A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

14/04/2014 06:54

Em bar da José Antônio, banheiros são atração e batata frita é cortesia da casa

Anny Malagolini
Parede do bar também foi decorada com vinis (Foto: Marcelo Victor)Parede do bar também foi decorada com vinis (Foto: Marcelo Victor)

Na rua José Antônio, esquina com a Barão do Rio Branco, o bar "Velfarre" leva o nome de uma das baladas mais famosas do Japão. Rodrigo Hata, de 32 anos, foi trabalhar do outro lado do mundo ao lado do irmão. Depois de 8 anos longe do Brasil, e de um Tsunami de 2011, os dois decidiram voltar para casa. Com a grana que juntaram trabalhando como operários abriram uma conveniência que agora é bar. 

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

Como o Japão já não rende como antigamente, não sobrou dinheiro para luxos. Na falta de verba, arregaçar as mangas é a solução e foi preciso até aprender a assentar vaso sanitário pelo Youtube para deixar a casa 100%Para economizar na reforma que transformou a conveniência, os sócios viraram pedreiros. "Tudo que fizemos foi assistindo vídeo, tem tudo na internet", lembra.  

Mas nem por isso eles deixaram de lado a "tecnologia". O banheiro masculino não tem descarga. A engenhoca parece coisa de japonês mesmo. Eles criaram um sistema automático, com uma bomba de aquário. No lugar do bidê, o que existe é balde da cerveja Duff no banheiro dos meninos. "Um bidê custa R$ 300, já o balde saiu por R$ 70,00, cada", justifica. O encanamento exposto é outra "lição" que os irmãos curiosos pegaram por aí. "Fui à uma mostra de arquitetura e vi que isso estava na moda, então criei aqui", diz. 

Já no banheiro das mulheres, as paredes são decoradas com gibis. E quem for demorar, consegue até ler as histórias dos quadrinhos. Rodrigo explica que comprou edições duplicadas, para conseguir colar as páginas de forma que as clientes pudessem ler. Os gibis foram comprados em sebos, mas a parede também tem mangás que pertenciam aos irmãos, todos em japonês.

A câmera fria usada para estocar bebida perdeu o espaço para a música. Rodrigo conta que como não é mais conveniência, ele e o irmão construíram uma sala para que os músicos pudessem se apresentar. Discos da Xuxa, Jaspion e Led Zeppelin estão na parede para incentivar os clientes a também levarem os seus.

O cardápio é tradicional, mas assim que e uma nova comanda é aberta, os clientes da mesa ganham uma porção de 200 gramas de batata frita. No lugar, a porção especial mistura 23 tipos de petisco, custa 17,90 e foi batizada de Mix Fifa, em homenagem a quem vai ao bar para assistir aos jogos de futebol.

Aos finais de semana o Velfarre recebe artistas para se apresentar. O bar funciona de terça-feira a domingo, a partir das 17 horas.

Mangás estão espalhados pelas paredes do bar (Foto: Marcelo Victor)Mangás estão espalhados pelas paredes do bar (Foto: Marcelo Victor)
Bar fica na rua José Antônio, esquina com a Barão do Rio Branco  (Foto: Marcelo Victor)Bar fica na rua José Antônio, esquina com a Barão do Rio Branco (Foto: Marcelo Victor)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.