A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

22/07/2012 15:56

Histórias contadas por fotografias são exibidas no Centro Cultural

Mariana Lopes
Filme Vinil Verde (Foto: Divulgação)Filme Vinil Verde (Foto: Divulgação)

Foto fixa, imagem estática, em movimento, edição de som. Basicamente estas são as principais características dos filmes com histórias contadas através de fotografias, que serão exibidos a partir desta terça-feira (24) até a próxima sexta-feira (27), no Centro Cultural José Octávio Guizzo.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

As sessões do projeto "Cine Brasil – Curtas e Longas no Centro" são gratuitas e exibidas todos os dias a partir das 18h30.

Na terça-feira (24) serão exibidos os filmes “Vinil Verde”, de Kleber Mendonça Filho, que conta a história de uma mãe que dá à filha uma caixa cheia de velhos disquinhos coloridos. A menina pode ouvi-los, exceto o vinil verde. E “Banco de Sangue”, de Luiz Montes, que mostra a reação de um garoto diante da violência dos adultos e do excesso de TV.

Na quarta-feira (25), é a vez dos filmes “Gaivotas”, do diretor Cristian Borges, no qual o tempo não existe; só aqui existe. A tragédia não existe; só existe a fome. E o filme “Para Sempre Assim”, dos diretores João Carlos Lemos e Róger Carlomagno, que retrata a vida de um casal que lida com problemas de comunicação e relacionamento, algo muito pessoal, mas também universal.

Na quinta-feira (26), será exibido o “Arpoador”, da diretora Fernanda Ramos, que mostra um dia no Arpoador contado através de fotografias. Em seguida terá apresentação do filme “Aqueles Dias”, de Gustavo Nasr, que retrata a história de Paulo e Camila contada através de seu baú de fotografais.

Na sexta-feira (27), o projeto finaliza com a exibição dos filmes “Jugular”, da diretora Fernanda Ramos. O curta experimental é composto por fotografias coloridas e mostra o encontro entre um rapaz e uma moça, à noite, culminando em um viaduto. E do filme “Juvenilia”, de Paulo Sacramento, que retrata um grupo de jovens munidos de ferramentas, pedras e pedaços de pau. Uma sequência de fotos em preto e branco.

O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na rua 26 de agosto, 453. Mais informações podem pelo telefone 3316-9166.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.