A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

24/06/2012 15:39

Espetáculo de comédia provoca reflexão sobre corrupção e o sistema prisional

Paula Vitorino
Espetáculo será às 20h. (Foto: Divulgação)Espetáculo será às 20h. (Foto: Divulgação)

Com reflexão sobre o sistema prisional e a corrupção, o espetáculo “Conversa pra mais de Metro” é uma opção de entretenimento para este domingo (24). A peça será apresentada às 20h, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

A comédia juvenil-adulta tem classificação de 12 anos, duração aproximada de 60 minutos e retrata a história de dois presidiários bastante distintos que passam oito anos dentro de uma mesma cela.

O primeiro é um prisioneiro rústico e mundano, que depois de envolver-se num sequestro, acaba sendo preso e condenado. O segundo é um criminoso de alto nível, ou seja, um político metido até o pescoço em corrupções. A disparidade social e cultural das personagens promove o riso e a crítica social.

A peça propõe uma reflexão sobre o atual panorama político do país e faz uma sátira do nosso sistema carcerário.

O espetáculo se alicerça no trabalho do ator, lançando mão dos recursos de figurino, cenário, sonoplastia, apenas como complemento. O elenco é composto por Marcos Alexandre e Yago Garcia.

Os ingressos serão vendidos nos valores de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). A meia-entrada é valida para crianças até 12 anos, estudantes, professores, doadores de sangue, e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas Calógeras e a 14 de Julho.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.