A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

05/10/2012 12:17

Operadora de celular faz dia de brincadeiras para crianças do Lageado

Paula Maciulevicius
Escola ganhou ares de parque de diversões graças à ação dos voluntários. (Fotos: Rodrigo Pazinato)Escola ganhou ares de parque de diversões graças à ação dos voluntários. (Fotos: Rodrigo Pazinato)

A escola Teresa Noronha de Carvalho, no bairro Parque do Lageado amanheceu de portas abertas para a solidariedade. Voluntários que se dispuseram a dar atenção às crianças e no rosto delas, entre uma brincadeira e outra, o sorriso de quem agradecia.

Veja Mais
Avião de Xuxa faz pouso de emergência após ser atingido por raio
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje

Nesta sexta-feira é comemorado o Dia dos Voluntários da Telefônica, simultaneamente são realizadas atividades com crianças e adolescentes nos 24 países onde a empresa atua. Em Campo Grande, funcionários se inscreviam para juntos do Instituto de Desenvolvimento Evangélico, levar brincadeira e palestras de motivação para os pequenos.

O efeito sentido pelo voluntariado é imediato. Uma das coordenadoras da ação, Ana Beatriz Carvalho do Carmo, 33 anos, mesmo morando na Capital, nunca havia ido até a região do Lageado.

“Achei longe, a gente está acostumado a ficar só do lado de lá e acaba não olhando para esse lado”. Só que este era um dos objetivos da ação. “É o que motiva a gente a fazer algo de bom para as pessoas que precisam”, completou.

A dupla Wesley e Erinaldo pediam por dias mais divertidos, como o de hoje. A dupla Wesley e Erinaldo pediam por dias mais divertidos, como o de hoje.

A primeira impressão que ela teve de uma das regiões mais dramáticas da Capital, que vivem diariamente a pobreza e a violência, foi pelos ouvidos. “Eu estava escutando uma senhora relatar de uma criança que perdeu o irmão e não queria vir na escola desde então. Mas hoje, pela ação, ela veio”, contou.

Sorridentes, os amigos brincavam quando foram parados pela entrevista. Wesley de Oliveira, 12 anos e Erinaldo Maldonado, 13, estavam se divertindo À beça.

Gerente da Vivo no Estado, Heriberto Liberatti brincou que se todos funcionários que se inscreveram fossem participar, nenhuma das lojas funcionaria hoje.Gerente da Vivo no Estado, Heriberto Liberatti brincou que se todos funcionários que se inscreveram fossem participar, nenhuma das lojas funcionaria hoje.

“Está legal, o pula-pula, descendo naquele negócio”, contavam se referindo à tirolesa. “Tinha que ter mais vezes acho”, completou Wesley.

O gerente da Vivo em Mato Grosso do Sul, Heriberto Liberatti explica que a ação foi tão bem recebida que se todos os inscritos participassem, as lojas da Vivo fechariam hoje.

“A equipe toda está apoiando. Essa ação é para manifestar o compromisso que a Telefônica tem com a sociedade para que junto dessas crianças, a gente consiga fazer com que esse dia fique eternamente registrado e contribuir para que elas tenham mais dinigidade”, ressaltou.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.