A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

30/08/2012 11:13

Super produção para peça Branca de Neve promete até sensação 4D

Ângela Kempfer
Serão 3 sessões do musical, nos dias 14, 15 e 16 de setembro.Serão 3 sessões do musical, nos dias 14, 15 e 16 de setembro.

Duas carretas trazem 18 toneladas de equipamentos a Campo Grande nos próximos dias o mundo da princesa Branca de Neve, dividido em cinco cenários. É uma daquelas superproduções, com direito até a sensação 4D, com o cheiro de perfume exalado do palco.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

O musical Branca de Neve e os Sete Anões apresenta a história original, tem o enredo clássico, mas com uma pirotecnia poucas vezes vista por aqui. A adaptação do musical da Broadaway é assinada pelo italiano Billy Bond, que este ano produziu a “A Bela e a Fera” e “O Mágico de Oz” em Campo Grande.

A empresa dele, a Black & Red Produções, desde 2005, deu início ao “Ciclo de Homenagem aos Grandes Clássicos da Literatura Infantil”, com as grandes produções no estilo Broadway. A produção local é de Pedro Silva Promoções.

Na entrada, as crianças receberão um óculos 3D, para entrar no universo mágico que terá telões em terceira dimensão, antecipa Bonde. “Nas transições de um cenário para o outro, fazemos a exibição de imagens no telão, vídeos produzidos especialmente para a peça”.

Com forte sotaque italiano, ele fala sobre a produção de forma apaixonada. “É algo lindo, para qualquer idade, realmente mágico”, faz a propaganda.

No roteiro, também há explosões, levitação, chuva e neve artificial, como em um conto de fadas, tecnologia para agradar também os pais que também usa estratégias mais convencionais, como truques de mágica.

A equipe tem 50 profissionais, os 23 atores aparecem com 180 figurinos e há 35 trocas de cenários. “Vocês já viram nevar em Campo Grande? Vão ver agora”, diz Billy Bond.

Serão 3 sessões, nos dias 14, 15 e 16 de setembro. Na sexta-feira (14), o espetáculo será apresentado às 20h. No sábado às 16h e 19h. E no domingo às 16h.

Os ingressos podem ser adquiridos no 1° piso do Shopping Campo Grande, com valores que vão de R$ 80 a R$ 120. Crianças até 2 não pagam e até 12 anos, pagam meia entrada. Informações no telefone 3326 – 0105.




Se é uma superprodução repleta de recursos, o que encarece o espetáculo, a organização poderia colocar preço popular para pelo menos um dia de apresentação. Já que existe bolsa família, vale gás, bolsa escola, por que não bolsa cultura pra quem não tem condições de pagar caro? Eu tenho apenas uma filha, mas as mães que tem 3 ou 4 filhos, como vão fazer?
 
Juliana Moreno em 03/09/2012 01:06:45
Fico feliz toda vez que temos uma super produção infantil na cidade mas infelizmente pelo preço exorbitante não será desta vez que meus filhos irão conhecer teatro, cultura neste pais é assim.
 
Dulci Brito em 01/09/2012 11:48:55
É triste ser tão caro cultura... por isso galera vamos aproveitar os teatros da orla morena, não é nenhuma super produção mas é de graça ... e domingo tem até ator famoso...
 
Vera Lucia em 31/08/2012 11:01:45
NOSSA! MUUUUUITO CARO, é só pra quem tem grana, infelizmente não tenho condições de gastar uma cultura dessa, tudo bem, vale a pena, porem temos outras prioridades. LAMENTÁVEL.
 
Elza Maria em 31/08/2012 09:11:39
Poxa me imaginei na peça ao ler o roteiro...tenho 3 meninas (primas) com menos q 12 anos q amaria ir comigo,poxa seria um sonho,mais infelizmente pelo preço,pra nós não será possivel mesmo! fica pra próxima!! uma pena
 
Arlete Lima em 31/08/2012 09:10:25
O teatro é algo muito bom, mas não há como enfrentar esses preços. Eu gostaria muito de ir e levar meus filhos, mas não tenho condições para isso. Falam tanto que a população de Campo Grande não vai ao teatro, mas dificultam a ida de quem não tem dinheiro sobrando.
 
Paula Crizema em 31/08/2012 08:29:29
Aqui no estado única cultura que tem incentivo do estado é show de sertanejo universitário, cultura descente mesmo só em outros estados como por exemplo o festival de dança de Joinville onde se tem a Lei de incentivo a Cultura.
 
Denis L. lara em 31/08/2012 07:41:19
Grande Billy Bond! Tenho a honra de conhecer o trabalho desse senhor. Importantíssimo para o Rock brasileiro, fazendo um vocal maravilhoso na saudosa banda: Joelho de Porco. Um grande nome do rock Sul-Americano.
 
Fabricio Santos em 30/08/2012 09:42:50
Faço minhas as palavras da Danny Leite Netto. Infelizmente!!!
 
Alexandre Coutinho em 30/08/2012 08:09:21
Um absurdo o preço do teatro. Infelizmente é difícil educar um filho no Brasil, precisamos escolher entre educação OU cultura, não educação e cultura. Neste caso, fico com a educação, pago o colégio!
 
Danny Leite Netto em 30/08/2012 06:48:19
Pobre nao tem vez... Teatro é muito bom e educativo mais é muito coro deveria ser mais barato. Quem ganha um salario minimo nao tem condições de pagar esse valor aiii...
 
danielli ribeiro em 30/08/2012 05:55:39
legal, adoro teatro, mas os preços são muito caro, no meu caso tenho que levar minha filha, 2 sobrinhos e minha irma pequena, sai caro de mais podia ser um preço mais barato né, todos poderiam ir aos teatros e cinemas.
obrigada
 
claudilene mascaenhas em 30/08/2012 04:49:41
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.