A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

24/02/2012 21:54

Liminar autoriza shows no Parque de Exposições este ano

Elverson Cardozo
Tempo para cumprimento do TAC foi prorrogado. (Foto: João Garrigó)Tempo para cumprimento do TAC foi prorrogado. (Foto: João Garrigó)

A Justiça concedeu nesta sexta-feira (24) liminar que autoriza a realização de shows na Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), durante a Expogrande 2012. A decisão é do juiz Amaury da Silva Kuklinski, da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais homogêneos.

Veja Mais
Procura-se um padrinho que ajude na guinada de um cantor sertanejo
Antiga casa noturna virou 2 na Afonso Pena e reabre com lounge e pub sertanejo

O tempo para cumprimento do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), segundo o presidente da entidade, Francisco Maia, foi prorrogado para mais um ano. O pedido de liminar foi entregue antes do carnaval, no dia 13 de fevereiro.

Na solicitação, a Acrissul prometia cumprir as exigências feitas pelo MPE (Ministério Público Estadual), que incluíam isolamento acústico e rede de esgoto. Na liminar, a justificativa é de que a exposição agropecuária é o mais significativo evento da área ruralista de Mato Grosso do Sul, de grande significação e uma “oportunidade ímpar de contato da população com sucessos até mundiais da música”.

Chico Maia comemorou a conquista e agora acredita que a discussão seja coisa do passado. “Agora vamos procurar constituir um caminho diferente longe de discussões judiciais”, disse, acrescentando que o TAC está sendo cumprido.

Neste sábado (25), Maia pretende se reunir com empresários. O objetivo é agilizar a volta dos trabalhos para a Expogrande, que será realizada do dia 12 ao dia 22 de abril. “Já tem 48 leilões agendados”, contou.

Quanto às atrações músicas, nada ainda está definido, mas alguns shows já estão pré-agendados. O que se sabe é que haverá pelo menos 5 atrações nacionais e cerca de 4 regionais.

O presidente da Acrissul também afirmou que vai procurar o prefeito e o governador, além de entidades ligadas ao agronegócio para uma reunião sobre o evento.




Pode ter liberado, mas eu não vou. Sou contra qualquer entidade que passe por cima das leis, inclusive ambientais. Boicote ;)

 
edi Rosa em 29/02/2012 02:12:53
ato Vergonhoso e Lamentável a decisão desse Magistrado, simplesmente jogou no lixo a legislação municipal e passou por cima de um TAC firmado a anos, e não cumprido mesmo com o prazo dilatado que foi dado.Quero só ver se a prefeitura e a Polícia Militar vão cumprir a nova lei anti algazarra, aglomeração e consumo de bebida alcoolica nos arredores do Pq. de Exp., além da depredação do patrimônio.
 
Hipólito Reis em 29/02/2012 02:06:59
"Desmoralizado" o MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, Desmoralizado também a magistratura do MS.... desde janeiro o ACORDO já estava feito????
coitado do povo morador e pagadores de impostos que moram na vizinhança do parque Lauciudio Coelho, porque a mijação, roubos, furtos ,vendas de drogas, bebidas irá continuar porque o lobby é muito forte...
espero que empresários que trabalham na noite façam igual
 
GILMAR CANDIDO em 26/02/2012 09:34:19
Eu particularmente adorei, porque moro perto do Horto Florestal e fica bem fácil e prático o acesso até a exposição. Mas, espero que tenha resolvido tudo, para que o ano que vem não seja a mesma ladainha que tem sido durante os últimos anos.
 
estela algarve em 26/02/2012 05:27:11
conversando com meu avô o mesmo me disse que a anos atras não existiam moradias no entorno do parque de exposições você atravessava uma área de mato gigante agora quem errou nisso tudo foi a prefeitura em fazer loteamentos no entorno do parque e quem comprou casa no entorno sabendo da tradição dos shows, essa discussão é meramente politica o evento dura duas semanas apenas...
 
William Alves em 26/02/2012 05:21:36
Que beleza heim..... Quer dizer então que minha empresa tb pode trabalhar sem cumprir com suas obrigações municipais e estaduais????
Lamentável a decisão deste juiz....
E quanto a Acrissul, que coisa feia heim, está sendo pessimamente presidida por uma pessoa sem palavra, que não cumpre acordos.....
 
Pedro Rosas em 25/02/2012 12:39:21
Engraçado esse povo, quando compraram a casa deles pensaram na valorização que o parque de exposição daria no seu imóvel agora fica reclamando com o barulho!!! Vamos trocar venha morar aqui no santo amaro ao lado do semi aberto e eu vou morar ai perto do parque de exposição que têm festa só nos finais de semana, vocês reclamam de barriga cheia venha para o santo amaro para vc ver!!!!!!!!!
 
leonardo siqueira em 25/02/2012 11:41:33
AO , RIAN MONTEIRO,JOSE ALBERTO MACIEL, VIOLETA CAPELETE. A EXPOSIÇÃO E CULTURA, VOÇÊS DEVE MORAR NO INTERIOR, NÓS PRECISAMOS DE EVENTOS QUE TRAGA ALEGRIA PRA NOSSA CAPITAL.
SE NÃO!!, CAMPO GRANDE VAI PARECER CEMITERIO. DA MANEIRA COMO VOÇÊS PENSAM. DA LIÇENSA!!!
 
DANIEL MENDES NETO em 25/02/2012 11:34:35
É uma vergonha, que feira agropecuária é essa que não funciona sem shows, uma verdadeira feira de agronegócios tem de ser voltada a classe produtora, quem vai nos shows não vai em leilões, não compra máquinas agrícolas, implementos etc. As feiras pelo Brasil a fora como a de Cascavel PR no inicio deste mês e amaior que é a Agrishow, vê que não existe shows,sim novidades do agronegócio q lástima.
 
José jardim em 25/02/2012 10:37:42
Pode ter liberado, mas eu não vou. Sou contra qualquer entidade que passe por cima das leis, inclusive ambientais. Boicote ;)
 
Igor Padilha em 25/02/2012 10:13:16
Parabéns, uma tradição que deve ser tombada como cultura, se o carnaval tem vez, a nossa Expo jamais deverá acabar. Quanto ao barulho não adianta mudar de lugar, a cidade com o tempo avança e a população toma conta do espaço, as pessoas devem entender isso.
 
Marisa Aluchna em 25/02/2012 10:03:42
Na minha opinião é que quem gosta somente de sossego e não é ecletico tem que se morar em fazenda, moramos em uma capital. Por favor, né....
 
Roberto Amaral em 25/02/2012 09:40:11
Parabéns ao juiz ótima decisão..
Campo Grande agradece afinal é o melhor local sem dúvidas para os eventos..
sobre quem mora perto, mudou pra lá porque quis sempre soube que lá tinha eventos, lamento mas os ecomodados que se mudem :P
 
Daiane Santos em 25/02/2012 09:34:43
Certamente se a acrissul fosse perto da casa do juiz ele não daria a liminar.As pessoas que apoiam a acrissul deveriam pedir para ela mudar para a porta da casa delas.
 
Marcelo Melo em 25/02/2012 08:04:54
valeu com certesa vamos ter mais emprego mais dinheiro para nosso estado e municipio,esse juiz tem uma visao de futuro.blz uma resposta para sociedade.
 
DARCI TOMAZ DE ARAUJO em 25/02/2012 07:16:51
PARABÉNS A ESSE JUIZ QUE FEZ JUSTIÇA SÓ NA EXPO GRANDE NÃO PODE FAZER BARULHO EM TODOS OS EVENTOS TEM MUITO BARULHO
O CARNAVAL DE RUA E UM DOS PIOR EVENTOS QUE JÁ CRIOU NO NOSSO PAIS SÓ BAGUNÇA E DROGA E NINGUÉM
FALA NADA DO BARULHO PARECE MAIS E INTRIGA DE OPOSIÇÃO PARABÉNS PELA LIMINAR
 
Carlos Alberto Cabral da silva em 25/02/2012 03:20:32
...e eu ja estava quase me esquecendo que Campo Grande ainda e movida a dinheiro e poder... Quem pode, pode... So espero que o sossego dos moradores seja respeitado e que ninguem morra, pq parece que esses shows so servem pra isso, a pessoa so vai pra encher a cara e arrumar confusao... Eita povo que precisa evoluir...
 
Violeta Capeleti em 25/02/2012 01:42:57
Lamentável a decisão desse Magistrado, simplesmente jogou no lixo a legislação municipal e passou por cima de um TAC firmado a anos, e não cumprido mesmo com o prazo dilatado que foi dado.Quero só ver se a prefeitura e a Polícia Militar vão cumprir a nova lei anti algazarra, aglomeração e consumo de bebida alcoolica nos arredores do Parque de Exposição, além da depredação do patrimônio público.
 
José Alberto Maciel em 25/02/2012 01:28:17
a justiça foi feita, com mais tempo com certeza a diretoria irá cumprir o tac, a expogrande é umas das maiores festas do país, não pode acabar assim com persiguição, o bom senso sempre prevalece.. valeu chico maia, sr Luis e toda a diretoria.... estamos juntos.. com certeza irá dar muitos empregos e distribuição de renda ... o agronegócio é o nosso carro chefe em ms.. avante.
 
carlos augusto borges em 24/02/2012 11:40:12
Uma vergonha essa decisão. A Acrissul ganha milhões em shows, leilões e outras atividades, e não consegue implementar um TAC em um ano? E os outros empresários, que não tem peso político, e essa conversinha de patrimônio cultural? Eles tem de implementar os TAC sem nenhuma ajuda do Judiciário. Justiça fraca, sociedade fraca, cidadão comum desprotegido. Só os poderosos tem poder para "chorar" .
 
Rian Monteiro em 24/02/2012 11:04:16
É profundamente lamentável a Acrisul ter que recorrer à justiça p/ poder se livrar do uso politiqueiro de decisões amparadas em dois pesos duas medidas. Shows musicais acontecem constantemente na Av. FCC, Morenão, Jockey Clube, PNI, Pç do Rádio, Pç do Papa...só no Pq de Exposição não pode...haja cinismo daqueles que pensam que são deuses ou já teem certeza que são.

Jânio F. Borges.
 
Jânio Fagundes Borges em 24/02/2012 10:46:36
parabens estamos la para mais grande evento em nossa capital
 
rubens soares em 24/02/2012 10:43:13
Quem tem dinheiro tem ¨Justiça¨já ladrão de galinha e pobre a lei
 
Luis Abraham Taleno em 24/02/2012 10:38:07
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.