A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

05/05/2013 07:14

Teatro, dança e música para falar do evangelho segundo Mateus na versão hippie

Elverson Cardozo
Elenco com com 13 jovens atores. (Foto: Divulgação)Elenco com com 13 jovens atores. (Foto: Divulgação)

Acadêmicos do curso de artes cênicas da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), da unidade de Campo Grande, apresentam, de 10 a 12 de maio, às 19h30, o musical “Godspell”, no Teatro Prosa, no Sesc Horto.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

A produção aborda, de maneira irreverente e inusitada, os ensinamentos de Jesus Cristo. Na Capital, a montagem - que há 8 anos rodou o Estado pela turma de artes cênicas de Nova Andradina - conta com 13 jovens atores-bailarinos no elenco. No palco, eles vão fazer uso de três linguagens: teatro, dança e música.

Tudo isso para representar um grupo de hippie que contam e cantam, durante aproximadamente uma hora e meia, o evangelho segundo São Mateus.

“Esse musical é um dos mais montados até hoje ao redor do mundo. Os diretores apostam em várias estéticas, punk, contemporânea... Eu preferi a hippie porque o texto bíblico com estética profana me interessou”, explicou o coordenador do curso em Campo Grande, Fernandes Ferreira, de 45 anos.

A ideia, completou, é mostrar que “mensagem eclesiástica”, geralmente repassada dentro da igreja, pode ser levada para as ruas. Apesar da “estética antagônica”, a essência dos ensinamentos será mantida. “Eles vão falar ironicamente, mas com discurso muito parecido com o de Jesus Cristo”, disse.

Para dar uma linguagem contemporânea ao espetáculo que estreou em 1973, o roteiro inclui, na abertura, o poema “O Direito ao Delírio”, de Eduardo Galeano.

Que tal começarmos a exercer
O direito de sonhar?
Que tal se delirarmos um pouquinho?
No próximo milênio, o ar estará limpo
de todo veneno
O televisor deixará de ser
o membro mais importante da família
As pessoas trabalharão para viver,
em vez de viver para trabalhar.
Os economistas não chamarão
nível de vida o nível de consumo,
nem chamarão qualidade de vida
a quantidade de coisas.
Ninguém será considerado herói
ou tolo só porque faz aquilo que
acredita ser justo, em vez de fazer
aquilo que mais lhe convém.
A comida não será uma mercadoria,
nem a comunicação um negócio,
porque comida e comunicação
são direitos humanos.
A educação não será um privilégio
apenas de quem possa pagá-la.
A polícia não será a maldição daqueles
que não podem comprá-la.
A justiça e a liberdade,
irmãs siamesas
condenadas a viverem separadas,
voltarão a juntar-se, bem unidas
ombro com ombro.
E os desertos do mundo e os desertos
da alma serão reflorestados.

(Eduardo Galeano)

Origem – “Godspell” é considerado um dos ícones do movimento de contracultura nos Estados Unidos. O espetáculo foi levado ao cinema há 40 anos, em 1973, por Volmir Cardoso, que assina o roteiro adaptado.

Ambientado na Nova York dos anos 70, o filme, escrito por John Michel Tebelak, conta a história de um grupo de pessoas que abandonaram seus empregos e atividades para seguirem Cristo, sob a batuta de João Batista.

Na releitura, Jesus aparece com uma camisa do Superman, usando cabelos black-power e caracterizado por uma alegria ingênua. Fantasiados como uma trupe teatral/circense itinerante, seus discípulos o seguem pelas ruas com total desapego, como se fossem crianças descobrindo um novo mundo.

Serviço – Os ingressos para o musical Godspell, que será encenado em Campo Grande, custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada). Comerciários que possuem o cartão do Sesc pagam R$ 15,00.




Gostaria de parabenizar o grupo pelo musical. Tenho acompanhado o grupo nos últimos musicais e esse foi o que eu mais gostei. Quem faz teatro, sabe o quanto é difícil cantar e dançar ao mesmo tempo, não é pra qualquer um! exige técnica, preparação física e muita dedicação. Ainda não está a nível da Broadway? é claro que não, AINDA não está, mas são pessoas que estudam, que acordam cedo para se exercitar, treinar coreografias, fazer vocalizes, que deram o melhor de si neste musical... Um trabalho como outro qualquer, um trabalho de artista e que deve ser RESPEITADO, VALORIZADO E INCENTIVADO. Que a cada ano vocês possam evoluir sempre mais, e manter sempre vivo o cenário de teatro musical em Campo Grande. Meu sábado a noite foi muito bem aproveitado! Merda!!!
 
Lauane Ferraz em 15/05/2013 01:47:25
Posso dizer que concordo com voces em alguma coisa, o que salvou o "musical" foi o texto, pelo menos alguma coisa tinha que valer a pena e os meus R$20,00. Também me avisaram que nem todos os alunos são do curso da UEMS, ainda bem existe esperança, nos demais alunos que estudam lá e não fizeram parte disso. Aos amigos e parentes que não conseguiram ver a real, sinto muito, acho que a critica deve fazer parte e estou cansada de escutar que por ser pra Campo Grande até que tá bom. Quero mais e sei que tem gente muito boa fazendo e podendo fazer muito mais.
 
tatiane coimbra em 14/05/2013 07:55:27
Eu fui ontem, domingo(12), e foi perfeito. A arte por si só é uma arte, e apresentado, com uma forma irreverente, o evangelho, ficou muito show. Além de que eles fizeram(atores) relembrar que os ensinamento de Jesus está implantado em mim. Fez também despertar a sentir mais profundamenta esta arte do teatro, da música e da dança, fiquei encantando, emocionado e tocado. #GodSpell #Perfeito
 
Jessé Fernandes em 13/05/2013 09:15:17
Desculpe, mas espera mais do "espetáculo", ainda bem que são alunos de artes cênicas e ainda estão estudando, se fossem alunos de música seria bem pior.... muita gritaria. Uma boa dica e aprimorar o canto e a dança que também deixou muito a desejar. Continuem na estrada árdua e coragem para muitos ensaios que se fazem necessários.
 
tatiane coimbra em 13/05/2013 08:53:34
Adorei o musical Godspell,estava sem fé e ele me deu uma fé nova,obrigada.
Recomendo a todos!!
 
Jéssica Tainara Nogueira da Silva. em 12/05/2013 12:06:02
Mas, que importa? O importante é que de qualquer forma, seja por motivos falsos ou verdadeiros, Cristo está sendo pregado, e por isso me alegro. De fato, continuarei a alegrar-me,
Filipenses 1:18
 
Reinaldo Melgarejo em 05/05/2013 15:51:43
Eu vou, ver apresentação do Grupo de Artes Cênicas e Dança.. Espero todos lá...
 
Erika M de Souza em 05/05/2013 15:35:05
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.