A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

23/02/2014 11:47

Obrigados a adiar gravação do 3º DVD, Munhoz e Mariano choram no palco

Ângela Kempfer
Dupla completamente molhada anuncia adiamento do show em Presidente Prudente. (Foto: Divulgação)Dupla completamente molhada anuncia adiamento do show em Presidente Prudente. (Foto: Divulgação)

A dupla sul-mato-grossense Munhoz e Mariano não anda com sorte no quesito gravação de DVD. Depois de um fã ter morrido no ano passado em Campo Grande, ontem os sertanejos tiveram de adiar a gravação do 3º trabalho por conta de um temporal em Presidente Prudente (SP).

Veja Mais
Dono de hits de Carnaval, Léo Santana faz show amanhã em Campo Grande
Tiago Iorc faz show em abril e venda de ingresso começa amanhã

Chorando muito, os dois anunciaram a decisão aos fãs depois da meia-noite, no estádio Prudentão, sob a justificativa de falta de segurança imposta pela chuva. A expectativa era de público de 45 mil pessoas, frustrada por conta do temporal.

Emocionado, Munhoz mal conseguiu falar “boa noite” e coube a Mariano, também aos prantos, comentar o adiamento. “Vocês não fazem ideia do que é isso aqui para a gente. Infelizmente, a gente vai ter que adiar a gravação. É a vontade de Deus. É por motivo de segurança de todos aqui. Vão ter que desligar geradores, porque já está empossando”, explicou.

Seria a maior estrutura já apresentada pela dupla, com padrão de artistas internacionais, envolvendo mais de 600 profissionais, cenário em LED 3D , 650 aparelhos só de iluminação e 2 mil disparos de fogos sincronizados.

Para mostrar respeito a quem foi até o local, os dois ainda cantaram um trecho de "Balada Louca", sucesso do último CD e depois se despediram. Em seguida, no Facebook, Munhoz postou: "Para cada coisa ruim que acontece na nossa vida, Deus colocará coisas boas em dobro para nos confortar”.

Para lotar o estádio, a estratégia foi liberar a entrada na pista em troca de um quilo de alimento não-perecível. Para a área VIP os ingressos custavam R$ 50,00, dinheiro que será devolvido. Para compensar quem fez a doação, o acesso à pista deve ser gratuito na próxima gravação, que ainda não tem data marcada.

Entre os convidados da noite estavam Luan Santana e Thiaguinho.

Seria o primeiro DVD da dupla gravado fora do Estado. Depois do Parque das Nações Indígenas em 2012, em maio de 2013, eles tiveram de entrar na Justiça para garantir o show no Jóquei Clube de Campo Grande, ameaçado pela Lei do Silêncio. Infelizmente, depois da batalha judicial, Munhoz e Mariano ainda tiveram de enfrentar a morte de um fã, 3 seguranças foram indiciados, suspeitos de espancarem soldado do Exército, Edenilson da Silva Barros, de 19 anos.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.