A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/12/2012 20:33

Inaugurada, Orla Ferroviária resgata início da história de Campo Grande

Nícholas Vasconcelos e Elverson Cardozo
Inaugurada, Orla Ferroviária revitalizou região da antiga estrada de ferro. (Foto: João Garrigó)Inaugurada, Orla Ferroviária revitalizou região da antiga estrada de ferro. (Foto: João Garrigó)
Prefeito Nelson Trad Filho acompanhado da família de Waldir dos Santos Pereira. (Foto: João Garrigó)Prefeito Nelson Trad Filho acompanhado da família de Waldir dos Santos Pereira. (Foto: João Garrigó)

Inaugurada na noite deste sábado (22) a Orla Ferroviária, obra que ocupa o antigo espaço da linha férrea de Campo Grande. Participaram da cerimônia o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), moradores, arquitetos, empresários e a família de Waldir dos Santos Pereira, descendente do fundador de Campo Grande, José Antônio Pereira. Dr. Waldir, como era conhecido, empresta o nome para corredor cultural do qual a Orla Ferroviária faz parte ao lado do Horto Florestal, Mercadão Municipal, Camelódromo e Orla Morena.

Veja Mais
Orla Ferroviária muda cenário da área central e agrada quem vê
Orla ferroviária recebe últimos retoques para inauguração à noite

“A revitalização de um lugar da cidade onde tudo começou. Aqui chegavam as pessoas, desenvolvimento e progresso”, declarou Trad Filho. Ele destacou a importância histórica da região da linha ferroviária para o desenvolvimento de Campo Grande.

Nelsinho lembrou que a obra foi possível com o trabalho de equipe, onde moradores e comerciantes foram consultados e vão ajudar a preservar o que foi construído. Durante a cerimônia, os permissionários dos quiosques de alimentação assinaram a documentação e o convênio com o Propam (Programa de Parceira Municipal), já que terão ajudar a manter a conservar o local.

“É um lugar para que as pessoas possam vir, se alimentar e conhecer uma parte da cidade”, lembrou o administrador.

O prefeito destacou a entrega de obras e a satisfação no encerramento do segundo mandato. “Quando se tem um governo de sequência a sociedade ganha com isso. Eu não falo isso por conta de uma descontinuidade, mas o histórico foi muito feliz”, comentou.

O presidente do Conselho Regional do Centro, João Eulógio Barbosa de Matos, 56 anos, participou do início das discussões da Orla e das sugestões dos moradores e comerciantes. “Era uma região inóspita, perigosa. Onde tinha lixo, tinha dengue e agora está essa beleza”, comentou.

Casal vê Orla comentou melhora na região central da cidade. (Foto: João Garrigó)Casal vê Orla comentou melhora na região central da cidade. (Foto: João Garrigó)

As obras na região central da cidade também foram lembradas porque representa os moradores dessa parte de Campo Grande, como a revitalização da praça Ary Coelho, Orla Morena e Via Morena.

O casal Nislei Pires, 40 anos, e João Claudio, 42 anos, comemorou a inauguração da obra, em especial pela segurança que ela trouxe. Eles moram na rua Antônio Maria Coelho e dizem que a região melhorou muito, mesmo antes da inauguração.

“A gente morria de medo, era um ponto de encontro de pessoas desocupadas. Essa obra acrescente um valor histórico e financeiro”, comentou Nilsei.

João Claúdio concorda com a esposa e disse que a Orla superou as expectativas. “Aqui vinha um monte de andarilhos. Não que vai acabar, mas vai inibir”, disse.

Neto do homenageado, o diretor do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) , Carlos Henrique Santos Pereira, agradeceu Nelsinho pela lembrança e afirmou ter uma dívida com o prefeito e o vice, Edil Albuquerque.

“Esse é o lugar que a gente brincava e que se transformou. Fica evidente que a cidade é um organismo vivo”, declarou Santos Pereira que é amigo de infância de Trad Filho.

Santos Pereira lembrou também das outras obras da região central da Capital sul-mato-grossense. “A cereja do bolo é esse pedaço que se inaugura hoje, daqui da Afonso Pena até a Rodoviária”, encerrou.




Tem que ser tudo muito bem feito mesmo pelo tanto que custa ! Vejam só a maioria destes gramados que foram trocados em praças e canteiros centrais de avenidas estão se acabando , porque estão praguejados de formiga e inço e morrem de seca. Muitos destes canteiros centrais são feitos em cima do asfalto mesmo, só fazem o meio fio e colocam terra em cima, a grama morre mesmo porque não tem como puxar umidade do solo! Ex.: canteiro em frente Comper Ipe, av Café Filho praça Coophatrabalho .
 
Ado Filho em 24/12/2012 09:18:05
Esta lindo porém a conservação é muito importante pois custou nosso dinheiro tem que colocar câmara e punir com rigor os vândalos ter funcionários para manutenção espero que o próximo prefeito atente para isto vamos cobrar tudo que temos diretos a nossa cidade esta linda sou paulistana porem adoro campo grade de paixão e coração moro á 32 anos e me considero mato-grossense em tempo quero pedir pelo amor de deus para o atual prefeito mandar tapar os enormes buracos que se formaram na sargetas onde escorrem água é piscinas de mosquitos na frente de meu prédio na manoel inacio de souza edifício bouganville vivinho do governador tem 2 enormes buracos com água diariamente e já tivemos morador com dengue também na rua artur jorge em frente a galeria quinta avenida ao lado do extra tem também.
 
Janete Maria Barão em 23/12/2012 19:13:18
Esta tudo muito LINDO, maravilhoso... bonito de se ver, assim como ESTAVA a Orla morena, mas tudo precisa de manutenção e segurança.Infelizmente, em Campo Grande constroem obras belíssimas, mas pecam na FALTA de SEGURANÇA e manutenção.
Em Curitiba, a manutenção é diária com o pessoal da Prefeitura. Eles começam por volta das sete da manhã, onde REGAM, substituem as plantas danificadas, etc... e olha que Ctba é úmida, agora Campo Grande que é seca, essas plantas só veem àgua da chuva e as destruidas pelos vandâlos não são substituidas.
Quanto a Segurança, ZERO...melhora um pouco, quando acontece algo de repercussão, mas depois que a poeira abaixa, volta a estaca ZERO.
Após às 22h, todos os malacos com mochila deveriam ser revistados, pois grande parte carregam tinta para pixar.
 
Neyde de Oliveira em 23/12/2012 09:45:29
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.