A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

20/05/2013 06:30

UFMS censura, festa da rampa é cancelada e muda de endereço

Anny Malagolini
Edição de abril da festa da rampa.Edição de abril da festa da rampa.

Foi só falar da festa "sem censura" promovida por estudantes na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul para os seguranças acabarem com a diversão.

Veja Mais
Procura-se um padrinho que ajude na guinada de um cantor sertanejo
Antiga casa noturna virou 2 na Afonso Pena e reabre com lounge e pub sertanejo

A "Festa da Rampa", realizada em um dos acessos ao estádio Morenão foi proibida na noite de sábado, sob ameaça de seguranças da UFMS que prometeram acionar a Polícia Federal caso os acadêmicos insistissem no evento.

Um dos colaboradores da festa, Diego Manciba, que também é proprietário de um bar próximo ao campus universitário, contou que os guardas apareceram quando era feita a montagem do som.

Mas apesar da proibição a festa aconteceu, porém em outro endereço, no bar Rockers, na avenida Manoel da Costa Lima.

Segundo o proprietário, cerca de 500 pessoas participaram da festa, apesar do imprevisto. Mesmo acatando a ordem dos seguranças, Diego diz que vão tentar voltar ao espaço. “A ocupação da rampa é pública”, justifica.

A rampa da universidade vem servindo de espaço para festas universitárias desde o começo do ano, principalmente organizadas pelo curso de Arquitetura.

No mês passado, o Lado B esteve lá, em noite de lançamento da Marcha da Maconha. 




CRIS. ALVES, vc sabe qual é o nível do ambiente sem estar lá? Não acha que está sendo ridícula? Fim do mundo é ser tapada.
Pedro Manoel, se vc acha que todo universitário fuma maconha, é porque não passou por uma universidade. E mesmo que eles fumem, isso é problema deles. Senti inveja aí, não seja infantil.
 
Paulo Abreu em 23/05/2013 00:03:08
Um absurdo isso ter acontecido. A segurança da UFMS faz sua ronda durante o dia inteiro e esperou o término da montagem dos equipamentos para comunicar que não poderiam realizar o evento. Foi de má fé! Ainda sim os estudantes se mostraram não afetados por este ato infantil e não se deixatam abalar. O evento foi um sucesso mesmo mudando de endereço de última hora.

Típica guerra "Reitoria/Autoridades vs Estudantes". As "Autoridades" sempre contra a livre difusão do lazer e cultura. Ridículo, sem mais.
 
André Thomé Barbosa em 20/05/2013 23:14:03
FICO IMAGINANDO O TIPO DE FREQUENTADORES DESSE LOCAL, NA ÚLTIMA MÁTERIA HAVIA UMA MÃE COM FILHO C/ MENOS DE 10 ANOS, Q ESPÉCIE DE MÃE LEVA SEU PRÓPRIO FILHO EM UM AMBIENTE DESSE NÍVEL!!!! MARCHA PELA LEGALIZAÇÃO DA MACONHA!!!! É O FIM DO MUNDO!!!!!!!!
 
CRIS. ALVES em 20/05/2013 09:39:50
Trabalhar que é bom... Mas fumar maconha, ah isso essa turma quer.
 
Pedro Manoel em 20/05/2013 08:21:50
Somente alguns questionamentos:

1. E o consumo de bebida alcoólica numa Universidade como fica?
2. E uso de drogas (festa da "hempa")?

*O bem é público, mas o direito é privado.
*Caso contrário, vou chegar lá e fazer festa também...
 
Filipe Alberto em 20/05/2013 06:42:44
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.