A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

20/12/2014 07:12

Japoneses comemoram 100 anos de imigração com dança e histórias

Elverson Cardozo
Grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko. (Foto: Divulgação)Grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko. (Foto: Divulgação)

Em comemoração aos 100 anos da imigração japonesa em Campo Grande, a filial regional do grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko, que preserva e difunde a cultura de Okinawa na cidade, realiza, neste sábado (20), das 20h às 22h, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, um evento para ressaltar a trajetória dos "aventureiros" que, por vários motivos, decidiram viver por aqui.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Trata-se do espetáculo "Toki wo Koe”, que significa “Através dos Tempos”. Líder do grupo na Capital, Mário Sergio I. Kohatsu explica que ação será focada nas danças típicas, do estilo clássico ao moderno e, também, nos depoimentos de quem chegou a Campo Grande há anos e de quem nasceu em território sul-mato-grossense.

“Entrevisamos 6 ou 7 pessoas e algumas crianças. A ideia é mostrar como foi a chegada, como foi a batalha para vencer na vida. Teve o perído da guerra que o pessoal do Japão sofreu um pouco. As crianças vão falar como se sentem, qual identidade tem, se consideram-se brasileiras ou japonesas. São coisas rápidas. O foco são as apresentações”, adianta.

A programação inclui música com viola japonesa e a tradicional apresentação de tambores do grupo liderado por Mário. O evento vai contar, ainda, com a presença de dançarinos de outras filiais, de cidades como Curitiba, Londrina, Campinas e São Paulo. Mário estima um público de, pelo menos, 700 pessoas.

Grupo - Ryukyu Koku Matsuri Daiko significa “Tambores Festivos do Reino de Ryukyu”. O grupo foi formado, originalmente, em Okinawa, província ao sul do Japão, em 1982.

Em Campo Grande, filial do grupo Ryukyu foi fundada em 2006. (Foto: Divulgação)Em Campo Grande, filial do grupo Ryukyu foi fundada em 2006. (Foto: Divulgação)

Estabeleceu-se por meio da união de jovens okinawanos e com o objetivo de manter e difundir a cultura e as tradições locais por meio de manifestações artísticas, que combinam o tradicional e o moderno.

O grupo possui 25 filiais no território japonês. Também está presente na Argentina, Bolívia, Estados Unidos, México, Peru e Brasil. Em Campo Grande, a filial foi fundada em junho de 2006 e conta hoje com cerca de 70 jovens.

Serviço - Ingressos para o espetáculo espetáculo "Toki wo Koe” estão sendo vendidos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada), na Associação Nipo Brasileira, localizada à Rua Antônio Maria Coelho, 1068, e na loja Santa Lola, no Shopping Campo Grande.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.