A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

16/12/2011 18:23

Papai Noel leva alegria para crianças carentes de creche no Aero Rancho

Viviane Oliveira
A alegria de Elton ao receber do Papai Noel um João Bobô. A alegria de Elton ao receber do Papai Noel um João Bobô.

A principal atração do mês de dezembro, o Papai Noel, fez a alegria nesta quinta-feira de 130 crianças carentes. Elas passaram o dia na Seleta (Sociedade Caritativa e Humanitária), que preparou café da manhã, almoço, lanche da tarde, brincadeiras e é claro o que não podia faltar à entrega dos presentes para cada uma delas.

Veja Mais
Solidariedade antecipa visita do Papai Noel a família da Cidade de Deus
Na Cidade de Deus, pobreza faz até os adultos esperarem pelo Papai Noel

As crianças, entre seis meses e 14 anos de idade, são da creche e projeto Amati (Associação de Mães Trabalhando a Inclusão) Vó Inez, localizada na avenida Thirson de Almeida, no Conjunto Aero Rancho, em Campo Grande.

Funcionários e alunos da Seleta todo ano se reúnem e apadrinham uma criança da creche. Na semana próxima ao Natal é feito um dia especial para elas com direito a muita diversão e a presença do “bom velhinho”.

Pulando e brincando Lohana Barbosa Rodrigues, 8 anos, disse que tudo estava divertido, mas estava ansiosa para ver o presente que o Papai Noel levou para ela. “Quero ganhar um Barbie segredo das fadas”, fala a garotinha.

Questionada sobre o que Maria Nunes Reis, 7 anos, mais estava gostando, ela disse que era da comida. “Tudo está muito delicioso”.

A professora Nilza Borges, integrante do projeto, disse que muitas crianças não dormiram a noite esperando o dia do passeio. “Teve mãe que falou que o filho não tinha dormido de tanta ansiedade”.

Segundo ela, ver a alegria no sorriso de cada criança é o que importa. “Para muitas delas o Natal vai se resumir nisso aqui. Os pais ficam mais felizes que eles”, afirma a professora que nesta época as pessoas ficam mais sensíveis.

Felicidade da garotinha ao abrir a caixa e ver o presente que havia ganhado.Felicidade da garotinha ao abrir a caixa e ver o presente que havia ganhado.
Crianças fizeram a festa com o Bom velhinho. (Fotos: Simão Nogueira)Crianças fizeram a festa com o "Bom velhinho". (Fotos: Simão Nogueira)

Conforme a diretora do departamento feminino da Seleta, Marisa Bernardes Pereira, a maioria das crianças da creche são carentes e tem problema de estrutura familiar. “Para nós é uma satisfação fazer desse dia uma data especial para esses pequeninos”, comemora.

Para as crianças não é um dia qualquer e sim um momento muito esperado. Elton de 5 anos ganhou um presente maior que ele. O garotinho disse que esperou muito o Papai Noel e estava contente com o presente que ganhou. “Ganhei um João Bobo, ele é bem grandão”.

O tão esperado Papai Noel das crianças é um funcionário da Seleta, Reginaldo Martins Cavalheiro, 36 anos. Em meio à euforia das crianças ele conta que é a primeira vez que coloca a roupa vermelha.

“Este personagem é mágico, a partir do momento que a gente coloca está roupa os problemas ficam de lado e você passa a fazer parte do sonho de uma criança”, afirma Reginaldo que é gratificante ver as crianças brincando, sorrindo e surpresas com que receberam.

“Ganhei dois presentes”, grita a pequena Gabriela da Silva Macedo, de 10 anos. Ela ganhou uma blusa e um ursinho.

Solidariedade - A creche também tem parceria com o abrigo Tia Cleuza. Daniel Henrique, um dos responsáveis pelo abrigo, disse que tem crianças que moram lá desde quando nasceu.

É o caso de Fernando da Silva Teixeira, de 13 anos, que mora no abrigo desde bebê e é um dos alunos do projeto. “Apesar de ser grande eu acredito no Papai Noel, pedi para ele uma camiseta dos Santos”, afirma o garoto que seu maior sonho é ser jogador de futebol.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.