A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/02/2015 11:52

Vila Mamona encerra penúltima noite de Carnaval em Corumbá

Escola de samba usou a história da própria comunidade no samba enredo

Juliene Katayama
Última escola a desfilar, Vila Mamona animou o público nesta madrugada (Foto: Divulgação)Última escola a desfilar, Vila Mamona animou o público nesta madrugada (Foto: Divulgação)

A Vila Mamona encerrou o desfile da penúltima noite de Carnaval de Corumbá por volta das 3 horas desta terça-feira (17). A escola de samba levou 900 integrantes para a avenida e aproveitou o embalo da comunidade para tentar o título.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Na Passarela Pantaneira do Samba, a Vila começou com uma comissão de frente formada por 10 bailarinos do grupo de dança UNO, comandados por Jô Diuary, representando as mulheres de fibras e o espírito guerreiro. Com fantasias articuladas, os bailarinos mostraram na avenida uma bela apresentação.

O carro abre-alas levou a Águia, símbolo maior da agremiação, que foi batendo asas. Já no começo da escola, as baianas esbanjaram graça e harmonia fantasiadas de Iemanjá, Iansã, Oxum e Nanã, orixás femininos da cultura afro-brasileira.

O principal casal de mestre-sala e porta-bandeira, Salgadinho e Ângela Arruda, mostraram entrosamento e destreza. Eles desfilaram de Zumbi e Dandara, símbolos da resistência negra no Brasil. Outro destaque foi a bateria comandada pelo mestre Edinho, assim como a rainha Cartilene Diniz, mas uma vez trazendo muita simpatia, empolgação e samba no pé para a General Rondon.

Assim como no samba, a Vila homenageou Dona Ivone, devota de São Pedro e uma das principais responsáveis por tornar a festa do Santo padroeiro dos pescadores conhecida em todo o Mato Grosso do Sul. E foi esse o tema do último carro alegórico, uma referência a São Pedro, cuja capela continua até hoje no bicentenário bairro da Cervejaria, às margens do Rio Paraguai.

O Desfile da Vila terminou com a passagem da velha guarda e dos amigos da escola, que representaram a mulher no cenário político do País.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.