A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

03/06/2016 06:20

Há 40 anos na estrada, circo tradicional chega com atrações clássicas e musicais

Naiane Mesquita
Malabarista abre o show do Circo Medrano (Foto: Naiane Mesquita)Malabarista abre o show do Circo Medrano (Foto: Naiane Mesquita)

Circo sempre tem uma magia, não importa quanto tempo passe ou se a era de ouro já ficou para trás. Entre um salto na corda marítima capaz de tirar o fôlego do espectador, a um palhaço que joga pipoca na plateia, há espaço para uma gargalhada da criança verdadeira ou a que existe em você.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

De parada em Campo Grande, o Circo Medrano tem o tradicional, ou seja, malabaristas que brincam com fogo, atirador de facas, agora na versão machadinho e faca flamejante, palhaço, trapezista, contorcionista e dançarinas. De bônus, há pequenos shows musicais de personagens queridos entre as crianças, como os Minions e da animação Frozen.

Mas tudo é muito simples. É uma dublagem nada demais e com bonecos, mas as crianças amam, ficam emocionadas e até vão para frente do palco pedir para tocar ou abraçar.

Palhaço é atração do picadeiroPalhaço é atração do picadeiro
Globo da Morte sempre impressiona Globo da Morte sempre impressiona

Nos bastidores, os artistas parecem não se impressionar mais com os momentos surpreendentes do Globo da Morte ou do trapezista. O motivo é simples, o circo está na estrada há 40 anos. Foi fundada pela família de Suli Palacios, 28 anos, que é a quinta geração a assumir a administração da companhia. “O circo é de São Paulo, meus avós, meus pais trabalharam no circo e agora eu sou trapezista”, afirma.

Ela começou a treinar quando tinha apenas 8 anos e desde os 10 se apresenta profissionalmente. Sempre sozinha. “Meu trapézio é para uma pessoa só. Comecei novinha”, ri.

O circo emprega 36 artistas e 15 pessoas da produção. “Nós revezamos no picadeiro para não ser sempre o mesmo espetáculo. Toda semana é algo diferente”, explica.

Espetáculo também tem música da Frozen para atrair as crianças Espetáculo também tem música da Frozen para atrair as crianças

A cidade natal é Santo André, no interior de São Paulo, onde Suli nasceu, mas cada artista tem uma casa diferente. “Viajamos basicamente em trailers, motorhomes. No final do ano tiramos 30 dias de férias, que é quando todo mundo vai visitar a família. Cada um mora em um canto, tem gente de fora”, diz.

O preço dos ingressos é de cadeira lateral R$ 25,00 (adulto), R$ 20,00 (criança), cadeira central (adulto) R$ 30,00 e R$ 20,00 (criança). O camarote com quatro lugares sai por R$ 150,00. No local ainda vende pipoca, batata frita, cachorro-quente e algodão doce, sendo que todos custam R$ 5,00. Uma dica é que o picadeiro foi montado em um local sem calçada, então vale a pena investir em um tênis. As sessões acontecem durante a semana às 20h30, as sextas e sábados em dois horários, 18h e 20h30. No domingo, o espetáculo é realizado às 16h, 18h e 20h30. 

O Circo Medrano está localizado na avenida Ernesto Geisel, entre o Shopping Norte Sul e o Horto Florestal. Informações pela página do Facebook.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.