A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

26/07/2016 08:25

Festival de Inverno é no final de semana e ainda dá tempo de planejar

Naiane Mesquita
Nação Zumbi é a grande atração de sexta no Festival de Inverno de Bonito Nação Zumbi é a grande atração de sexta no Festival de Inverno de Bonito

Preparem as barracas, o Festival de Inverno de Bonito está chegando e nada melhor do que curtir a natureza no melhor destino de ecoturismo do mundo. O município que está distante 257 km de Campo Grande ainda tem algumas vagas em hoteis disponíveis, além dos campings espalhados pela cidade, uma opção mais em conta para os aventureiros.

Veja Mais
Antiga casa noturna virou 2 na Afonso Pena e reabre com lounge e pub sertanejo
Avião de Xuxa faz pouso de emergência após ser atingido por raio

O festival começa no dia 28 de julho e segue até o dia 31, domingo. Quem não quiser arriscar com as caronas, duas opções de ida são as vans e os ônibus. Pela Vanzella, o preço é de R$ 100,00, com quatro horários, das 9h30, às 14h30, às 19 horas e às 23 horas. Informações pelo telefone (67) 3391-1029. Já pela Terra Transporte, o valor é mais em conta, das 11 horas e 14 horas, o valor é R$ 70,00, enquanto das 16h30, o preço é de R$ 60,00. O contato é pelo telefone (67) 3255-1001.

Elza Soares mostra o último trabalho em Bonito Elza Soares mostra o último trabalho em Bonito

Na Vanzella, a saída é do aeroporto e do Hotel Nacional, próximo a antiga Rodoviária, enquanto da Terra é na Cooperativa de Vans, na rua Barão do Rio branco, próximo também da antiga rodoviária.

A viagem de van costuma demorar em média 3 horas, enquanto na de ônibus o itinerário é um pouco mais longo. Na Cruzeiro do Sul, há dois horários, às 9 horas com chegada às 15h30 e às 13 horas, com chegada às 17h10. O preço é de R$ 65,11.

Em relação aos hoteis, a cidade ainda não está completamente cheia. É possível encontrar quartos em uma faixa de preço de R$ 75,00, como na Pousada do Mineiro e até R$ 574,00 em um quarto de casal luxo especial na Pousada Águas de Bonito. Mas, restam poucas vagas, então quem quiser um hotel deve se apressar.

Banda Curimba de Mato Grosso do Sul também está na programação Banda Curimba de Mato Grosso do Sul também está na programação

Na Águas de Bonito, o valor varia. A diária para sexta (29) e sábado (30), o valor do quarto de luxo é de R$ 380, o casal, enquanto a superior luxo é de R$ 480,00. Na Pousada Vôo das Garças, o valor é de R$ 220, para o casal, enquanto na Paraíso das Águas é R$ 272,00. A vantagem da última é a proximidade com o centro, já que fica na avenida Pillad de Rebuá, a principal do município. Nas diárias estão inclusos o café da manhã.

Quem está com o orçamento baixo, pode investir nos hostels ou campings. O Harê Hostel e o HI Hostel estão lotados. Já o São Jorge Hostel Pub ainda tem vaga, mas só fecha sexta, sábado e domingo, no valor de R$ 35,00. No local há uma decoração diferente, com mesas de sinuca, vale a pena para os baladeiros.

No Camping, o Nômadas ainda tem vaga pelo preço de R$ 30,00. Já no Balneário e Camping do Gordo, o valor é de R$ 50,00, sendo que criança de 8 a 11 anos paga metade. No espaço há uma quiosque com churrasqueira e pia.

Em Bonito há inúmeros balneários para passeio, no entanto, o mais barato nessa temporada continua sendo o municipal. O valor para turistas é de R$ 36,00.

Programação – O 17º Festival de Inverno de Bonito começa no dia 28 a 31 de julho, na cidade turística. Ao todo serão 83 atividades artísticas, 21 nacionais e 62 de Mato Grosso do Sul. Em destaque há os shows de Elza Soares, Nação Zumbi, banda Barra da Saia e os instrumentistas gaúchos Renato Borghetti e Yamandu Costa.

Dia 28 de julho

Shows

A Barra da Saia - Grupo formado por mulheres, o quarteto apresenta um repertório que mistura sertanejo de raiz, country, rock e ritmos fronteiriços, como polca, guarânia e chamamé.

“Uma Pra Estrada” - É um tributo a Geraldo Roca, autor de canções como “Trem do Pantanal”, "Uma pra Estrada" e “Mochileira”. Terá no palco Geraldo Espíndola, Guga Borba, Hermanos Irmãos, Jonavo, Ju Souc, Marina Dalla, Paulo Simões e banda com Alex Cavalheri, Gabriel Basso, Lenador Perez e Sandro Moreno.

Orquestra Vai Quem Vem - é composta por metais e percussão, revive as festas juninas e o carnaval de rua, tocando marchas, frevos, sambas, sambas reggae, manguebeat, maracatu, baião... No festival, pelas ruas de Bonito, o público seguirá em cortejo.

Orquestra Filarmônica Jovem do Pantanal - traz seu grito ecológico em defesa da natureza com o espetáculo audiovisual “Araras da Cidade Músicas do Mato” integrando música e imagens projetadas durante a apresentação.

Dia 29 de julho

Shows

Santo Chico - Banda com um repertório de clássicos da música brasileira, como Adoniran Barbosa, Martinho da Vila, Chico Buarque, Criolo e até Reginaldo Rossi.

Nação Zumbi - Os pernambucanos comemoram em show os 20 anos do lançamento do histórico disco Afrociberdelia, o segundo e último do fundador do grupo, Chico Science.

Dia 30 de julho

Shows

Curimba - O grupo tem um som característico que passa pelo rap, reggae, rock, pop e samba.

Elza Soares - Apresenta o premiado “A Mulher do Fim do Mundo”. Do alto dos seus 60 anos de carreira, a cantora é uma das maiores personalidades da história da MPB. Elza canta sentada em um trono metálico em meio a um cenário cercado por mil sacos plásticos de lixo preto acompanhada de um elenco de 15 artistas.

31 de julho

Shows

Leo Goiano e Girsel da Viola - . Os dois são sul-mato-grossenses de Camapuã, e gostam de dizer que têm como missão manter viva a música de raiz.

Renato Borghetti e Yamandu Costa – Eles tocam “a música que veio do frio”. Os dois já vêm realizando shows com um repertório que mistura temas clássicos, música gaúcha e de fronteira costuradas com levadas de choro.

A programação completa pode ser acessada pelo site oficial do Festival de Inverno de Bonito




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.