A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

04/12/2013 10:17

Trovadores do Tempo misturam espetáculos em show de 15 anos do grupo

Paula Maciulevicius
Hoje, 15 anos depois, dois espetáculos e todo repertório de casamentos, eles comemoram o aniversário no palco.  (Foto: Arquivo/Trovadores do Tempo)Hoje, 15 anos depois, dois espetáculos e todo repertório de casamentos, eles comemoram o aniversário no palco. (Foto: Arquivo/Trovadores do Tempo)

Foi da paixão por música, teatro e cantores ambulantes do século XI, que espalhavam a cultura entre castelos e ruas, que os Trovadores do Tempo se formaram. O ano era 1998 e a proposta era encenar música à capella. Hoje, 15 anos depois, dois espetáculos e todo trabalho voltado para casamentos, eles comemoram o aniversário no palco em duas apresentações nesta quarta e quinta.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Na formação atual estão: Miska (meio-soprano), Adriane Cação (contralto), Daniel Nogueira (tenor), Rodrigo Bueno (barítono) e a diretora musical Simone Vieira Carvalho, que entram em cena com artistas que fizeram a história do grupo: Luciana Fisher (soprano), Ana Carolina Carvalho (contralto), Geoge Makita (tenor) e Silvio Batistela (tenor), um dos fundadores que participa e dirige o espetáculo.

As apresentações “Uma Viagem Através da Música”, de 2003 e “Trovadores do Tempo no Expresso Pantanal” de 2006, que marcaram a trajetória dos músicos por reunir composições clássicas universais e regionais à capella e de cenas teatralizadas, serão passos que o grupo percorre no palco durante as apresentações.

A pianista e co-repetidora Simone Carvalho Gomes, conta que o show será dividido em partes. “Vamos passear por todos os trabalhos. O repertório será um pouco de cada coisa, música brasileira, regional, renascentista e de casamentos”, afirma.

O show “Trovadores do Tempo 15 anos” será apresentado hoje e amanhã, às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica na rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas Calógeras e 14 de Julho.

Os ingressos serão vendidos a R$ 15,00 e R$ 7,50 (meia-entrada) na bilheteria do teatro.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.