A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

31/10/2014 07:00

Quando a questão é brilho, há dificuldade de selecionar duplas sertanejas em MS

Aline Araújo
Wood's, inaugurada em dezembro do ano passado. (Foto: Arquivo)Wood's, inaugurada em dezembro do ano passado. (Foto: Arquivo)

Nesta semana, mais uma audição ficou lotada de duplas sertanejas em busca de espaço para fazer sucesso em Campo Grande, mas apesar de tanta gente na disputa, a falta de brilho no palco desclassificou um bocado de cantores. “No palco como o da Wood's Bar, não basta cantar, tem que ter show”, explica a gerente Anailu Roza, de 27 anos,  sobre a frustração com a seletiva para escolher quem serão os músicos residentes da casa sertaneja.

Veja Mais
Coletivo de DJs organiza festas com música para 'dançar mais e reparar menos'
Com poucas opções, veja onde curtir as festas de fim de ano em Campo Grande

A audição foi organizada em pouco tempo e fechada, apenas para convidados e indicados pelos produtores musicais da Wood's. Com banda, iluminação e tudo mais, as 29 duplas tinham que dar um show na apresentação de duas canções, uma romântica e uma bem animada, para conquistar os avaliadores e garantir uma vaga na grade de programação do bar.

“Das pessoas que participaram 80% cantavam muito bem, mas apenas 20% sabiam como dominar o palco da maneira adequada para um show”, explicou a gerente. Ela afirma que a principal dificuldade é encontrar cantores que saibam animar o público.

E como aqui em Mato Grosso do Sul a concorrência no mercado sertanejo é grande, para conquistar o tão sonhado lugar ao sol é preciso se destacar. Cada detalhe faz a diferença e no final, o que conta mesmo é o resultado da soma de todos os fatores.

Um misto de carisma, presença de palco e voz. Na audição, os músicos tinham que entrar no clima de uma casa de shows lotada, que também recebe músicos nacionais. Para quem está no inicio de carreira é uma grande chance.

Por isso, a dupla Kaique e Zanette ficou feliz em ser uma das selecionadas. Agora é a hora de conquistar o público para conseguir a vaga efetiva na casa, depois de um período de avaliações. Os meninos carregam o sonho de viver de música desde 15 anos. Mesmo nervosos, a apresentação rendeu. “Vai ser muito bom, porque a Wood's é uma casa de shows nacionais e acaba sendo uma passo a mais na nossa carreira”, define Gustavo Zanette, de 20 anos.

Não havia limite para seleção, mas apenas outras cinco duplas foram escolhidas para entrar na grade de shows, porém fica o conselho para quem está começando: para conseguir espaço no mercado é preciso muito mais que uma voz bonita e canções marcantes, é necessário conquistar no palco.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.