A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/07/2016 06:28

Primeiro criado fora do RS, CTG mantém há 60 mesmas regras de comportamento

Naiane Mesquita
Danças típicas são ensinadas no local Danças típicas são ensinadas no local

O primeiro espaço destinado a defender as tradições gaúchas por aqui, o CTG Farroupilha, foi criado há mais de 50 anos. Quando só existia esse tipo de centro de tradições lá no Rio Grande do Sul, Campo Grande fundou o seu. E ainda hoje tudo é igual, os sócios mantêm o mesmo estatuto daquela época, nada de roupas curtas e músicas que não sejam da região sul do País. Com tanto empenho, o local tem integrantes fieis e festas que já entraram no calendário oficial da cidade.

Veja Mais
Festival das Artes é novo espaço da cultura e começa com mais de 10 shows
Humberto Gessinger, Ludmilla e Whindersson Nunes chegam no fim de semana

A patroa, como eles chamam a presidente do local, Sirlei Golin, 60 anos, é natural do Rio Grande do Sul e está há quatro anos a frente do CTG. “O Farroupilha foi o primeiro CTG fundado fora do Rio Grande do Sul. Surgiu em 1962 ainda quando o Estado não era dividido. Ele teve um período inativo por motivos alheios ao nosso conhecimento, muito problema em gerência, mas retornou com força”, explica.

Churrascos acontecem todo segundo domingo do mês Churrascos acontecem todo segundo domingo do mês

Todos os Centros de Tradições Gaúchas seguem normas específicas, organizadas pelo Movimento de Tradições Gaúchas do Estado. “Tem que obedecer. Cada Estado tem a sua sigla e são essas entidades que regulam o tradicionalismo gaúcho, o comportamento e as normas em cada CTG, como, por exemplo, só pode tocar música gaúcha nas festas, exceto quando o clube é alugado por terceiros ou para alguma festa, como na festa alemã, nesse caso, tocam músicas alemãs”, explica.

O CTG ainda tem grupos de dança para jovens e adultos. A roupa não é item obrigatório, mas o ambiente mais comportado deve ser mantido. “O CTG é aberto ao público, mas não aconselhamos roupa curta, esvoaçante, não vamos brigar ou impedir a pessoa de entrar, mas faz parte do nosso código de ética. Também não se dança de boné, por exemplo”, indica.

Atualmente o CTG tem cerca de 60 associados. “Mas estamos em processo de reestruturação”, aponta. O calendário de festas continua em alta. “Todo segundo domingo do mês tem churrasco e a festa do cordeiro e a alemã estão no calendário oficial da cidade”, explica.

O CTG Farroupilha fica na avenida Ernesto Geisel, 930, bairro Monte Castelo. Informações pela página do Facebook.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.