidade de shows no parque das nações já até foi estudada Maria, assim que shows no parque de exposições foram proibidos, mas a lei ambiental proíbe que haja shows no local, s shows que acontecem lá todo mês só ocorrem porque são do estado, fora que teria que cercar a área do show porque o parque é muito grande.
A cidade nunca teve tanta oportunidade de crescer como cede de eventos como está tendo agora nas mão dos donos da Move, do antigo Garagem e da Neo. Thiago Cance, Tico, Kemerson, Rafael Black, Jamelão entre outros, trazem o melhor que há nesse ramo da musica não apenas para ganhar seus milhões como vi em vários comentários, mas para trazer as melhores atrações para o publico campo-grandense
e sempre sofrem com impedimentos de ultima hora que lhes causam prejuízo.
 
luzia loren em 14/05/2013 10:36:16
Sou completamente a favor desta proibição. Existe um condomínio bem na frente do espaço, onde moram mais de 200 famílias. Nos dias de evento, ficamos impossibilitados de sair de casa e sabe porque? A rua fica fechada pelos baderneiros. Isso sem contar quando eventos da Move seguem até as 11h e quando saímos para trabalhar pela manhã somos obrigados a percorrer mais de 5 km para termos acesso a Gury Marques, enquanto que poderíamos percorrer nem 1 km, justamente porque o povo fecha a rua. E as autoridades policiais, como de trânsito, o que fazem? NADA. Onde há moradias tem de ser proibida a realização deste tipo de eventos. Rodovia perigosa??? é só se conscientizar e voltar de táxi, afinal quem tem grana para participar de eventos como esses tem de ter uma graninha para bancar o táxi.
 
Jéssica Fernandes em 14/05/2013 10:31:04
Então o Metallica não vem pra Campo Grande mais depois do show no Rock in Rio??
Desculpe eu não saber, é que eu moro em Paris, na verdade...
 
João Max em 14/05/2013 10:30:00
Ai Luciano, não é porque é uma cidade interioriana ou de bichos, é porque senão propaga-se a expressão cidade de bichas, ai já era veio. Agora lemrando ao Sr. José Aldo se ele pensa que o povo esqueceu na Gestão do Sr. Nelsinho, esses shows também eram proibidos e só podiam ser feitos com muita briga na justiça, fala sério se ta querendo defender quem, só falta vc defender o Siufi também. Os unicos shows permitidos eram os pagodinhos na lage.kkkkkkkkkk
 
jose carlos em 14/05/2013 10:25:46
no mundo inteiro tem show.pq só. em cgr não pode?deus me livre.o povo chato .
 
edmilson barbosa em 14/05/2013 10:20:03
não façam isso, a cidade precisa de eventos como ocorrem em outros centros, so porque uns caipiras não gostam tem gente que gosta e quer ver esses eventos na cidade, é uma pena!
 
samuel vosni em 14/05/2013 10:12:48
Empresários: uni-vos!!!

Mas não se unam nas lamentações, nessa "síndrome de coitadinhos", como se fosse vítimas da perseguição implacável das autoridades. Para o bem ou para o mal, vivemos num estado DEMOCRÁTICO de DIREITO.

O que significa que os detentores do poder, são eleitos do povo, pelo povo e para o povo. E que temos leis, que regem as relações, para nos permitir viver em sociedade. Caso contrário, voltaria a reger o Código de Hamurabi, onde "Olho por olho, dente por dente" e que "o mais forte, vença"!

Portanto, se tá difícil empreender, UNAM-SE!!! Que tal sociabilizarem os seus lucros com a sociedade? Uma jointventure ou consórcio, para edificarem um LOCAL DECENTE, APROPRIADO e DENTRO DAS EXIGÊNCIAS LEGAIS para shows e eventos de grande porte?

Isso sim seria uma contribuicao
 
Teamajormar Glauco em 14/05/2013 10:11:02
UMA CIDADE QUE VOTA EM UMA PESSOA CHAMADA ALCIDES BERNAL QUER O QUE ? ARENA PARA GRANDES SHOWS ? KKKKKKKKKKKKK ....ISSO AQUI UMA FAZENDINHA....KKKK ...SONHA CAMPO GRANDE.
 
JOSE ALDO em 14/05/2013 10:09:39
LEGAL A INICIATIVA DESSES CARAS, POREM TRAZ UMA BANDA DECENTE, COMO ACONTECEU EM GOIANIA A APRESENTACAO DO PAUL MC CARTNEY, ESSES PLAYBOYS DE MUSICA ELETRONICA SEM BANDA JA ENCHERAM O SACO . TRÁS OS STONES QUE PAGO PAU PRA VC OK?
 
JOSE ALDO em 14/05/2013 10:05:49
É um inferno para quem mora ali ao lado, as janelas chegam a vibrar, o incomodo é insuportável, principalmente para quem trabalha a semana toda, faz faculdade a noite, e tem só o final de semana para organizar as coisas e estudar , como é o meu caso,o show do Fatboy, acabou 8:00H do domingo, eu e meus vizinhos passamos a noite em claro com aquele som horrível no ouvido, será que seria bom se fosse ao lado da casa do Sr. Thiago Cance??? Será que ele não se importaria, de quase todo final de semana passar a noite em claro???? Sr Thiago, compre uma chácara, em um lugar afastado, invista um pouco no seu negócio, não queira fazer cortezia com chapéu alheio, a Prefeitura, é para assegurar tranquilidade e bem estar aos cidadãos e tem obrigação de arrumar, lugar para que vcs ganhem seu milhões..
 
Naiara Ajala Strello em 14/05/2013 10:01:55
essa cidade é uma província, a única coisa q ta liberada são esses shows de "sertanojo"...
 
Valeria Ifran em 14/05/2013 10:00:50
Querem gganhar grana sem investir nada, uauauauaaauau
ae fica fácil eim, e tem gente que confunde com política, kkkkkkkkkkkkkk
 
adriano pechefist em 14/05/2013 09:52:21
Capital Interiorana, triste...
 
Flavio Henrique em 14/05/2013 09:50:33
daqui a pouco campo grande só tem velho.
 
giullyano rocha em 14/05/2013 09:48:08
o ganho com esse tipo de evento é muitas vezes enorme !!!!
mas investir em um lugar que comporte eventos dessa grandeza ninguém quer?!
Qdo a mentalidade desses promoters irão mudar?? talvez qdo doer no bolso, portanto
arregacem as mangas e invista um pouco mais nessa cidade que sempre lhe deram
retorno !! Campo Grande merece um lugar desse... e outra, com certeza sera um lugar
que sera aproveitado por varios outros eventos, trazendo assim tbm retorno financeiro...
 
JOAO RODRIGUES em 14/05/2013 09:45:58
A prefeitura de Campo Grande está corretíssima. Tem que colocar ordem nesses eventos que dizem ser bom para a cidade. Será mesmo?
 
Hillel Borush em 14/05/2013 09:40:54
Engraçado.Não vejo nenhum tipo de problema quando se trata de algum show de duplas "sertanejas", pagodes e funk.Mas, quando se trata de algum evento diferente como música eletrônica ou rock ai vem a discriminação e isso em todos os sentidos.Estranho que a população de Campo Grande não se incomode com o barulho e o excesso de bebida alcólica nesses eventos e muito menos com menores que já vi em muitos shows sertanejos e pior, sem nenhuma fiscalização.Quer a prova? Fiquem de olho no Camaro amarelo.Acorda povo.Campo Grande é Capital e nem só de Pantanal é que se vive.
 
Italanei Souza Soares em 14/05/2013 09:39:03
Por isso que esse estado sempre será assim, POBRE!
A populaçao nao tem acesso a nada e quando vem alguma atracao peitada por empresarios arrojados da nisso dai...
Qualquer coisinha o povo daqui reclama de som alto...
A exposicao dura cerca de 10 dias, sao 10 dias por ano!!!
Desde que eu me conheco por gente os postos de saude estao do mesmo jeito Sr. Filipe Alberto, vc acha que vai mudar agora?
A gente que nao se cuida pra ver...
 
Tatiana Alencar em 14/05/2013 09:34:12
Campo Grande está precisando voltar à moda antiga "uma fazenda", onde só tem caipiras e bichos, pois nada da certo e tudo o povo reclama como Shows Expogrande, Parque das Nações e agora o Jockei Clube.
 
Luciano Silgueiros em 14/05/2013 09:23:37
Bom dia , acho que os empresários devem , investir nas cidades do interior , que possuem uma estrutura favoravel , de idéias do nível que vcs empresários , marcar uma reunião com os prefeitos e empresários da região , mostrando o potencial de vcs , e o retorno para a região , que favorece tanto o comercio , o turismo , e a economia da cidade , girando mais capital , tente pesquisar em Dourados , cidade que tem muitos universitários , de Campo Grande , todo evento que é bem organizado , o povo valoriza , não desanime , este é um obstáculo para vcs , empresários contornar , todo aquele que Sabe usar a cabeça para fazer coisas boas , com investimentos corretos não é valorizado , pq não vão cuidar da saúde pública , pessoas esperando hrs para serem atendidas .
 
Roger Lopes em 14/05/2013 09:17:33
Opinião minha é de que já está na hora de Campo Grande-MS portar-se como uma cidade que caminha para ser uma metrópole e mais ainda por ser a capital do Estado; isto posto, não está na hora de investir (um grupo empresarial) na construção de um espaço apropriado para este tipo de eventos?
Tantas cidades grandes de nosso país têm espaços que acomodam grandes públicos, são realizados vários shows durante os meses do ano e não se fica vendo esse chove-não-molha que vêm acontecendo em nossa cidade; se fizerem um espaço, projetado, aprovado etc, quero ver quem irá proibir eventos e trazer frustrações a quem quer investir.
Recado dado como crítica sugestiva, tenham um excelente dia!
 
Francisco C. Araujo em 14/05/2013 09:12:54
Então a Prefeitura quer proibir eventos no Jóquei??? E a cultura, como fica? Quase não tem evento decente nessa cidade, dos pouco é a Move que traz, é ridículo isso... Não temos um local decente para a realização de grandes shows, o Jóquei é a única saída e já querem proibir lá. Façam uma pesquisa de opnião, mas não na praça Ary Coelho, etc, uma pesquisa em locais bem frequentados e etc, verão que nós ainda queremos shows da Move, etc.
 
Érico Correa em 14/05/2013 09:11:17
Tem gente achando que estamos na Campo Grande de 40 anos atrás... com tanta coisa a se ocupar, esses diretores vão se preocupar com shows para quem pode pagar?? e num lugar onde vai quem quer...... que tal a semadur ir cuidar das praças e parques!
 
Caio Prado em 14/05/2013 09:09:11
Obrigada! \o/
 
JESSICA MACHADO em 14/05/2013 09:03:33
Que tal fazer em Terenos??? Duvido que o Prefeito de lá não dê apoio. Além de ser próximo à Capital.
 
Almir Cavalcante em 14/05/2013 08:58:53
É triste, mas Campo Grande está cada vez mais regredindo no quesito diversão, sobram "botecos", pizzarias, fast foods, mas faltam casas de Shows como Credicard Hall, por exemplo aonde se acomoda tranquilamente um grande evento sem problemas de som vizinhança etc, estamos em uma capital qie as pessoas insistem em ver como cidadezinha do interior, e assim os pouco empresários que se arriscam a tentar trazer vida cultural e grandes eventos para essa ciadade vão desistindo e com razão.
 
Gisele Muniz em 14/05/2013 08:55:44
É UMA VERGONHA PARA CAMPO GRANDE,uma capital TÃO POPULOSA,NÃO TER UM LUGAR SEQUER DE QUALIDADE Para se fazer SHOWS!!!!!
Empresãrios,se atentem para isso,FAÇAM UM ESPAÇO Para SHOWS para pelo menos 20 Mil pessoas,CAMPO GRANDE NECESSITA DE ALGO ASSIM!!!
EU como músico FICO INDIGNADO Com isso!!!!!!!
 
andré marques em 14/05/2013 08:53:40
demorou porque nao so voce como o resto dos empresarios,acham que sao todos que gostam destes sertanejos pe de chipa e brega musica que bom mesmo nada, passa amanhaaaaaaaaaaaaa
 
JOAO BATISTA em 14/05/2013 08:52:12
Agora todo e qualquer barulhinho afeta a população, é poluição sonora aff isso e coisa de velho que já curtiu sua vida ta fazendo hora extra na terra e não deixa os jovens aproveitarem o que querem se ainda fossem shows de funck que tem letra pejorativa ainda ia mais não é...
Esse povo tinha que por a mão na conciencia e ver que o mundo não gira em torno de seus proprios umbigos.
 
vanessa benites em 14/05/2013 08:47:48
campo grande, largou de ser capital interiorana, para ser uma metrópole por isso nosso administradores tem que para de gerras de interesses próprios, por que só a população é que perde com alguns caprichos.
 
FABIO SANTANA BRAGA em 14/05/2013 08:44:42
Lamentavel
 
Milton Rocha em 14/05/2013 08:36:13
Cara desiste de fazer shows e vai mexe com sertanejo que o que deve saber fazer! Só ta zoando a cena eletrônica com esses artistas POP lixo que só da povão para vocês ganharem dinheiro! E-music tem essência e é uma cena que não pode ser perdida por mercenários como você que nem sabe o que é musica eletrônica. Guetta?? fatboy slim?? tiesto?? tudo isso pra ganhar dinheiro ou por ser sonzera?? ou por gostar vai fazer viola no almoço
 
Diego Almeida em 14/05/2013 08:35:56
Campo Grande esta cada vez mais se tornando uma péssima cidade pra se morar. Transporte publico caro, imposto ate no ar que se respira, transito caótico, e uma grande falta de estrutura. A unica coisa que se vê é loja de conveniência e loja de roupa. Esta cada dia mais perdendo o carisma por grande empresários que tentam mostrar que Campo Grande ainda é uma cidade boa para se morar. Espero que esses empresários estudem uma maneira de trazer grandes atrações para nossa capital junto com a prefeitura.
 
Pablo Romario em 14/05/2013 08:27:53
Não dá pra fazer nada em Campo Grande... Nas grandes cidades não tem esses problemas, como que aqui não um lugar que possam realizar shows? Tem sempre alguém reclamando...
 
Janaina Vieira em 14/05/2013 08:25:54
Esses ditos "promoters" gostam do lucro!! Fazem os shows e apuram os lucros mas moram longe da bagunça. Que tal se em vez de reclamar, eles (empresários "promoters") que apuram o lucro, construíssem um local adequado para shows. O que se percebe é que buscam qualquer lugar para não investir e os moradores que tem de suportar as bagunças e bebedeiras desses aproveitadores.
 
ROBERTO FRANCO MELLO em 14/05/2013 08:23:42
Muito bonito, quer desenvolvimento mas até cidade de interior tem mais evento do que a Capital do MS... E certeza que tudo envolve dinheiro!! Governantes, moram dentro de uma caixinha só pode!!! #indignada
 
Ana Camargo em 14/05/2013 08:20:18
....depois quer que campo grande cresça de que jeito...se os impedimentos vem de todos os lados...então vamos fazer os shwos no parque das nações indiginas não é lá que é feitos os shwos todo mês?????
 
Maria Oliveira em 14/05/2013 08:14:37
Que tal se eles resolvessem abrir o bolso e investissem numa estrutura adequada. Uma parceria com o poder público? Mas só querem lucrar, gastar não. Ele disse que o Jóquei clube é um lugar perfeito? No meio do mato, com barro, banheiros químicos, umas tendas e eles dizem que montaram uma mega estrutura, é isso que eles dizem ser empresários da noite? Acho que Campo Grande já merece não só lugares melhores, mas profissionais melhores.
 
Rafael Santos em 14/05/2013 08:14:33
É impressionante uma capital não ter estrutura adequada para realizar um show!! Entretenimento por meio de shows musicais por aqui é como se estivessemos na cidadela dos tupiniquins!! Sem beira e nem eira, cúmulo do absurdo!! Uma capital em pleno desenvolvimento como muito dizem por ae, não tem a capacidade realizar eventos por falta de espaço adequado!! A quem compete essa responsabilidade hein?? Será que os impostos e taxas tributárias abusivas arrecadadas não são suficientes para construir locais para eventos na qual se destinam?? É ridículo, mas é a pura realidade!! Campo Grande capital com desenvolvimento inferior aos municipios de Três Lagoas e Dourados. Fazer o que neh, administração pública sempre deixando a desejar.
 
Rafael Moldonato em 14/05/2013 08:10:43
Certamente isso é apenas uma desculpa para não mais investir em Campo Grande ou um meio de pressionar o poder público a ceder e não fazer cumprir a lei. O caso é simples de se resolver, procedam ao licenciamento e regularização da área para a atividade que estão almejando para que possa estar de acordo com as exigências legais. Simples.
 
alex nascimento em 14/05/2013 08:09:13
Engraçado que não fazem shows em lugares de classe alta......só procuram as periferias.....deviam tomar vergonha na cara e procurarem lugares exclusivos....
Fazem shows no jardim dos Estados!!Jd. São Bento!!
 
IGOR LIMA em 14/05/2013 08:01:39
olha a melhor maneira que tem e comprar uma fazenda para fazer os eventos em campo grande pelo amor deus ja não temos noite em campo grande agora ficaremos sem shows
 
regina lucia alves varanis em 14/05/2013 08:00:26
Faça o show em cidade vizinha e próxima de Campo Grande, como Sidrolândia ou Terenos. Os campo-grandenses poderão comparecer e será outro município.
 
Romeu Luitz em 14/05/2013 07:47:16
Se vcs querem arrastar multidões tem que ir pro campo do papa; e se enumerar os ingressos vcs conseguem se adequar.........................
 
Ado Filho em 14/05/2013 07:34:36
Essas coisas acontecem porque não há disciplina e determinação de horário normal a cumprir. Qualquer show que passa das 22horas e tem residencia perto, vc começa a incomodar a quem paga imposto. Se quer fazer barulho após esse horário, tem que ser em lugar próprio mesmo. Eu não sei e não entendo o problema do meu vizinho, se eu não me colocar no lugar dele.
 
luiz alves em 14/05/2013 07:29:19
Enquanto esses "empresários" não tirarem dinheiro do bolso e investirem numa arena para eventos de médio e grande porte, vai ficar isso aí. Essa turma somente quer ganhar e não investe no próprio negócio.

Esperar que a Prefeitura gaste dinheiro em um arena enquanto os Postos de Saúde precisam de investimento é no mínimo incoerente. A população deve se preocupar menos com "Pão e Circo" e fiscalizar mais as ações do Executivo, Legislativo e Judiciário....
 
Filipe Alberto em 14/05/2013 06:35:50
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.