A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

03/10/2013 06:24

Festival celebra o homem Pantaneiro de hoje até o dia 5 de outubro em Miranda

Lado B
Homem pantaneiro é foco, do comportamento a gastronomia. (Foto: divulgação)Homem pantaneiro é foco, do comportamento a gastronomia. (Foto: divulgação)

Categorias que para quem nunca pisou n Pantanal é algo indecifrável, no Encontro do Homem Pantaneiro serão motivo de premiação. Nos 3 dias de evento que começa hoje, os jurados vão escolher, por exemplo, o melhor "Cargueiro" e "Trempe" de Comitiva.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

O evento também vai eleger quem melhor faz a comida servida durante o transporte de gado de uma fazenda a outra, quem contar causo como ninguém, o melhor violeiro de galpão, o bom de berrante e o traje de peão que mais se destaca.

É uma festa que celebra o homem pantaneiro e, de tabela, a identidade sul-mato-grossense.

O universo das comitivas é só um ponto na programação do festival que termina no dia 5 de outubro, com show do violeiro mais prestigiado do Estado, Almir Sater.

O som nesta quinta-feira é de Índio e Ralf, Munhoz e Mariano e amanhã quem toca é Matogrosso e Mathias.

Miranda será ambiente de divulgação da cultura de Mato Grosso do Sul, do artesanato ao audiovisual, e escolheu um lugar simbólico para isso, a estação ferroviária da cidade.

Os organizadores montaram exposições, mostra de filmes e fotos, serão realizadas palestras e, é claro, os dias vão acabar com bons bailes pantaneiros.

O trem é uma das atrações da festa. Hoje, sai às 15 horas de Aquidauana com artistas e famílias tradicionais, rumo a Miranda, ao som do grupo Chalana de Prata. 

Os ingressos para os shows variam de R$ 20,00 a R$ 40,00, com opção de pista e área VIP e são vendidos no local do evento.

O evento é organizado pela Sodepan - Sociedade de Defesa do Pantanal, criada em 1985 por um grupo de produtores da região do Pantanal, com o objetivo de preservar o meio ambiente e o equilíbrio ecológico dos ecossistemas do Pantanal no Estado de Mato Grosso do Sul.




Que maravilha, Miranda minha segunda cidade do coração. Saudades dos amigos e da terrinnha.
 
Mariza Costa em 03/10/2013 12:10:42
Sugiro acrescentar entre os filmes a serem exibidos, o documentário- "Os Pantaneiros", de autoria do José Padilha ( tropa de Elite). Este documentário, tem a participação de Fausto da Costa Oliveira, de 83 anos, residente em Corumbá, MS. Fausto da Costa Oliveira é boiadeiro, atuante até os dias de hoje, um exemplo de vida a ser seguido. O documentário aborda as nuances da condução de uma boiada, regada com casos típicos e crendices, que somente um pantaneiro da gema poderia contar.
 
renato oliveira em 03/10/2013 09:17:50
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.