A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

27/03/2014 16:27

Show de músicas censuradas é resultado de pesquisa e compromisso com passado

Elverson Cardozo
No palco, 10 professores comandam o show. (Foto: Divulgação)No palco, 10 professores comandam o show. (Foto: Divulgação)

O show musical, Cale-se, que apresenta as músicas censuradas do período da Ditadura Militar, é comandado por 10 professores da UFRS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Eles se uniram há 10 anos para tocar, cantar, encenar e contextualizar as lembranças de um dos períodos mais tensos da história brasileira.

Veja Mais
Dono de hits de Carnaval, Léo Santana faz show amanhã em Campo Grande
Tiago Iorc faz show em abril e venda de ingresso começa amanhã

Agora, o espetáculo, que já passou por outros estados, chega a Campo Grande. Será apresentando neste sábado (29), a partir das 20h30, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

À frente da organização na cidade, o presidente da Juventude do PMDB em Mato Grosso do Sul, Maicon Nogueira, de 28 anos, disse que o objetivo do evento, promovido pela Companhia de Teatro Gato e Sapato, de Porto Alegre, é “resgatar o momento infeliz da página da história brasileira, para que os jovens tenham conhecimento de como foi”. “Hoje temos uma democracia no Brasil e precisamos consolidar isso”, acrescentou.

No palco, adiantou, fazendo uso de instrumentos como violão, flauta e percussão, os professores vão cantar, encenar e, principalmente, contextualizar as canções levando em conta o cenário político daquela época. No repertório do grupo, músicas como “Cálice“, de Chico Buarque, “Vaca Profana”, de Caetano Veloso, “Comportamento Geral”, de Gonzaguinha e até “Tortura de Amor”, de Waldick Soriano.

“Eles tem uma performance específica de apresentação. Abrem espaço para participação e fazem dinâmicas com a plateia. Parece que rola uma integração”, explicou.

Serviço - O ingresso para o show Cale-se são dois quilos de alimentos não perecíveis ou R$ 20,00 que serão repassados para o Asilo São João Bosco. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 9211-3962.

Veja um trecho da apresentação:




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.