A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

19/03/2012 18:10

Justiça manda Tradição pagar indenização por alterar a música Pé de Cedro

Nadyenka Castro e Ângela Kempfer
Tradição cantou Pé-de-Cedro quando Michel Teló ainda integrava o grupo. Tradição cantou Pé-de-Cedro quando Michel Teló ainda integrava o grupo.

Por decisão judicial, o Grupo Tradição terá que pagar R$ 30 mil de indenização, mais correção monetária, ao filho e à viúva de Goiá, co-autor da música Pé de Cedro.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

A ação tramitava desde 2005 com pedidos de indenização por danos morais e materiais. Em setembro de 2011, o juiz Claudio Müller Pareja, de Coxim, determinou o pagamento do montante, “(...) acrescido de correção monetária pelo IGP-M e juros de 1% ao mês...”.

Conforme a decisão do magistrado, o grupo foi condenado somente pelo dano moral. Já em relação aos danos materiais, o juiz considerou que. “(...) não há de se falar em reparação de dano material, eis que não restou demonstrado o nexo de causalidade entre a conduta indevida do terceiro e o efetivo prejuízo patrimonial, devendo tal pedido ser julgado improcedente”.

A família de Goiá impetrou com ação porque houve alteração de um verso da música, sem prévia autorização, e além disso, não recebeu direito autoral.

O grupo passou a excluir "Coxim" de um dos versos da canção e acrescentar Campo Grande durante os shows. O problema maior é que a música é como um hino de Coxim, cidade de Zacarias Mourão, o outro compositor de Pé de Cedro.

O Grupo Tradição recorreu ao Tribunal de Justiça contra a decisão em primeiro grau. No último dia 15, o Tribunal manteve a decisão, que deve ser cumprida no prazo máximo de 15 dias a contar da data de comunicação oficial aos responsáveis, “ (...) sob pena da incidência de multa de 10% (dez por cento) do valor da condenação, nos termos do artigo 475-J do Código de Processo Civil.”

Veja como o Tradição adaptou Pé de Cedro:




No caso aqui, não importa se o grupo conseguirá ou não pagar a indenização na sua totalidade ou somente parte dela. O que fica é o exemplo da aplicação dessa multa por gravarem a música sem autorização da família do Goiá e, o que é pior, alterarem a letra para agradar os próprios conterrâneos. Isso vai desestimular outras bandas a caírem no mesmo erro e a respeitarem os direitos autorais.
 
Marcelo Aguiar em 22/03/2012 06:52:48
Ganância tem em todo lugar, mas antes de julgar sem saber, procure se informar quando o processo foi aberto. A justiça é lenta nesse país, lembra? quando o processo chega ao final já passaram-se anos!
Michel Teló não era quem é hoje... Cuidado com opinião sem informação gente...
 
Mari Cunha em 21/03/2012 12:34:09
O refrão, realmente ficou alterado, dando uma outra característica à letra, a melodia é a mesma. Pergunta que não quer calar,vai cobrar a quantia ganha de quem? Se o grupo Tradição se dissolveu e,não deixou um cheque caução para saldar a dívida. A justiça demorou tanto que provavelmente a sentença não surtirá efeito desejado, a busca do valor ganho. A não ser que cada um dos componentes pagará.
 
Salvador Zeferino da Silva em 20/03/2012 12:24:48
Se o Grupo Tradição se desfêz, a cobrança será efetuada de seus ex-sócios. A cobrança é legítima e deve ser paga, para que cada elemento do grupo extinto em especial o Sr. Michel Teló continue tendo o respeito do público.
 
NEUSA SOARES em 20/03/2012 10:14:11
è e isso que éra música1111111111111111
 
Iza Moreira em 20/03/2012 09:52:28
Nossa! mas p q isso foi surgir justo agora? kkkkkkkkkkk, é obvio! GANÂNCIA dos oportunistas de plantão, que mais parecem urubu em cima de carniça! Só pq o Michel está com tudo no sucesso e cheio da grana!!! SIMPLESMENTE...RIDÍCULO
 
Fabiana Rocha em 20/03/2012 09:50:56
É muitos por causa de dinheiro atiram por todos os lados... Isso é forma de arranacar grana facil ou melhor, com apoio da justiça de um grupo que cantava varias musicas fez muito sucesso e atraiu a inveja de muita gente
 
carlos lima em 20/03/2012 09:26:00
Saudades dos tempos de Estoril e Tradição.
 
Gladston Martins em 20/03/2012 08:10:16
Se o grupo Tradição não existe mais, quem vai pagar a ondenização?
 
anmtonio quebrado em 19/03/2012 11:02:37
ESTE SIM ERA O GRUPO!! BONS TEMPOS EM QUE IAMOS PRO ESTORIL E AMANHECIAMOS DANÇANDO AO SOM DO TRADIÇÃO, MAS INFELIZMENTE POR CAUSA DA GANANCIA DE UNS AGORA JA ERA!!
 
CARLOS DAMASCENO em 19/03/2012 08:13:35
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.